Coleção pessoal de YkaOliver

81 - 100 do total de 173 pensamentos na coleção de YkaOliver

Não deite com mágoas no coração, A sua consciência tem mais poder que a opinião dos outros. Nós amamos, erramos ou julgamos, nem tudo sai como planejamos. A única verdade é que viver um dia feliz é viver ele com consciência.

Mestre Ariévlis

Siga sempre sua intuição...mas 
não viva uma tola ilusão!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Nenhum amor vale tanto, a ponto de nos esquecermos de nós mesmos. A pessoa que não tem Amor próprio não conseguirá amar ninguém...se não está bem consigo mesmo não estará bem com NINGUÉM. 

Yka Oliver
1 compartilhamento

A vida ensina muitas coisas, tento extrair um pouco do melhor de tudo!

Yka Oliver
1 compartilhamento

A vida ensina muitas coisas, tento extrair um pouco do melhor de tudo!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Todos nós temos nossos jardins, com nossos perfumes...cheiros da nossa infância, adolescência, pessoas, lugares.
São tantos...Cheiros inesquecíveis,,,que nem sabemos o qual escolher!!!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Saudade é um vidro vazio no qual um sonho resume ... e mesmo estando vazio ainda resta o perfume!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Saudade é um vidro vazio no qual um sonho resume ... e mesmo estando vazio ainda resta o perfume!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Toda pedra que encontro no meu caminho, vou juntando, para quando chegar ao meu destino ela sirva para construir a minha fortaleza!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Toda pedra que encontro no meu caminho, vou juntando, para quando chegar ao meu destino ela sirva para construir a minha fortaleza!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Viajar é guardar na memória, recordações que nos fazem felizes!

Yka Oliver
1 compartilhamento

Tenho meus defeitos... Porém convivo bem com eles, porque sei que graças a eles, aprendo um pouco mais a lapidar minhas qualidades. 

Yka Oliver
1 compartilhamento

Infelizmente...Uma pessoa, que não está aberta a "mudanças" possui a mente "vazia".

Yka Oliver
1 compartilhamento

Dentro do quadro que você quis encaixar...
Seja você mesmo (nunca mude seu caráter), mas não seja sempre o mesmo... Tenha uma mente aberta, e aceite que pode estar errado e aprender coisas novas sem mudar a sua pessoa.

Yka Oliver
1 compartilhamento

Navegar por águas calmas com uma outra visão do mar.
Saber conduzir seu barco, saber onde quer chegar, mesmo já tendo passado por muitos naufrágios, sim, é possível viver no mar.
Esse gigantesco mar chamado de vida onde existem almas heterogêneas, cada uma a sua maneira, tentando entender essa multidão. Vagando entre a realidade e a ilusão, buscando um porto, dias sim, dias não.
Enxergar a simplicidade da vida vai além do que possamos imaginar. Sabendo que existem os acertos, porém sabendo que todos podemos errar. O que importa é saber corrigir o erro, corrigir os mapas, para continuar a navegar.
Amar, o mar, de correntezas tão castas e profanas, tão rasas e profundas, que até o vento se engana para onde deve soprar. Deve ser por isso que ele sopra a seu bel prazer, fingindo não saber onde cada barco quer atracar.
Saber apreciar a calmaria, saber se aquecer na noite fria, saber dar e receber amor com a noite, com o dia.
Não somos coitados (apesar de muitas vezes fingirmos ser), sabemos que existe a dor. Vai de você aprender a curá-la, vai de você aprender se recompor. E para isso é necessário criar e levar sempre consigo a caixa de primeiros socorros, para ser usada, seja que hora for. E caso precise emprestada... pegue a minha, a seu inteiro dispor.
Não esqueçam de apreciar o nascer e o pôr do sol.
Não esqueçam de sentir o cheiro de cada mar que você passar, pois cada mar exala um cheiro diferente.
Não esqueça a noite de olhar as estrelas e se porventura estiver chovendo, não deixe de assistir ao fabuloso show dos raios que vão cair.
Quando atracares em algum continente, ou em alguma ilha, não deixe de explorar o local tintim por tintim. Você irá descobrir novos animais, novos insetos, novos aromas, novas frutas, novas plantas, novas árvores, novas rochas esculpidas pela mãe natureza.
Esteja atento a tudo, esteja atento aos detalhes e não deixe nada escapar! São imagens e fatos que serão gravados em sua memória e por um motivo ou outro, podem nunca mais voltar.
Antes que eu me esqueça, durante sua viagem por este oceano, não deixe de ver o ballet dos golfinhos que com certeza em alguma hora estarão acompanhando seu barco para darem as boas vindas ao lugar onde habitam. Você também poderá ver peixes voadores, tubarões, graciosas baleias e uma infinidade de vida marinha que nem imaginamos.
Sendo assim, nunca esqueça de sempre agradecer ao criador de tudo isso por estas maravilhas e como um bom hóspede, sempre peça licença a cada lugar novo que você for entrar.
Veja a infinidade que este mar que navegamos nos proporciona. E muitos de nós acabamos olhando somente em uma direção e perdendo todo este espetáculo.
A única certeza que tenho é que quando partirmos dessa vida não levaremos roupas, não levaremos casa, não levaremos carros. Apenas levaremos o que estiver gravado aí dentro de sua "caixa preta", ou ainda como queira chamar: cérebro. Sendo assim, obtenha sim seus bens, suas lembranças, seus presentes, durante a viagem, porém não se apegue a eles como se fossem tudo nesta vida.
Esteja atento ao farol que indica a ilha ou o continente, e esteja atento aos sinais para que você não bata seu barco e ele naufrague.
Enfim, aproveite bem sua viagem, esqueça coisas mínimas, dê mais atenção ao modo como você navega do que a navegação dos outros.
Cuidado com os barcos piratas que vem para te sugar.
Cuidado com navegadores menos experientes para que você não os atropele e para eles não te atropelar. Não se esqueça também que além de nós, sempre existirão os navegadores mais experientes, nunca se acanhe em pedir conselhos.
Cuidado com a tripulação que você escolher para navegar com você ou ainda seja, sua família, seu namorado, sua namorada, seu esposo, esposa, amigos, filhos...
Talvez você necessite mudar de barco e criar uma nova tripulação. O que nunca deve ser considerado um problema e sim uma solução. E caso sinta saudade de parte da outra tripulação, você sempre poderá encontrá-los ou até mesmo em alguma hora eles poderem fazer parte novamente do seu barco juntamente com uma nova tripulação. Não há regras para isso. Basta entender, aceitar e saber que tudo sim sempre pode acabar bem.
Cuidado com os pequenos animais que lhe forem confiados a guarda, os quais se tornarão seus animais de estimação. E sempre que puder, não deixe de mostrar para eles também como este passeio é belo. Ensine-os o que podem e o que não podem fazer, o que deve e não deve ser feito. Afinal eles também estão aqui para a prender e só esperam que o seu capitão lhe dê as ordens necessárias.
Enfim, escreva seus mapas, escreva suas histórias, escreva seu diário de bordo para que os outros que virão depois de nós, possam tomar como base de partida o que é navegar por estas águas.
Afinal de contas, se navegamos por este mundo, pode ter certeza que é apenas de passagem. Pois nós não somos daqui.

Jr. Pereira
2 compartilhamentos

Vou dormir
barco à deriva
sem querer naufragar,
nem ânimo de navegar
naveguem vocês

Marcia Lailin
2 compartilhamentos

Às vezes é necessário navegar em um mundo de ventos inconstantes com um barco à vela.

Evaldo Neto
2 compartilhamentos

É necessário navegar pelos mares da nossa mente com frequência, para conhecermos a complexidade das tempestades e calmarias que se apresentam em meio ao itinerário da vida.

Alison Aparecido Ferreira
2 compartilhamentos

Quando o mar está favorável, qualquer capitão é capaz de navegar, mas quando ele está virado, apenas os encorajados continuam apesar dos perigos, não por serem melhores que os outros e sim por serrem diferentes e não abrir mão de um objetivo por causa das barreiras sem ao menos tentar.

Rodolfo Rodrigues dos Santos
2 compartilhamentos

Não quero envelhecer ao lado de alguém que acredite que tudo é perfeito, mas que acredite que na maior parte da vida podemos corrigir imperfeições que se tornarão quase perfeitas e para isso teremos que usar a tolerância.
Quero envelhecer ao lado de alguém, não por envelhecer ao lado de alguém.
Quero envelhecer ao lado de alguém que possa me chamar de seu, para que eu diga: você é minha também.

Jr. Pereira
2 compartilhamentos