Desconfiança no Amor

Cerca de 203 frases e pensamentos: Desconfiança no Amor

Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.

No amor, o engano vai quase sempre mais longe do que a desconfiança.

Devemos desconfiar do amor que nasce antes de criar raízes: o fogo incipiente apaga-se com pouca água.

Se queres prolongar o amor não permitas que a desconfiança te domine em relação à pessoa amada.

A culpa é dos ciúmes, das brigas, das desconfianças, das mentiras e da falta. O amor não tem culpa.

“Não, o amor sabe tanto quanto qualquer um, ciente de tudo aquilo que a desconfiança sabe, mas sem ser desconfiado; ele sabe tudo o que a experiência sabe, mas ele sabe ao mesmo tempo que o que chamamos de experiência é propriamente aquela mistura de desconfiança e amor… Apenas os espíritos muito confusos e com pouca experiência acham que podem julgar outra pessoa graças ao saber.”

Não deixe que a rotina acabe com o nosso amor, que a saudade sufoque, acredite em você. Desconfie do destino, pois ele é incerto. Para quem errou, dê o perdão. Para quem fracassou, dê uma chance. O que é mais importante para você? Perdoar ou pedir perdão?
Quem perdoa uma pessoa mostra para ela que ainda existe amor, e quem pede perdão, mostra que ainda crê no amor.
Então, esqueça o passado, viva o hoje, pois só assim nós seremos felizes, meu amor.

Um amor possessivo.. vigia, desconfia, ameaça, intimida, oprime, prende, machuca e pode até matar. Um amor abnegado.. solta, liberta, confia, cuida, apoia, abençoa e é capaz de dar a própria vida.

Mandamentos do Amor

01- Me Amar como eu te amo.
02- Não desconfiar de mim.
03- Não me provocar.
04- Guardar-me no coração para sempre.
05- Ser sincero comigo, em todos os sentidos.
06- Ter muito carinho.
07- Estar sempre disposto aos meus desempenhos.
08- Não negar coisas simples que eu pedir.
09- Saber perdoar e me ouvir sempre.
10- Dar um beijo provando sua sinceridade.

Eu te entendo, sei que você tem todos os motivos do mundo pra estar com medo e desconfiar do nosso futuro juntos, mas quero que entenda que eu estou e sempre vou estar ao seu lado. Por mais que briguemos todos os dias, por mais que você grite comigo, eu não consigo ficar sem você, e não posso passar uma noite se quer sem você comigo. Obrigado por me aturar, aguentar minha bipolaridade e minhas grosserias, me apoiar e me desculpar mesmo quando estou super errado. Estou me esforçando pra te fazer feliz, mesmo que este não seja o melhor de mim. Vou me dedicar pra que a gente vire “nós”. Eu te amo já te disse isso, sei que não foram tantas vezes tanto quanto você. Mas isso é porque eu aprendi da forma mais difícil possível que “eu te amo” não é “oi” que se fala o tempo todo. Espero que me entenda e perdoe minhas falhas, quero o nosso melhor.

Eu e você frente a frente...
É o medo e o desejo;
É desconfiança e a esperança;
É o grito e o silencio;
É o gelo derretendo a mão no fogo...
Eu e você frente a frente
É ter sempre q me confrontar;
Encarar meus erros e as minhas razões...
As minhas verdades e as minhas ilusões;
Meu poder e a minha impotência;
A minha liberdade e os meus limites...
Quando eu to na sua frente,
Eu sinto toda a minha dor,
Mas só na sua frente eu posso sentir todo o meu amor

Estranho, sim. As pessoas ficam desconfiadas, ambíguas diante dos apaixonados. Aproximam-se deles, dizem coisas amáveis, mas guardam certa distância, não invadem o casulo imantado que envolve os amantes e que pode explodir como um terreno minado, muita cautela ao pisar nesse terreno. Com sua disciplina indisciplinada, os amantes são seres diferentes e o ser diferente é excluído porque vira desafio, ameaça. Se o amor na sua doação absoluta os faz mais frágeis, ao mesmo tempo os protege como uma armadura. Os apaixonados voltaram ao Jardim do Paraíso, provaram da Árvore do Conhecimento e agora sabem.

Lygia Fagundes Telles
A disciplina do amor. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

Nota: Conto Os amantes.

...Mais

Desconfio que,
O Perfume de Quem Se Ama
é Eterno...
Ainda Sinto o Seu.

Desconfie daqueles amores que são seguros demais...
Não sentem ciúmes, não sentem saudade, não se incomodam com ausências.
Amores que não sofrem e nem surtam um pouquinho de vez em quando. Amores certinhos que nunca cometem delito ou algum desatino.
O amor não consegue ser sensato o tempo todo...
Porque amor não é razão.
Amor é emoção e emoção definitivamente domina quem sente.
Amor não é rio...
Amor é mar.

Por que eu devo crer cegamente na ciência se ela própria desconfia de si?

Inserida por pastoreinaldoribeiro

Sempre desconfie do Sultão, do mar, da sorte e do amor. Principalmente se estiverem sorrindo pra você.

O amor nao é desconfiado, não faz testes, não engana, não se ausenta, não deixa sofrer, não machuca os sentimentos e não ilude o coração de uma pessoa...

É difícl conviver com a desconfiança,ser taxado de uma coisa
que você não é e nunca foi, o amor vai se desgastando,vai morrendo aos poucos,a vontade de amar uma pessoa vai sendo liquidada... Mas eu nao desisto de amar, vou continuar a procurar um amor de verdade, amor recíproco, compreensivo e feliz... Eu nao desisto de amar.

Se de vez enquando não doer e, se não rolar umas briguinhas, desconfie, não é amor!

⁠" O Ciúmes sufocou o Amor ..,
A desconfiança machucou o Amor
O Ódio deixou de lado o Amor
A Mentira enganou o Amor
Por fim ...
O Egoismo matou o Amor "