Helen Machado: "O que eu posso fazer? Se é assim...

"O que eu posso fazer? Se é
assim que eu sou? Se ainda
durmo com o ursinho de
pelúcia que ganhei do meu
pai...se me emociono
ouvindo uma música...se
volto ao passado sentindo
um perfume...se choro
assistindo filme...se me
emociona ler uma
mensagem de um
amigo,uma foto...lembrar
uma situação...! Se tenho
saudades de quem não
merece,de coisas que não
voltam jamais... Se erro,se
arrisco...se não me
arrependo de nada que
faço! O que fazer se coisas
boas,antigos amigos que
talvez nem lembrem de
mim ainda fazem parte da
minha vida...moram no meu
coração! Eu sou assim...eu
choro,falo bobagem,às
vezes pareço uma
criança...brinc o,pulo,canto
e
danço! Sou feliz,fico triste.
Tenho raiva às vezes,sinto
medo quase sempre,mas
escondo... Tenho
ciúmes...mas não conto...!
Ciúme do que gosto,ciúme
de quem amo...dos
amigos,da mãe,dos
irmãos...do meu ursinho de
pelúcia...da foto do meu pai.
Eu sou assim...eu não gosto
de festa,gosto do quase
ninguém gosta...não sou
comum...não sou
normal,não sou igual. Sou
diferente,não sei por
que...eu sou assim. Como
disse Wander Wildner-eu
não consigo ser alegre o
tempo inteiro. Quem
consegue?? No fundo no
fundo,eu sou normal. Eu sou
comum,eu sou igual. Sou
humana,eu erro...eu choro...
Eu amo. Eu sempre amo.
Amo alguém,amo
amar...amo como ama o
amor!!! O que fazer? Se não
consigo agradar a todos?
Nem Jesus agradou..."

2 compartilhamentos
Inserida por MachadoHelen