Rapha Fernando: Ex alguma coisa Não é namorado,...

Ex alguma coisa

Não é namorado, namorada, marido ou mulher.
Não conheceu minha mãe, não tomou café com meu pai e nem deu conselhos para o meu irmão.
Não me amou, não se apaixonou, sequer acho que gostou.
Não sou seu amigo, porque já te vi despida.
Nunca ouviu minhas lamentações, da mesma forma que eu nunca acalentei o seu choro.
Não temos retratos e nem grandes lembranças para serem chamadas de recordações.
Não viajamos juntos e nem fomos para um find em gramado.
Mas é alguém que lava a louça de manhã quando pousa aqui em casa.
Não entende o meu trabalho, mas se esforça em manter uma expressão comprometida quando não paro de falar dele.
Me beija a nuca, mas nunca fica para o café.
Nunca marcamos nada, mas sempre voltamos para a casa juntos.
Na balada prefere afirmar a nossa monogamia em abraços, beijos suspirantes e mão entrelaçadas, para que durante a semana possamos levantar a nossa opção por arelacionamentos.
Me tira do sério e me provoca, mas sei que jamais vai atender quando o telefone toca.
Eu nunca serei seu namorado, marido e nem simples amigo.
Em comum só temos o jeans que deixei na sua casa.
Não nos vemos faz um tempo, mas não demora nos encontramos, sempre e sempre, ex alguma coisa.

1 compartilhamento
Inserida por RFpinheiro