Rafael Valladão Rocha: Mensagens – Rafael Rocha 10/09/2012...

Mensagens – Rafael Rocha
10/09/2012

Olhe o céu
E pergunte as andorinhas
Como vão as coisas
No paraíso
Longe daqui
Longe de casa

Maquino pensamentos
Sem sentido
Penso em palavras
Que poderia ter dito
Mas se eu disesse não seria ouvido

Prefiro o silêncio
Para dizer o que sinto
Talvez assim você entenda
Que meus sentimentos
São mudos e indiferentes
Tão longes e inexistentes

Meu silêncio diz mais
Do que todas as palavras
Que você poderia dizer
Não quero escutar você

O vento leva as folhas
Da primavera
Para lugares diferentes
E em cada folha uma lágrima
Por uma diferente decepção
Em todas elas existem
A falta da razão

Longe daqui
Longe de casa

As brisas do verão
Trazem todas as manhãs
As mensagens da solidão
Tudo que esqueci volta atrás
Buscando roubar a minha paz
Entendo o céu
Como uma longe terra
Inalcançavél e intocavél
Todos os homens planejam
Se tornarem amorosos
Tendo um coração odiável

E tudo que você sempre me disse
Foi o que ninguém nunca disse á você
Todas suas palavras são estranhas
Insuportáveis e dificeis de esquecer

Ninguém nunca lhe disse
O que você queria ouvir
Estava sem razão
E só pensava em fugir

E agora entendo
Porque as andorinhas
Estão mudas
Pois nunca há um paraíso
Quando se vive na terra
Onde está o seu ninho
Está muito longe

Longe daqui
Longe de casa

1 compartilhamento
Inserida por rafaelRocha