Eduardo Pinter: E se o sol escurecer o pensamento? E se...

E se o sol escurecer o pensamento? E se a noite esclarecer o devaneio? Como as flores ficarão em seu solo? Como as manhãs brilharão em seus olhos? Quantos argum... Frase de Eduardo Pinter.

E se o sol escurecer o pensamento?
E se a noite esclarecer o devaneio?
Como as flores ficarão em seu solo?
Como as manhãs brilharão em seus olhos?

Quantos argumentos terão a tristeza?
Quantos invernos terão a estação?
E quantos momentos aquecerão a frieza?
Quantos tormentos serão Solidão?

A chuva alisa o rosto frio
Como aquece o mesmo febril
As velas escondem a escuridão
D’alma cansada de ilusão
E os vultos voltam e atormentam
Acalmam a ferida aberta
Desolam a inquietude severa
E enfraquece os sonhos que sangram

E ainda temos tempo
P’ra perceber que não há mais tempo
E chorar nunca resolveu a sede
Nem mesmo o rumo da correnteza

1 compartilhamento
Inserida por eduardopinter