Coleção pessoal de pully

1 - 20 do total de 150 pensamentos na coleção de pully

Saber Viver

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos.

Os fatos devem provar a bondade das palavras.

O futuro começa neste instante!!!!!!
Precisamos definir oque deve ser feito neste momento;
E como estabelecer uma firme base
No exato local em que estamos.
è importante vencer aqui e agora!!!

E DEUS LÁ CAMINHANDO ENTRE AS NUVENS...

o medo da desgraça é pior que a desgraça
- Leib Lazarov

Eis mais um dia de tristezas... Então, o olhar morto, dedos sujos de manteiga, fotos antigas espalhadas e, o vazio do nada.
O que houve agora? Onde dói? Na cabeça ou no coração? Fica sem resposta, mas sempre aparece no céu um rosto desconhecido e severo, usa uma coroa de ouro cheia de magníficos desenhos, talvez os melhores momentos da minha vida, poucos momentos mas bem relatados. Atrás deste rosto, ou rei, fica um enorme relógio transparente com asas; e avisando que é insensível aos meus gemidos, não vai parar o tempo. Será que vai dar tempo de recuperar todo o tempo perdido em tristezas?
O amor! Oh! O amor, o amor! Está força mágica que mistura vidas de forma tão delicada! Será o amor? Onde está ou foi o amor? O que é o amor então? Mas, agora vejo que o amor me trouxe a ilusão! Outra figura para complicar minha cabeça! Pego meu carro e acelero, e, acelero, então, mais rápido que as batidas do meu coração! Corro da ilusão, e do seu irmão gêmeo - o amor!
Sigo desesperado, tiro minhas roupas e corro nu entre as pessoas. O carro capotou lá atrás... Estamos pegando fogo. Estou morrendo por não saber mais como se morre. E aquele rosto desconhecido? Onde está o meu herói de infância mais morto e fracassado do que eu?
Escutem... Atenção! Uma voz de fada cantando na noite, a coisa mais linda que já ouvi! Ai que insiste em cantar de amor, e ai que a morte já me cairia bem. Mas a fada sorri, toca um delicado intrumento de cordas, e as vezes levanta os cabelos entre seus dedos por prazer, e o luar ilumina, ilumina...
Qual a diferença que existe entre o nada que vim, e o nada que eu vou? Era para ser aquela pessoa certa por quem me apaixonei, mas que se tornou incerta pelo capricho de me ver sofrer o sofrimento certo que irá sentir quando se lembrar de mim. E ninguem vai me tirar esta certeza porque é uma intuição de caranguejo.
Viva então a loucura mais louca que um louco inventou! Só assim para te arrancar do meu coração, vai levar junto com as raízes alguns pedaços de mim, mas não vou te jogar no lixo, não posso, não consigo, te amo! Nem a loucura mais louca que um louco inventou pode te expulsar da minha mente, talvez nem mesmo do meu coração sem causar completa ruína e destruição. Me falta criatividade para descrever o que sinto, preciso dizer que eu morreria por você que me trata com frieza e distanciamento?
Tragam imediatamente os meus cigarros! Tragam aqui agora todos os meus cigarros, tenho que fumar todos eles, um por um, se eu quiser fumo varios de uma só vez! Tenho que pensar, pensar! Sabe o que é pensar? Não, não é isso que chamam de pensamento. Meu pensamento vem como uma locomotiva desgovernada, atropelando os animais desajeitados, causando terror enquanto freia e é isso como um cavalo negro do demônio a relinxar.
Preciso cortar as unhas, pentear o cabelo, fumar, arrumar a cama para então desarrumar de novo. Preciso engordar todo esforço que emagreci e ter diante do espelho comigo, o velho de sempre que pensava ser um garotinho capaz de tudo outra vez! Sabe, digo ao espelho, ou ele me diz? Até que desta vez você se superou! Foi conseguir se apaixonar por uma pessoa que talvez ache que você é apenas... apenas... Foi quando secaram as minhas palavras e o espelho sumiu. Uma mágica! Lá está meu amor outra vez flutuando no ar, fazendo aquela cara de deboche, se achando o máximo, essa música tocando aqui no quarto, que isso? Zapp, Be all Right... Se meu amor tira a roupa nos meus pensamentos, ele tira na vida real, e não é para mim.
Madrugada, internet, msn, insanidade total, devo ir comprar cigarros? E das conversas com minha nova amiga saberei qual é o elemento mais forte? Terra ou Ar? Agua ou fogo? Não sei, a água não é um lago que apaga um foguinho ou um vulcão. Não é um oceano de grandezas, mas é sentimento não necessariamente correspondido, é carente e frágil. Agua é uma gota de lágrima abandonada no ar que segue flutuando no vento até se espatifar contra uma rosa branca no jardim de algum desses sonhadores apaixonados.

Tags: amor

Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.

Procure os seus caminhos,
mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado,
comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Façamos da interrupção um caminho novo.
Da queda um passo de dança,
do medo uma escada,
do sonho uma ponte, da procura um encontro!

Poeminha Amoroso

Este é um poema de amor
tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos
de luta e de brisa e de céu...
E eu,
quero te servir a poesia
numa concha azul do mar
ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer,
não importa.
Já está declarado e estampado
nas linhas e entrelinhas
deste pequeno poema,
o verso;
o tão famoso e inesperado verso que
te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo...

O Contrário do Amor

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.

O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.

Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.

Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bungee-jumping, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.

Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.

Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios.

Para quê levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos.

Aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil.

Mulher é mesmo interessante...
Mesmo brava, é linda
Mesmo alegre, chora
Mesmo tímida, comemora
Mesmo apaixonada, ignora
Mesmo frágil, é poderosa!

Dois a dois
Pode ser união ou guerra

Dois a dois
Pode ser disputa ou cooperação.

Dois a dois
Pode ser força ou fraqueza.

Dois a dois
Pode ser ódio ou perdão

Não importa como nos encontramos
O importante é a oportunidade de estar
Dois a dois.

12 MANDAMENTOS DAS MULHERES:

1-Mulher não mente,
e sim omite os fatos.

2-Mulher não fofoca,
mas sim troca informações.

3-Mulher não trai,
se vinga.

4-Mulher não fica bêbada,
entra em estado de alegria.

5-Mulher nunca xinga,
apenas é sincera.

6-Mulher não grita,
testa as cordas vocais.

7-Mulher nunca chora,
lava as pupilas dos olhos com freqüência.

8-Mulher nunca olha para um homem sarado com segundas intenções,
apenas verifica suas formas anatômicas.

9-Mulher sempre entende o que o homem diz,
só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.

10-Mulher não sente preguiça,
descansa a beleza.

11-Mulher nunca sofre por amor,
e sim entra em contradições com os sentimentos.

12-Mulher nunca engana os homens,
pratica o que aprendeu com eles!

Há Momentos

Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar,
porque um belo dia se morre.

Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível.

Choramos ao nascer porque chegamos a este imenso cenário de dementes.

A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial.