Hoje... Peço perdão por amar-te... Poeta Urbano - Julho de 2009

Hoje...

Peço perdão por amar-te tanto...

Hoje tenho a real plenitude de todo esse sentimento...

Lutei com todas as minhas forças contra isso...

Tentei por todos os lados não pensar...

Procurei outros caminhos...

Procurei o consolo de outros braços,mas nenhum me confortou como os teus...

Procurei incessantemente por outras bocas, mas nenhuma me encantou como a sua ainda me encanta...

Procurei por outros corpos, mas nenhuma conseguiu saciar meu prazer como você...

Procurei por você em outras, mas em nenhuma encontrei o teu sorriso...

Também não encontrei aquela covinha que me deixava pra lá de Bagdá, quando sorrias para mim...

Como em outras não consegui te esquecer, parti para o lado espiritual...

Fiz promessas, rezei, chorei, bebi, fumei, morri, nasci...

Mas tudo isso não conseguiu arrancar você aqui de dentro...

Hoje!!!

Desisto de lutar contra tudo e todos...

Confesso como um criminoso que te amo...

Cansei de lutar, não tenho mais forças para te enganar, ou tentar...

Hoje!!!

Meus dias são frios e também sem cor...

Ando nas ruas como se estivesse em outro mundo, pois pessoas passam ao meu redor e eu não as noto...

Amigos tentam me animar, mas é em vão...

Olho o mundo pela janelinha, procuro você e não lhe encontro em lugar algum...

Passo noites acordado, pois a imagem de tua boca não me sai da cabeça...

Hoje as melodias me machucam a alma, pois o que adianta ter as mais belas melodias sem você ao meu lado, para encostar teu rosto de menina ao meu e dançarmos como apaixonados...

Hoje!!!

Escrevo esses poemas para você, mas é em vão, pois você não os lê...

Hoje!!!

Entendo aquela paixonite, e vejo que o real amor é o que sinto nesse momento...

Hoje!!!

Tem aqui além de um cavaleiro um homem que jamais desistiu de um sonho a dois...

Hoje!!!

Me arrependo da minha imaturidade perante a você...

Hoje!!!

Lanço mão de meu escudo protetor e de minha espada, para lutar com a mais pura arma de amor...

Hoje!!!

Quero que se foda as convenções, etiquetas e afins...

Hoje!!!

Grito com toda a força que me resta...

EU TE AMO!!!!!

Hoje sei o valor real dessas palavras...

Hoje...

Pena não saber o amanhã...

H
O
J
E...

1 compartilhamento
Inserida por PoetaUrbano