Frases de David Hume

Cerca de 58 frases de David Hume

A beleza das coisas existe no espírito de quem as contempla.

O hábito é o grande guia da vida humana.

O coração do homem existe para reconciliar as contradições mais notórias.

Todas as nossas ideias ou percepções mais fracas são imitações de nossas mais vivas impressões ou percepções.

A memória não tanto produz, mas revela a identidade pessoal, ao nos mostrar a relação de causa e efeito existente entre nossas diferentes percepções.

Quando uma bola de bilhar choca com outra, a segunda deve mover-se.

Se nos cai nas mãos um volume, por exemplo, de teologia ou de metafísica escolástica, perguntamo-nos: contém alguma argumentação abstracta sobre a quantidade ou os números? Não. Contém alguma argumentação experimental sobre questões de fato e existência? Não. Então, que seja jogado ao fogo, pois contém apenas sofismas e ilusões.

Todos nós temos uma prodigiosa parcialidade em favor de nós mesmos.

A beleza não é uma qualidade inerente às coisas. Ela existe apenas na mente de quem as contempla.

A razão é, e só pode ser, escrava das paixões.

Em nossos raciocínios a respeito dos fatos, existem todos os graus imagináveis de certeza. Um homem sábio, portanto, ajusta sua crença à evidência.

Seja um filósofo, mas, no meio de toda sua filosofia, não deixe de ser um homem.

O hábito de culpar o presente e admitir o passado, esta profundamente arraigado na natureza humana.

De um modo geral, os erros na religião são perigosos; enquanto os da filosofia apenas ridículos.

Nenhum homem jamais jogou fora a vida enquanto ela valia a pena ser mantida.

O homem sábio ajusta sua crença à evidência.

Quando uma opinião leva a absurdos, é certamente falsa, mas não é certo que uma opinião é falsa porque sua consequência é perigosa.

⁠O homem é um ser racional e, como tal, recebe da ciência sua adequada nutrição e alimento.

David Hume
Investigação sobre o Entendimento Humano (1748).

Nenhuma verdade me parece mais evidente que os animais serem dotados de pensamento e razão tal como os homens. Os argumentos neste caso são tão óbvios, que nunca escapam aos mais estúpidos e ignorantes.

"Mas muito mais frequente é os homens serem distraídos de seus principais interesses, mais importantes mas mais longínquos, pela sedução de tentações presentes, embora muitas vezes totalmente insignificantes. Esta fraqueza é incurável na natureza humana"