Coleção pessoal de psicanalise

21 - 40 do total de 411 pensamentos na coleção de psicanalise

Nenhum romancista pode imaginar algo mais terrível que a verdade.

Umberto Eco (1932-2016)
1 compartilhamento
Tags: romancista pode

Quem não lê, aos 70 anos terá vivido só uma vida. Quem lê terá vivido 5 mil anos. A leitura é uma imortalidade de trás para frente.

Umberto Eco (1932-2016)
103 compartilhamentos

O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade.

Umberto Eco (1932-2016)
2 compartilhamentos

Que possamos fazer da psicologia uma profissão mais solidária e menos solitária.

Marcus Matraga Marcus Vinícius de Oliveira (1959-2016)
1 compartilhamento

Por sermos indivíduos, sujeitos da razão subjetiva, acabamos sempre envergonhados e culpados de nossas escolhas e de nossos atos. Se invocamos nossos interesses, somos culpados da miséria de nossas motivações. Se invocamos princípios éticos universais (nossa tradição), somos culpados de mentir.

Contardo Calligaris Escritor, psicanalista e dramaturgo italiano radicado no Brasil.
8 compartilhamentos

Angústia é descobrir que somos pedaços de carne largados num planeta perdido e menor, e que tudo isso não faz sentido algum.

Contardo Calligaris Escritor, psicanalista e dramaturgo italiano radicado no Brasil.
28 compartilhamentos

Prefiro dizer o que penso, com a paixão que o assunto me inspira; paixão nem sempre é cegueira, nem impede o rigor da lógica.

Manoel Bonfim (1868-1932) Intérpretes do Brasil. Rio de Janeiro, Nova Aguilar, 2000, p. 631.
1 compartilhamento

Amar e mudar as coisas, amar e mudar as coisas é o que me interessa mais!

Marcus Matraga - Marcus Vinícius de Oliveira e Silva (1959-2016)
1 compartilhamento

O sintoma nos inclina a conceber o inconsciente como uma cadeia, como articulação significante ou como enxame de significantes, o ato nos conduz a interrogar a falha nessa cadeia. Em outros termos, só há ato onde a cadeia significante falha.

Graciela Brodsky Shoer story: os princípios do ato analítico, 2004, p.36
1 compartilhamento

São duas as condições para se poder dizer que a fala cura: não levar em conta quem falou, nem levar em conta seu significado, ou, para ser mais preciso, a significação, aquilo a que a palavra se refere; deve-se levar em conta, exclusivamente, a dimensão sonora, significante, da fala, tal como ela o é para o poeta.

Jairo Gerbase - Atos de fala, 2015, p.96
1 compartilhamento

O que quer que seja só chega à categoria de fato quando é dito. Observem que eu não disse quando é falado. Há alguma coisa distinta entre falar e dizer. Uma fala que funda o fato é um dito, mas a fala funciona mesmo quando não funda fato algum. Quando ordena, roga, insulta, quando emite um voto, ela não funda nenhum fato.

Jacques Lacan (1901-1981) Seminário 19: ou pior..., 1971-1972 2012, p.67
1 compartilhamento

O ato psicanalítico é, evidentemente, o que dá esse suporte, autoriza a realização da tarefa psicanalisante. É na medida em que o psicanalista dá a esse ato sua autorização, que o ato psicanalítico se realiza.

Jacques Lacan (1901-1981) Seminário 15 : o ato psicanalítico (1967-1968) Aula de 20.03.1968
1 compartilhamento

O final da análise consiste na queda do sujeito suposto saber, e sua redução ao advento desse objeto 'a', como causa da divisão do sujeito, que vem ao seu lugar. Aquele que, fantasmaticamente, joga a partida com o psicanalisando como sujeito suposto saber, a saber, o analista, é aquele (o analista) que vem, ao termo da análise, a suportar não ser nada mais que este resto. Esse resto da coisa sabida que se chama objeto 'a'.

Jacques Lacan (1901-1981) Seminário 15 : o ato psicanalítico (1967-1968) Aula de 10.01.1968
1 compartilhamento

Eu não estou neste mundo para viver correspondendo às expectativas de ninguém, nem acho que o mundo deva corresponder às minhas.

Fritz Perls (1893-1970) Gestalt-terapia
11 compartilhamentos

Você se decepcionou sozinho, ignorando o direito das pessoas serem o que são. Então você é responsável pelo que está sentindo.

Fritz Perls (1893-1970) Gestalt-terapia
21 compartilhamentos

A terapia faz com que o indivíduo deixe de repetir de forma morta e chegue a um novo conflito criativo que convida ao crescimento, à mudança, ao excitamento, à aventura de viver.

Fritz Perls (1893-1970) Gestalt-terapia
44 compartilhamentos
Tags: terapia repetir

A ex-sistência se define por relação à uma certa consistência, se a ex-sistência não é no final das contas senão esse fora que não é um não-dentro, se essa ex-sistência é de certa maneira esse em volta do que se evapora uma substância.

Jacques Lacan (1901-1981) Seminário 22: RSI 1974-1975 2007, aula 14.01.1975, p. 19 Inédito
2 compartilhamentos

O fato de dirigir-se ao Outro para encontrar um sentido para o sintoma tem como efeito a falta-a-ser. Nem tenho o sentido, nem tenho o ser. Normalmente, consideramos isso como o principal indicador que alguém está em análise.

Graciela Brodsky In Short Story - Os princípios do Ato Analítico, p.47-48
1 compartilhamento
Tags: principal indicador

Um analisando é um sujeito que escolheu o sentido. Entrando na transferência e dirigindo-se a um psicanalista, um analisando luta por si próprio. Luta pela causa de seus sintomas.

Colette Soler In O sujeito e o Outro II. Para Ler o Seminário 11, p. 62
1 compartilhamento

O que Lacan chama de um sujeito petrificado pelo significante é um sujeito que não faz quaisquer perguntas. A definição mais simples de um sujeito petrificado é a daquele que não se questiona sobre si mesmo. Ele vive e age, mas não pensa sobre si.

Colette Soler In O sujeito e o Outro II. Para Ler o Seminário 11, p. 62
9 compartilhamentos