Márcia Bueno: OCASO São os fados Fatos natos De quem...

OCASO São os fados Fatos natos De quem grita Clama, chora Pois por descaso Algum relapso Mero lapso de memória Soltou cobras e lagartos Presos em caixas de Pand... Frase de Márcia Bueno.

OCASO

São os fados
Fatos natos
De quem grita
Clama, chora
Pois por descaso
Algum relapso
Mero lapso de memória
Soltou cobras e lagartos
Presos em caixas de Pandora
E o que antes era estanque
Ficou volúvel, virou pó
O que foi doce e aprazível
Feito mel de ambrosia
Virou amargo, vasto, asco
Sorvível cálice de jiló
E passa o vento
Leva o tempo
Num descuido mui profundo
Chega o fim do ciclo, o ocaso
De uma vida inteira só

1 compartilhamento
Inserida por marciabueno01