Pâmella Ferracini: 1 ano, 365 dias. Hoje faz 365 dias. Não...

1 ano, 365 dias .

Hoje faz 365 dias.
Não houve um só dia,
que eu não sentisse a dor, da falta da sua alegria.

É como andar em chão quente,
Ter sede!
Brincar de sonhar novamente,
com uma manhã reluzente.

No "papel", eu deixo simples palavras...
No coração, eu guardo a saudade.
Nos olhos as lágrimas, que me tocam a alma.

Queria que tudo fosse mentira,
quem sabe eu poderia mudar algumas "linhas".
Assim eu te teria aqui comigo, e não sentiria essa agonia.

Passam os dias, vejo as horas...
A data se aproxima,
hoje faz 365 dias.

Os olhos tristes, o silêncio me toca.
Não encontro outra saída,
a não ser a escrita.

- Cama - Sala -Cozinha -Cama!
A agonia me controla,
a noite me apavora.

Depois de horas deito.
Acordo pela aurora,
O tempo passa... e dá doze horas.

Lembro que nesse momento,
o coração parou.
Da pessoa que tanto me ajudou.

Volto a lembrar de tudo,
cada segundo.
É tudo tão injusto!

Agora em lágrimas me encontro,
perdi meu Pai, perdi a voz, perdi o rumo.
Perdi a pessoa que mais me entendia nesse mundo.

Se pudesse voltar no tempo,
eu iria dizer mais. Nunca fui de demostrar,
mas, sabia amar.

Agora não dá para mudar, eu devo continuar...
Esquecer não posso, pois está marcado na alma,
e dentro do coração.
Meu Pai, meu amigo, eu te amo até meu último suspiro.

2 compartilhamentos
Inserida por PamellaFerracini