Karol Amorim: Você me diz que eu sou a sua Princesa,...

Você me diz que eu sou a sua Princesa, me abraça apertadinho e me manda mensagens das seis da manhã até as cinco da tarde. Tudo passa, mas as horas nunca passam quando você está ao meu lado. E eu digo que eu quero ver você ficar mais porque você colocou de cabeça pra baixo o meu mundo com os ponteiros do relógio certinhos como eu nunca fui. Mas você é meio maluca e diz que vai ficar comigo mesmo assim, mesmo sabendo que o meu mundo não é nenhum pouquinho simples. Você me diz que eu tenho vontades incríveis e que eu acordo tarde demais pra realiza-las. Você reclama do meu piercing e fala do meu umbigo. Você me diz que a sua mãe tem uma metralhadora, mas não mata uma formiga, enquanto você reclama toda hora de querer matar umas vinte pessoas que te estressam durante o dia. Uma delas sou eu. Mas você quer me matar de abraços apertados, de beijos demorados e de sorrisos que me deixam quase sem ar. Você quer me matar de amor e eu ressuscito todas as vezes pra voltar com você depois. Quando você vai embora do treino e chega em casa quer me encher de ligações engraçadas. Você uma vez me contou uma piada que me fez ter asma no outro dia. Você sabe que eu não posso sorrir, mas quer me matar me fazendo feliz assim. Você mergulha dentro de mim e eu transbordo de você, me afogo em você. Vejo você em todo o lugar. Durmo abraçando o meu travesseiro com saudades de apertar bem forte o ossinho do teu braço. Você diz que odeia o meu pavê, mas eu não me imagino mais sem você. Nenhum dia desses dias que a gente passa sem se ver. Não da pra encostar a cabeça no sofá e me imaginar assim pra sempre. Tô todas as horas com você sem que você perceba. Você não sabe, mas você acaba de me acordar de todos os pesadelos que eu já tive. Agora acordo de madrugada com você ao meu lado na cama, me olhando, mexendo nos meus cabelos, me dizendo o quanto eu sou bonita até dormindo. E você é feia por me fazer acreditar nisso e naquilo. Você me diz coisas que ninguém nunca me disse. Você me faz acreditar em fadas, magia e borboletas azuis fantásticas. Você me tirou daquilo que me doía e me colocou num lugar tão bom aonde eu posso ser eu mesma. Aonde eu não preciso me controlar, aonde eu posso correr e pular nos teus braços que você vai me segurar com vontade. Aonde eu posso usar aquela minha pantufa rosa sem alguém achar estranha e você adora. Você faz meu coração pulsar, meu corpo arrepiar e minha alma arder quando vai embora. E eu não quero mais ser metade. Eu quero continuar inteira. Eu quero ser a unica garota que pode te tocar. Eu quero todas as manhãs acordar e saber que eu tenho alguém que eu posso ligar. Eu quero que saiba que todos os dias vou te amar assim, como se você fosse a unica pessoa com quem eu preciso me importar. Como se você fosse a unica pessoa que eu gosto quando me mima, me liga, me procura. Você é o meu suficiente agora e isso basta. Assim como bastou te ver pra coisas boas acontecerem.

1 compartilhamento
Inserida por KarolAmorim