Coleção pessoal de SuspirosEntrelinhas

Encontrados 17 pensamentos na coleção de SuspirosEntrelinhas

Mudar é difícil, mas não é impossível. Mais difícil que mudar é ter força pra mostrar para o resto do mundo que você mudou e sabe disso.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

A verdade é que quando estamos assim a nossa cabeçinha inventa de criar modelos de respostas: “Não faça isso, siga em frente”, “Não dá bola”. E na hora H tudo isso não presta pra nada, ficam enrolando, todo mundo já sentiu isso, esse medo terrível de errar e continuar errando, de estar gastando tempo com coisas que no final não valeram de nada.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Desculpe... desculpe por não estar aí agora, por não passar o seu aniversário com você. Presente? Não posso dar, mandarei pelo correio, porém sei que não será a mesma coisa. Tudo que tenho a dizer é que eu queria ser o seu presente, o mais importante, o mais desejado.

Desconhecido
43 compartilhamentos

Porque eu me importo com coisas pequenas, e não faço como os outros que ficam tentando torná-las grandes. Deixo-as como elas são, acostume-se. Isso talvez seja prejudicial para a minha reputação, mas não para a minha sanidade mental, essa sim está ótima. E quando eu choro assistindo um filme ou novela, não é porque sou boba ou louca, sei que são filmes e novelas, mas mostram o que sinto, e tudo parece mais fácil na televisão.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

É assim, eu sou fútil e feliz. Quando digo que tenho pequenas paixões de momento, são essas que me alegram mais. Amor, dizem que só tem um, não sei disso também, tudo o que achei que era amor desapareceu, e só ficaram lembranças ruins Já dessas paixões de momento, essas me deixaram feliz e só lembro de ter vivido aventuras boas.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Eu mudei, para melhor, me desprendi de você, não sei se consegui arrancar você de mim, mas isso não fazia mais diferença. Sua indiferença tornava isso insignificante.

Amanda Oliveira
3 compartilhamentos

Procuro-te em outros olhares, outros rostos, outras vozes, mas te perdi. Perdi porque nunca o tive, eu sei. Foi bom enquanto não durou. Você estava vivo em meus pensamentos, em meus sonhos, na minha mente, mas não na vida real, sonhava com você acordada, de olhos abertos. De noite deixava a porta do quarto aberta com a esperança de você ser real.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Mas depois senti a sua falta, e com ela vieram noites mal dormidas, choros e olheiras, eu estava me acabando em lágrimas. Então lá estava eu de novo, de volta a sua porta, com malas e meu coração. É muito fácil amar você, difícil é “desamar-te”, sei lá se isso é possível, mas é melhor não tentar, alguém pode sair machucado...

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Sinto que passei muitos dos meus melhores momentos com você, despercebidos detalhes que agora aqui, percebo. Talvez eu tenha passado mais momentos até, mas essas lembranças foram esquecidas. Eu sofro por antecipação. Sei que nada é perfeito. Por isso fui embora, não estava mais dando certo, e quem mais poderia sair machucado?

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Erros e Acertos
Eu me arrependo sinceramente do que não fiz. De tudo que deveria ter dito e não disse e principalmente do que deveria ter aprendido e não aprendi. Um desses arrependimentos foi não aprender a mentir, não aprender a mentir para mim mesma. Encarar o espelho e dizer: Ei, você não é pra mim, eu não te amo. Não sei se adiantaria muita coisa, pois de tanto teimosa que sou não iria acreditar em minhas próprias mentiras. Seria a burra que acreditou, ou a sínica que mentiu?
Eu me arrependo sinceramente do que fiz. De tudo que não deveria ter feito como ter crises de choro na frente de pessoas que não precisavam me ver naquele estado. Como chorar na sua frente e deixar você me ver como eu sou de cara lavada, e sem pose. Eu não queria que acontecesse desse modo. Arrependo-me de ter quebrado pratos, copos e vasos valiosos ou meras quinquilharias de raiva, por ódio de mim e do mundo. Arrependo-me de sair por ai sem ter o que fazer e do nada aparecer em meus pensamentos a sua imagem, de deixá-la entrar e não expulsá-la, de fingir ser o que não sou para agradar você e mais outros, só por medo.
Eu me orgulho de saber mentir para os outros. Mentir quando eles mais precisam e contar piadas sem graças copiadas de um programa humorístico sem audiência, e rir delas sem a menor vergonha. Mentir para você quando eu estava destruída por dentro e por fora uma máscara me cobria. Mentir que eu não estava apaixonada só para curiosos não perguntarem o nome do sujeito: Você.
Eu tenho vergonha de não saber expressar meus sentimentos para o mundo. Sentimentos que estão tão sufocados que a qualquer minuto poderiam sair pela minha boca sem eu perceber. Vergonha de não admitir acreditar em amor perfeito, de sorrir de tristeza, vergonha de ser tão cruel a ponto de machucar profundamente uma pessoa que amo só para me sentir melhor. Vergonha de gritar a sua falta, mas calar. E vergonha de ter expulsado pessoas amadas da minha vida, por não saber amar.
O problema é que só sei amar sofrendo, sorrir chorando e falar gritando. É que eu não sou sempre eu mesma e às vezes me afasto de mim e levo minha tolerância junto. E rótulos serão sempre rótulos, existem sentimentos que não precisam de nomes, só de alguém para senti-los. O que eu sinto, ainda não tem no dicionário.

Amanda Oliveira
2 compartilhamentos
Tags: Erros&Acertos

Amar não é o bastante para você, eu não tenho uma fita métrica aqui comigo para medir o meu amor por você, aliás, ele não tem medidas de quão grande é, se eu tentar medi-lo tenho certeza que parecerá muito menor do que é. Convenhamos que para você amar não é o bastante, talvez nos seus seis, sete anos de idade tenha sido, mas agora meu bem, não é. Você exige muito mais do que eu posso oferecer, você precisa de muito mais do que amor, às vezes eu penso que você é o necessitado aqui, não eu. Você que precisa de mais coisas, para mim o amor basta.

Amanda Oliveira

Você tinha razão em tudo, porque você era a minha razão. Fazer o que? Não era pior do que parecia ser. Não achava nenhuma outra forma de ser feliz a não ser ao seu lado, se eu vivesse sem você eu ficaria feliz e sorriria em certas horas, mas nunca encontraria a felicidade de verdade, porque sabia que ela, só com você. Acho que você não era forte o bastante para carregar o meu pesado coração. Eu estava me sentindo tão...

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Não tenho nada de grandioso para dizer, a vida me fez assim com medo, medo de errar medo de ser frágil, quebradiça como vidro. Medo de que a fragilidade me tornasse covarde. Sim, gosto de ter muitas em mim de me fazer em muitas, o fato é que eu gosto de me dividir, eu não sou nenhuma maluca nem aventureira, sou como uma rosa, geralmente quando as pessoas olham uma rosa, focam somente em suas pétalas, mas só quando a enxergam de verdade, percebem que toda rosa tem espinhos. Porém esquecem que uma rosa é o conjunto de tudo isso, e uma rosa não é uma rosa sem suas pétalas.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Eu odeio você, principalmente porque você faz parte de mim. Odeio você porque sem você o céu fica nublado, meu cabelo embaraçado e nada faz sentido. Porque a cidade fica vazia, eu fico perdida, sem rumo. Porque mesmo te odiando, eu te amo. E não adianta fingir, já fiz tudo para mudar isso, e mesmo assim. As ruas ficam silenciosas, as músicas não tocam e eu fico sem ritmo. Eu sei que isso é mesquinho, eu culpo você por tudo o que acontece de ruim na minha vida, mas e daí? Você nem se importa. Essa sou eu. E quer saber de uma coisa, um dia essa dor vai ter de acabar, ela tem de passar. Acho que eu fugi (fingi) porque eu sabia que não adiantaria me machucar mais, meu amor por você não mudaria tão cedo, e para que então sofrer ainda mais?

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Não sei como, com quem e aonde você está, pouco me importa. Eu continuo sendo a mesma imperfeita de sempre, cá com meus botões. Lá, mas bem lá no fundo eu sei, que onde quer que você esteja você se lembra de mim, nem que seja por um segundo, a minha imagem vem na sua cabeça. Fico feliz se for verdade, porque seria lamentável, você esquecer de uma boa parte da sua vida.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

Eu queria apagá-lo da minha memória, porque eu me lembrava das coisas lindas que passamos, mas os que marcavam que deixavam cicatrizes, que doíam mais, esses sentimentos que se instalavam em mim, como formigas no açúcar.

Amanda Oliveira
1 compartilhamento

SEJA VOCÊ

Seja você, como eu jamais consegui ser eu. Viva a sua vida, como se a minha não estivesse ao seu lado, e cubra-se porque a tempestade está por vir. Folhas serão arrancadas das árvores com tamanha agressividade, noites se transformarão em dia em segundos, e o mundo estará de cabeça para baixo. Ainda assim, continue lendo, pois mesmo que o mundo esteja com a cabeça pra baixo, você ainda está com a sua no lugar. Ou melhor, o seu pensamento está. Espero que suas ideias não caiam com tanta turbulência

Amanda Oliveira