Valmir Mizio: Quem somos nós para julgar o destino?!...

Quem somos nós para julgar o destino?! Ele apronta, nos tira as esperanças, nos faz pensar que tudo não valeu a pena. Essa nossa mania de sempre por a culpa em alguma coisa. Errados somos nós, cegos quando querendo algo e esquecemos do que ficou ao nosso redor. Mas, como diz canção: "pra que sofrer, se nada é pra sempre?!" A vida segue e logo ali o mundo capota e esse destino, um danado, te apronta uma surpresa, daquelas que você para tentando entender como algo te muda repentinamente. Não sei se foi o tempo, mas só sei de uma coisa: ficar triste é sofrer em vão. E as duas coisas não podem fazer parte dos nossos dias. Viva, e por viver você vai sofrer pra caramba, vai ver pessoas que pareciam amigas te decepcionar, te abandonar, vai ver sua família longe, vai entender que amores vem e vão, e que o verdadeiro ainda vai chegar. Vai sentir saudade, vai chorar; mas lá na frente, você vai entender que valeu a pena. Que amigos de verdade estavam sempre do seu lado. Que a verdadeira família não são apenas os de sangue. Que alguém vai chegar, independente de idade, maturidade ou qualquer coisa que fuja esteriótipo. Nunca esqueça da sua história, mas não leve nada como mágoa. Aprenda e encha sua vida de alegria. Pare de pressa e comece a construir. Para cada dia, uma nova alegria. Entenda que viver é uma aventura cheia de desafios, quedas e superações. E que no final, se você fizer o certo, vai ter um final feliz.

1 compartilhamento
Inserida por valmirmizio