Coleção pessoal de spjd

1 - 20 do total de 36 pensamentos na coleção de spjd

Queria viver com uma galinha
Tinha que ser com uma galinha,
Não posso apertar seu pescoço
Nem ao menos remover suas penas,

Meu dia esta péssimo
Mesmo ja sendo madrugada,
Os dentes do companheiro são tão lindos
Sempre tão fáceis de se entender,

Sempre quiz ter um caminho
Más sempre tive um incômodo,
Que precisei que tocasse comigo
Jamais quiz me escutar,

Ouço algo parecido com muita coisa
E já nem é algo que eu pense
Pernas seguindo a lugar nenhum,
Sei que você me olha,

Só existe um coração
Meu coração tem cabelos e um marido,
Quer sempre me ver bem
Nunca penso em gritar

Fernando Luís de Jesus

Menina pintada

Existe um dia triste e sombrio
As ondas ficam loucas e agitadas,
E as estrelas não correspondem nada
Enquanto penso em você,

Existe uma floresta mágica
Onde duendes e fadas brincam
E o gigante é apenas grande no coração
Enquanto penso em você,

Existe uma ilha onde armas são deuses
E crianças se espalham sem dentes,
E o pôr do sol se esconde
Enquando penso em você,

Existe sempre algo respirando
Não importa na onde que seje
Nem para onde irá ir
Enquanto penso em você...

Fernando Luís de Jesus

Infância

Sinto falta de tudo quando voltou
E nada partiu,
As cores eram puras
E bem vivas,

Nada chegou a ser o que era
Ouvi o som grunhido de um vagalume triste
Ja se pode saber
Quando tudo pode voltar?

Estrelas podres caem sem luz
Embalo, embalo, embalo.
E o fim do arco íris
O começo é apenas sonhar.

Sinto falta de quando tudo nasceu
E nada ficou,
Imagens eram luzes
Quando tudo pode voltar?

Fernando Luís de Jesus

Julgamento

Milhões de juízes cristãos proclamam
Ame uns aos outros como a si mesmo,
Milhões de juízes budistas proclamam
Limpe sua mente e não terá tempo para odiar.

Milhões de juízes hindus proclamam
Em briga de elefantes, quem mais sofre é a grama,
Milhões de juízes judeus proclamam
Uma mãe entende mesmo o que um filho não diz.

Milhões de juízes islamistas proclamam
Alá sobre todas as coisas,
Milhões de juízes em branco proclamam
Não confiamos em ninguém...

Fernando Luís de Jesus

Agora

No infinito não se pode ter fim
Pensando já na chegada do trem,
E se todo dia fosse o começo?
Poder sonhar feliz no caminho.

Amanhã vai ter a grande promoção
Esquecer hoje do abraço,
E se todo dia fosse o começo?
Certo seria dizer o pra sempre te amei,

Pensar na chuva como se fosse desperdício
Esquecer de que existe imaginação.
E se todo dia fosse o começo?
A grandiosa tempestade seria a fé,

Não há tempo para chorar esta noite
Talvez amanhã quem sabe aprender a sentir,
E se todo dia fosse o começo?
jamais evitar o que se pode viver...

Fernando Luís de Jesus

Libertação

Ele é intenso ou duradouro
É simples ou composto,
Ele é gigante e ao mesmo tempo pequenino,
Ele é vivo e as vezes inventado,
Ele é totalmente louco e mesmo assim procurado
É mágico e quase sempre atrapalhado,
Ele opera, machuca e se refaz,
Ele é tão amigo que desperta até o inimigo
É verdadeiro, confuso e puro,
Quando ativo ele é o dono do mundo
Quando passivo ele é sonhador,
À aqueles que o interpretam errado
Fazendo guerras para seu louvor,
Ele caminha mesmo que parado
E mesmo no silêncio sua música é ouvida,
Na chuva se pode sentir teu pranto
No sol ele sempre se ergue,
Pois para todo sempre serás a única libertação
Pois em todo sempre serás amor....

Fernando Luís de Jesus

Intenso

Realmente não posso ser bom com você
Deixarei de lado toda essa besteira de carinho
Cansei de roubar a cena
Te libertar de um sonho incomum.
Garanto que você sentirá demais
Irá se debater na cama e pensar em morte,
Estarei por um tempo abalado e confuso
Mas tudo não passará de uma culpa inventada.
Sei que lembrará das coisas belas que disse
Me desejará todas as noites como se fosse seu presente.
Mas lhe digo que como o fogo um dia apaga
Apaguei quem me jogou na fogueira,
Estarei perdido no encontrar
E serei o que realmente nunca somos
Serei uma obra de mim.

Fernando Luís de Jesus

Algo fica

Queria estar com você esta noite
Onde estouro meu fígado.
Queria purificar você hoje
Enquanto espirro sangue.

Queria chorar do seu lado
Ou apertar seus dedos.
Esta meio frio hoje
Como sempre o tempo muda.

Tão fácil seria ir embora sem dizer adeus
Tão triste seria deixar quem nos ama,
Tão fácil será sempre magoar um coração.

Nesta mesma fonte estão todos os desejos
Rabisque de forma verdadeira o céu
Mesmo que nem sempre haverá estrelas.

Fernando Luís de Jesus

Inexistência

Hoje quando estava caminhando no meio da noite
Era como se alguém me falasse algo,
Olhei nos olhos daquele garoto mal
Enquanto ele me encarava enfurecido.

As luzes das moradias acesas
O frio começa a estender.
E os jovens sempre eles sofrem
O que jamais conseguiram explicar.

Lembro da música que ouvia e sonhava
Lembro do alegre estrondo dos foguetes,
De quando se comemorava o comemorar
Entre os sorrisos de quem não conhecia.

Posso escolher varias formas de desaparecer
Mesmo que sua certeza diga que estarei bem,
Nunca entenderei o velar triste da partida
De quem não aguenta mais o amanhecer.

Fernando Luís de Jesus

Partida

Cada vez que eu me extravaso no impulso da loucura, me sinto perto de algum lugar,mais perto de algo que todos nós iremos enfrentar um dia, sinto meu corpo cansado e minha mente perdida, sinto soar as trombetas dos anjos e as lágrimas da vida se curvam diante do real. Me sinto assim hoje , assim como muitos dias senti, não vai demorar para eu ir ao encontro do criador, deve ser algo bonito com cheiro de rosas, espero que o pessoal de branco não me julgue por apenas ter caminhado na luz da noite invés daqueles que sempre seguem o sol, antes tinha o temor da morte, mas sinto que me iludi muito sobre a única coisa que vale a pena lutar na terra, as pessoas vivem em um mundo onde dizer que precisar de amor é apenas letras formando comunicação, não digo que estou preparado, tem pessoas que realmente amo que irei senti saudade ate que um dia as encontre, me acho um ser humano bom apesar de dizer isso parecer a verdadeira mentira, oh Senhor sou apenas um homem...

Fernando Luís de Jesus

Simples como amar

Um dia tente ser
Por tudo aquilo que lutar.
Um dia tente ver
O que ninguém quer enxergar.

Subir escadas é estar em movimento
Criar sua própria escada é estar vivendo
Tentar ser livre ou seja sonhar,
Sonhar sentido à acreditar.

Entre tanto sangue, tanto medo
Tanto choro, tanto tempo,
Entre todo dia, o meu dia, o seu dia
A pequena mudança se torna desejo.

Qualquer abraço quebra o gelo
Mesmo na frieza da dor,
Tanto faz estar no céu ou no inferno
Quem nunca pensou no amor?

Enxergue que seje uma greta de luz
E nunca serás abandonado
As portas estão sempre para se abrir
Como um docê beijo apaixonado.

Fernando Luís de Jesus

Ele

Ele acordou numa sexta feira como de costume as sete e quinze, e como de costume observou da janela a casa daquela garota no qual era seu sentido maior da vida ou seja a espera de talvez um milagre. Ele era tímido, feio e bobo com grandes olhos estranhos, e ela era tão docê, tão meiga e todos se apaixonavam perdidamente pela sua voz que sempre ao amanhecer cantava e ecoava um som tão lindo que fazia ele esquecer do quanto estragado e esquisito Deus o tinha feito. Más nesse dia, não era apenas mais um amanhecer que ele acordara as sete e quinze,olhava para a janela e ouvia o som da bela paixão, esse era outro amanhecer, o dia da coragem, o dia que ele se tornaria o homem.
Como possuído por uma forte energia e liberdade, ele vestiu o velho paletó que só usara em ocasiões especiais, calçou seu mais belo par de botas, usou aquele perfume que estava jogado numa gaveta de cuecas rasgadas e deu aquela olhada no espelho e pensou por um instante que não era tão feio o quanto sempre o fizeram acreditar. Saindo de casa ele seguindo aquela voz linda como se fosse migalhas de pão, ele não se sentia mais um covarde e sim um homem prestes a abrir a porta do paraíso. Tocou a campainha e ela surgiu tão perfeita e pura que os olhos estranhos e feios dele paravam e admiravam aquela beldade. Naquele mesmo instante certo que nem sempre quando as nuvens se juntam e o céu fica cinza é sinal de chuva, ela com o tom áspero que não parecia ser aquela linda voz disse amargamente :
___ O que tu queres? Diga rápido pois o tempo é precioso e quando o perdemos , é como se perdessemos uma parte de nossa alma. Ele então prestou total atenção naquela frase, como pode aquela garota tão linda e pura falar do tempo, da alma , e logo pensou que talvez ela estivesse certa, perdeu tanto tempo escondendo se do espelho que talvez ja nem estivesse mais alma. Ele virou se pra a garota dos seus sonhos e não disse uma só palavra, lhe deu as costas e voltou para seu mundo, e o estranho que a imagem da garota não vinha mais a sua cabeça e foi logo que ele abriu os olhos e não eram sete e quinze , sim sete e dez. Seria aquilo um sonho? Seria um aviso? Mas dessa vez era tudo tão real, ao lado dele estava os mais de cem comprimidos que ele tomara naquela noite, foi quando ainda faltavam cinco minutos para o fim, daria para vomitar,correr ao hospital, mas não adiantara, pois o que não se pode ser é obra lamentável do que não se pode criar.

Fernando Luís de Jesus
2 compartilhamentos

Caminho alternativo


Quando acabar de organizar os lençóis
Vamos nos entupir de vinho
Pra sentirmos fé .

Caminhamos e pedimos socorro
Quase todo mundo é uma guerra
Um leve toco em um susurrar.

Quando acabar de se debater no chão
Tente lavar as mãos
Onde o poder corrompe a covardia.

Caminhamos e queremos uma luz
Entupir de vinho
Sentir fé.

Fernando Luís de Jesus

Hoje

Hoje não é dia de se cobrar tanto assim
Hoje nem ao menos é dia de lembrar do fim.
Ja é hora de largar esse jornal sangrento
Hoje é o dia de mostrar que você se ama.

Na tv o choro insistente da novela
Tão fácil desligar desta porcaria.
Se entretenha de cultura ou prazer
Cante sua mais linda canção.

Caminhe nas ruas e esqueça o sujo
Na mente sinta a mais limpa melodia.
Bem no alto estará os pássaros
Tão juntos como um caminho.

Se chover não será um dia triste
Sempre há alguém para se entender.
Lembre que jamais haverá um dia como hoje,
Hoje é o dia de mostrar que você se ama.

Fernando Luís de Jesus

O Álcool nuss libertará ( musica)

Mamãe não quero hoje jantar
papai ja disse não vou trabalhar
quero andar hoje com os pés para traz
você não sabe o bem que isso me faz.

não ligo se faz frio ou calor
que me fechem os ouvidos
nem sinto mais dor.

ganhei um trono que é só meu
virei pra baixo e percebi o que aconteceu
ja não preciso mais ouvir ninguém


correndo ou devagar vou estar lá
melhor ficar sem saber o que virá
só sei que viver pra mim sempre será
o álcool nuss libertará...

Fernando Luís de Jesus

Espírito

Perto de alguem que existe
Onde há algo que existe
Em um lugar onde se exista
Quem um dia existiu,

Quando não se pode tocar a dor
O último termo do encontrar
A mais bela face da arte
Sentimentos de um homem só.

Esse é meu presente
Nosso mais belo presente
Ganhamos algo divino
Podemos vomitar e depois sorrir.

Tão perto de saber o que é viver
Algo prestes a desabar sem nunca ser
Em um lugar onde se exista
Quem nunca existiu.

Fernando Luís de Jesus

Mariana


Quando quero tanto você
Espero algo que me afogue,
Quando espero algo de você
Espero estar caindo sobre o céu.

Quando te digo sobre mim
É como se não tivesse fim.
E o ar contamina todo meu pulmão
Solidão realmente se foi,

Quando chego bem perto da montanha
Reconheço muito bem o sol,
Seus olhos sempre dizem palavras estranhas
O maior segredo da vida é nunca haver segredos,

Quando sinto sua vaidade
Percebo toda possibilidade em amar.
Esta na hora da grande criação humana
Hora de criar o novo mundo.

Fernando Luís de Jesus
1 compartilhamento

Descoberta

Você quer saber se sou feliz
Você sabe o que é ser feliz
Você acha que é breve nas palavras
Consegue ver algum ponto positivo em crescer,

Você pensa que podemos seguir adiante
Você representa alguma insatisfação
Já reparou que tem tanta gente girando
Já se viu no espelho e sorriu para os defeitos,

Você quer saber se sou feliz
Tenho uma mãe que me trata como príncipe
Um pai que realmente se importa comigo
Tenho sonhos que represento em sonhar,

Você precisa de provas para construir
Já tentou ser deixado de lado
Já olhou aquele excluído dentro dos olhos
Já tentou ser despercebido,

Você ainda precisa saber se sou feliz
Você já pensou na distancia antes de chegar
Você já teve vontade de fazer o que não devia
Já quis tentar ser seu próprio deus,

Você precisa ser sempre o futuro
Você já quis ter uma grande doença
Já se amarrou ou se fez sangrar
Você já pediu para nascer outra vez,

Ainda precisa saber se sou feliz
Olha agora em volta as montanhas
Existem tantas pedras que nem existem
Assim como as grandes verdades.

Fernando Luís de Jesus
1 compartilhamento

Nova Era
Sinta, sinta, sinta
Como suas juntas se mexem,
Repare no poder da suas pernas
Elas podem te levar a algum caminho.

A docê melodia da vida
Não foi feita para os surdos,
Milhões de pessoas ocupadas demais
E um único sol para iluminar.

Será que existe mesmo um inimigo
Ou será que somos nós mesmos?
A única força capaz de lhe derrotar
É a força capaz de te deixar parado.

Esta noite não será uma simples noite
Vamos juntos nos libertar,
A lua já deu seu sinal de positivo
Viver para ser inesquecível.

Pobre daqueles que julgam o amor
É hora de se entregar sem medo,
De mãos dadas o mundo gira
De mãos dadas jamais haverá fim...

Fernando Luís de Jesus
2 compartilhamentos

Minha dor

O dor que jamais quiz
O dor que de escravo me fiz
Dor que dos lamentos causaram
Da onde o destino pressentiu.

Me rouba a saudade
Me faz aprendiz
Essa dor me conjuga
O tão docê que é viver.

Entre tantas perversas distâncias
Na maldade é que se enxerga o amor
Quando nada não basta o perder
Nem gotas de sangue recupera o ganhar.

O dor que caminha sem pedras
Dor que decide por mim
Tantos são o dias sem gloria
Triste são os dias sem fim.

. Fernando Luís de Jesus