Onselhos das Treze Avós Nativas para a... Riva Almeida

onselhos das Treze Avós Nativas para a Paz no Mundo

1. Respeitar e cuidar da Mãe Terra para viver sem ameaçar o equilíbrio do planeta. Sentimento de unidade com a terra e o cosmos: Pai Celestial e Mãe Terra.

2. Conectar com o poder mais puro do ser humano, que é o amor incondicional. “Amai-vos uns aos outros” – Sistema baseado na reciprocidade.

3. Honrar e confiar no mundo dos espíritos dos ancestrais. Lembrar dos antepassados com amor. Curar a si mesmo para curar nossos ancestrais e não repetir os mesmos erros ao longo das gerações.

4. Regressar ao nosso Espírito Interno e ao Espírito de todas as coisas para encontrar a verdade dentro de nós. Ter a coragem de olhar para dentro e fora de si mesmo.

5. Trabalhar a raiva sem descarregá-la nos outros.

6. Escutar o silêncio: as respostas sempre acabam chegando.

7. Libertar-se de vícios e julgamentos sociais, escolhendo ser uma pessoa produtiva.

8. Respeitar os idosos, a família, as crianças, e todo ser vivo.

9. Cuidar-se durante a gravidez, porque o estresse e o mal-estar afetam o bebê.

10. Ensinar às crianças a reverenciar a vida e ser boas pessoas.

11. Respeitar nosso corpo e nossa sexualidade como algo sagrado e fonte de vida.

12. Tomar consciência de que a única pessoa que pode nos dar tudo que necessitamos em uma relação somos nós mesmos.

13. Aceitar a nós mesmos e os demais tal e qual somos.

14. Crer no poder de cura das plantas.

15. Integrar a medicina tradicional e a indígena para curar também a alma e não apenas partes do corpo.

16. Acabar com a insatisfação de uma vida vazia e sem sentido.

17. Lembrar que a competitividade insana destrói o indivíduo, assim como a violência e a ganância.

18. Perdoar para preservar a saúde e viver em paz. Aceitar e perdoar o passado para viver o presente e melhorar o futuro.

19. Obter força física, mental, emocional e espiritual para mudar e viver em paz e harmonia.

1 compartilhamento
Inserida por RivaAlmeida