Alexandre Morais: Guardo meu calor com fome para que...

Guardo meu calor com fome para que outros me saciem. Vivo dentro deles à procura de proteção. Se alimentam-me o espirito com pureza meu coração lhes dou. Coração presenteado com as mãos é vida formada pronta para se completar. Nobres são os que ganham o coração de alguém e o conseguem mantê-lo pulsante. São escolhidos, não sorteados. Entrego o meu sim. Com medo. Esse medo é apenas um sussurro leve que diz: "Continua." Nenhum coração pertence a seu dono gerado. Coração foi feito para ser zelado na cabeceira da cama do outro. O seu verdadeiro dono. O moldado para cuidar e sonhar com ele. Coloca-o no lugar. Porque você não quer o seu coração, quer o do outro. O seu você já o conhece. Deseja que outro o conquiste e para ficar excitante o torna desafiador e, idealiza a conquista de outro para conhecer algo novo. Ser protetor e protegido e assim formar um só.

1 compartilhamento
Inserida por LexMor