Natan Wegner: Pela cor e o brilho dos seus olhos, dá...

Pela cor e o brilho dos seus olhos, dá pra ver que não consegue enxergar nada, a não ser minha imagem, refletida nos seus pensamentos mais sacanas.
Pelo seu andar, dá pra enxergar que tá difícil caminhar sem minhas mãos pra te guiar. Sem meu carinho pra te relaxar, sem meu calor pra lhe tirar do frio, que entra pela porta que você deixou aberta ao sair.
Mas, calma! Eu tô voltando. Pra te fazer aguentar meu mau-humor de manhã, minhas piadas, que de tão sem graça, nos faz chorar de rir. Te fazer aguentar minhas bebedeiras, que de tão sadias, me tiram da depressão. Ou, minhas frases de efeito, sempre com um gole de humor. Ou, o meu egocentrismo sádico, que eu sei que você odeia, mas faço questão de te fazer odiar cada vez mais.
Eu tô voltando! Mas, não se iluda. Eu sou meio assim, de lua, às vezes durmo em casa, às vezes na rua. E depois, quando o sol da manhã entrar pela sua janela, com certeza eu já fui embora. É meu jeito, não tem jeito, não dá pra mudar, e você sabe disso. Mas até parece que gosta, apesar de não te fazer bem.
Na verdade, eu não sei bem porque nunca escrevi nada pra você. Tive mil e um motivos pra te escrever uma canção, uma poesia ou algum texto que te fizesse emocionar-se. Ou não. Já escrevi textos e poesias pra pessoas que mereceram muito menos, mas pra você, incrível, ainda não havia conseguido. Mas, agora, pode se orgulhar de ter um. E, um dia, eu sei e você também sabe, que é só isso o que você vai ter. Mas, já vai ser o suficiente, e até um pouco mais que isso. Quando se cansar. E for embora antes de mim."

1 compartilhamento
Inserida por natanfenomeno