Fernando Luiz de Souza Silva: Há dias não escrevo Há dias não...

Há dias não escrevo Há dias não escrevo uma linha sequer, para contar estória. parece que fui tomado por um surto repentino de amnésia. Até aquele ”eu” invisíve... Frase de Fernando Luiz de Souza Silva.

Há dias não escrevo

Há dias não escrevo uma linha sequer,
para contar estória.
parece que fui tomado
por um surto repentino de amnésia.

Até aquele ”eu” invisível
que me confiava seus segredos,
seus delírios absurdos
sumiu, literalmente sumiu.

E o eu, eu,
neste momento emocionado,
coração acelerado,
com a mão trêmula tatuando
essas palavras em forma de desabafo,
num pedaço de papel amarelado.

Com os olhos úmidos
parecendo uma janela de vidro
exposta à chuva, vendo tudo embaçado.

Já imaginando o dia
em que minhas poesias
sem nexo, mal escritas e sem rimas
ganharão o mundo.

Ganharão o mundo,
como um filho fugindo de casa
para habitar, as estantes distantes de bibliotecas famosas
ou de sebos empoeirados das cidades.

É...
talvez seja esse o motivo
pelo qual,
há dias não escrevo
uma linha sequer pra contar estória.

1 compartilhamento
Inserida por fernandoluiz0105