A maioria das pessoas desiste de mim por... Karla Fabricya

A maioria das pessoas desiste de mim por serem incapazes de compreenderem minha complexidade, isso não me chateia, pelo contrário, me deixa muito feliz, se a pessoa não é capaz de compreender-me ela não é digna de mim. Pode parecer prepotência, mais se todos pensassem assim as pessoas sofreriam menos e não se desgastariam em relacionamentos previamente falíveis. Talvez desistam, porque não são sensíveis o suficiente compreenderem meu silêncio esmagador que às vezes invade o meu eu, talvez não ousam a decifrarem as línguas e textos que meu olhar diz quando meus lábios preferem se calar, talvez seja porque eu sinto extremamente tudo o que vivo e sou o exacerbo materializado. Confesso que compreender-me é uma missão que não eu obtive êxito, quem dirá os que desistem na primeira frustração. No fundo acho que não fui feita para ser decifrada e nem compreendida, fui feita para ser amada assim como sou, passível de mudanças e imutável, assim contraditória e autoexplicativa. E quem precisa de muitos porquês para amar não ama de verdade. Ama de verdade quem cala a boca das perguntas e se aventura a descobrir as respostas por mais que as tema.

1 compartilhamento
Inserida por karlafers