Karolamorim: Já que gostar de você já não faz...

Já que gostar de você já não faz mais nenhum sentido, vou pensar em me jogar da escada abaixo. Vou pensar em tapar os meus ouvidos pra não ouvir som algum. Vou fechar os meus olhos pra não tentar enxergar você em outras pessoas. Já que pensar em você não vai mais me levar pra sua casa, vou fugir da minha, gritando pelo mundo e sem entender ninguém mais. Porque eu gosto das sensações que só você me causava. Porque eu gostava de quando tinha você na minha cama, com aquela cara de sono, me pedindo pra dormir de novo com você. E eu dormia de novo, mesmo sem querer, mesmo sabendo que depois iria me arrepender de não ter beijado o seu rosto inteiro. Você sorria lembrando de como eu me acordava com você... Beijava o seu rosto e coloca os meus braços envolta da sua cintura. Por muitas vezes pensei em te segurar com muita força pra você entender que eu te deixava segura e eu também me sentia segura com você. Eu gostava mais de quando você chegava numa tarde qualquer e sentava comigo pra me conversar. Hoje quando acordei imaginei você sentada, sem querer me ouvir e eu te dizendo o quanto me sinto culpada por tanta besteiras. E eu me sinto e sentava no seu colo, e te prendia pra te beijar bem devagar. Fecho agora os meus olhos e posso sentir o teu lábio inferior bem grosso encostando em minha boca. Ainda sinto o gosto do seu beijo sem precisar forçar nada. Eu gosto de quando você dança e me sinto boba pensando em você tentando sambar pra mim. Eu devia ter te beijado demais porque você fica linda quando faz algo que não quer. Eu gostava de quando a gente bebia e parecia que não existia mais nada além dos nossos abraços. E o seu abraço por trás me deixava maluca e ainda penso em te escrever mais sobre isso. Você não tem culpa alguma de me deixar gostando tanto de você, mas você não devia me aparecer com tanto brilho assim. Você me faz gostar muito mais. Já que gostar de você me faz pensar em você subindo as escadas do meu prédio, vou com certeza me jogar pra você me pegar com aquela força que você me levantava quando eu duvidava de alguma coisa. E eu duvido, duvido muito de que o mundo vai voltar a ser o mesmo. E as pessoas me olham com pena de que você também não volte pra brilhar nos meus olhos e no meu rosto. E gostar de você agora é triste porque você fechou os olhos e coração, mas não para o mundo.

1 compartilhamento
Inserida por KarolAmorim