Bia Caires: (...) - Querida, acalme-se. Eu apenas...

(...)
- Querida, acalme-se. Eu apenas desejo ser alguém na sua vida e fazer-te meu alicerce, pois sem você eu sou apenas um.
- Jura?
- Juro.
- Engraçado, sem você, eu sinto duas de mim e mais um pouco de afeto.
- Triste?
- Não, perturbada.
- O que te perturba?
- Sua voz.
- Quer que eu me vá?
- Quero.
- Então, eu vou.
- Vá.
Ele vira de costas.
- Mas, espera.
- O que foi?
- Não muito longe.
- Não muito longe o que?
- A distância.
- Mas você não queria que eu me fosse?
- Sim.
- Então. - suspiro - Para onde quer que eu me vá? No estado emocional que estou agora me sinto confortável em te fazer bem, indo embora.
- Eu só desejo apenas, que você não fique muito longe.
- Longe de quem? De que? Qual a distancia perfeita? Você me deixa confuso, caramba.
- Longe de mim, de minha boca, entre meu nariz e o seu.
- Quer que eu lhe beije agora? Como assim?
Silencio.

- Tipo, assim.

1 compartilhamento
Inserida por biacaires