Pedro Hugo: [...] Olha estou te escrevendo porque...

[...] Olha estou te escrevendo porque tomei um porre e não conseguir curar minha ressaca acordei com gosto de corrimão na boca meio amargo, mas estou consciente... Frase de Pedro Hugo.

[...] Olha estou te escrevendo porque tomei um porre e não conseguir curar minha ressaca acordei com gosto de corrimão na boca meio amargo, mas estou consciente do que falo, do que escrevo. Você sabe do meu jeito, você sabe que não aceito esse tipo de coisa, você sabe que preciso tanto de ti, mas eu preciso assim bem grudado mesmo, você sabe que eu sou romântico e gosto de surpresas, você sabe que eu tenho tanto medo de te perder e você sabe que meu coração é teu. Deitei. Cochilei na cama com gosto amargo de Wisk e derramei lágrimas porque não consigo aceitar viver em um mundo que não é meu, não sou egoísta, mas sem culpa, eu acho que mereço um pouco mais de atenção, afeto, carinho e porque não amor.

1 compartilhamento
Inserida por PedroHugo10