Jamila Mafra: Boneca de Porcelana Descobri que há um...

Boneca de Porcelana

Descobri que há um tempo atrás eu era apenas uma boneca....

Sei que você não me ama,
Nesse mundo ninguém mais me engana,
Sou apenas um brinquedo;
Boneca de porcelana
Que se quebra e sente medo
Nas mãos de homens traiçoeiros!

Sei que você não me ama
Sou apenas seu passatempo no login virtual
Da conversa casual,
E nem pense que você me compra
Com esses corações vermelhos.

Sei que você não me ama,
E só sente interesse,
Olha aqui, menino tolo
Não serei o seu joguete.

Presto apenas por um tempo,
Eu não quero mais te ver,
Quando a diversão acaba
É melhor me esquecer.

Sei que você não me ama,
Nesse mundo ninguém mais me engana,
Sou apenas um brinquedo;
Boneca de porcelana
Que se quebra e sente medo
Nas mãos de homens traiçoeiros!

No teatro dessa história
Sou apenas uma atriz,
Quando fecham-se as cortinas
Ninguém lembra mais de mim.

Quando era uma criança
Eu brincava de bonecas,
Eu só não imaginava
Que eu seria uma delas.

Mas se na hora da tristeza
De mim você sentir saudade
Me ponha em sua prateleira
E se distraia à vontade.

Sei que você não me ama,
Nesse mundo ninguém mais me engana,
Sou apenas um brinquedo;
Boneca de porcelana
Que se quebra e sente medo
Nas mãos de homens traiçoeiros!

Sou apenas um brinquedo...
Boneca de porcelana...
Boneca de porcelana....

3 compartilhamentos
Inserida por jamilamafra