Carolline Milici: "Brincava do outro lado da rua...

"Brincava do outro lado da rua quando decidiu correr atrás de uma borboleta que pairava no céu. Diferenciava a luz do sol dos faróis dos carros importados.... Frase de Carolline Milici.

"Brincava do outro lado da rua quando decidiu correr atrás de uma borboleta que pairava no céu. Diferenciava a luz do sol dos faróis dos carros importados. Parecia conversar com o vento, e entendia os ruídos da metrópole. A cada ano pulava sete ondas. Um retrato a cada memória, retratos que ficavam apenas na sua mente entorpecida. Amanhã é 23. Logo termina um ciclo de 365 dias, no caso, mais um ano está acabando... Pretendia ir, sumir. Mas, ao certo, não sabia aonde ia chegar. Só sabia que iria caminhar, e caminhar. Não se pode abandonar uma vida assim, mas pode-se deixar de lado. Outra xícara de café fria. Outra música sem graça no boulevard da noite. Pessoas têm pressa. Pressa de dizer, de fazer, de sentir. Um caminhão atropelou o teu caminho.
O "te quero" virou apenas um "bom dia", ou nem isso.
Virou apenas silêncio, em mais uma noite barulhenta de São Paulo..."

1 compartilhamento
Inserida por caaamilici