Claudia de Marchi: Conselhos Pessoas covardes se aconselham...

Conselhos

Pessoas covardes se aconselham com outras pessoas, homens nobres se aconselham com seu coração, alma, desejos e intuição. Ninguém sabe o que se passa em seu espírito, então não seja tolo: aconselhe-se consigo mesmo.
Por mais que alguém lhe conheça bem ou lhe ame, ele não sofre, não sorri e nem chora em seu lugar, não vale a pena seguir as opiniões alheias quando elas contrariam os ditames de seu coração e da sua mente.
Pode ser que, com o passar do tempo, você ache que o outro tinha razão, todavia, pessoas fortes aprendem sozinhas, experimentam, ousam, não deixam de tentar por terem medo.
Deixar de fazer algo porque alguém lhe disse para não fazê-lo é desperdiçar vida, momentos de felicidade e instantes que só você pode aferir o valor e a graça. Aprender a seguir os próprios sentimentos e coração é um ato de coragem, uma demonstração de maturidade.
As respostas que seu coração não sabe interpretar, a sua intuição irá lhe apontar, não menospreze tudo o que você já viveu: ter experiências aumenta a sua capacidade de antever os resultados de seus atos, então confie mais em si mesmo.
Sendo assim, porque depender e precisar de conselhos para fazer o que só você sabe que lhe faz bem, para fazer o que apenas você pode fazer, para sorrir, para ter prazer, para ser feliz? Aconselhe-se consigo mesmo, depois de uma fase da vida as respostas estão ao seu alcance, você pode ter medo de ouvi-las, mas elas estão ai, dentro de você.

1 compartilhamento
Inserida por Ebonyworld