Coleção pessoal de PatriciadeOliveira

Encontrados 17 pensamentos na coleção de PatriciadeOliveira

Concluo que não nasci para superar o amor, ele me consome de forma literal. Um dia,soa como nove meses, faz nascer novos sentimentos, novas esperanças e desesperanças. Concluo que a saudade anda ao lado do querer, e quanto mais me ausento, mais você se faz presente em mim!

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Quem dera a poesia e o poeta fossem reconhecidos pelo olhar, por um olhar. Quem dera suas palavras fossem reconhecidas , não como apelos, desabafos, mas como preces.Quem dera cada frase fizesse reviver dentro do leitor, os sonhos adormecidos pelos anseios, e quem dera, cada anseio, fugisse, com pressa, para que a fé, a esperança voltasse a reinar.Quem dera os poetas não se calassem, quando o que m...ais precisavam, era falar, gritar, escrever, ser lido, refletido. O poeta não escreve para um destinatário, o poeta escreve para quem merece suas palavras, para quem as torna digna de leituras com sorrisos , ou com lágrimas.Quem dera,as palavras, se tornassem, PAZ. Quem dera o poeta conseguisse , só por meio de letrinhas, afastar toda solidão, todas inverdades, todas desonestidades.Quem dera , só por meio da poesia, do poema, dos pensamentos,das palavras, conseguíssemos trazer mais sorrisos, mais simplicidades, mais respostas.Quem dera Eu fosse um poeta!

Patrícia De Oliveira Lima
1 compartilhamento

Não sou feita das palavras que escrevo, mas dos sentimentos que delas extraio.

Patrícia de Oliveira Lima

Pensando em tudo....tentando saber o que realmente levaram , o que mais me dói, de verdade, além das fotos que estavam lá arquivadas, meu livro. Como meus amigos sabem, quase não gosto de escrever, e a tecnologia me fez passar há uns 5 anos, meu livro para um computador. Não consigo explicar o que sinto por aquelas palavras perdidas, não publicadas por pudor, por medo, por vergonha , por achá-las às vezes ,evazivas demais. Deveria ter aqui todas elas, sim, deveria ter um back-up também, mas não, eu não tinha. Não sei porque, mas não tinha. Talvez seja o momento certo para novas palavras.... Talvez elas não mais me serviriam para nada?

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Sou do tipo que acredita e defende o amor. Sim, até que me provem o contrário, ele é inocente. E como todo bom inocente, ele erra, ela aprende com os erros, ele supera, ele cresce. E quem aqui nunca erou no amor, que atire a primeira pedra. E este que atirar, deixo já aqui minha solidariedade , porque me doí saber que você ainda não sentiu esta dor, e já me disponho, como uma boa amiga, para futur...o ombro necessário, porque quem é de verdade, sabe do que falo, e quem é de verdade ainda vai sentir. Existem vários tipos e graus de amor. Ouvi dizer que amor de mãe, é o único amor real. Mas enquanto não sou mãe, vou vivendo este amor, que hoje é a minha realidade, vou aprendendo a ser cada dia melhor , vou errando, superando, aprendendo. E que todos possamos errar muito, porque o erro é quem traz a perfeição, e quando eu erro, eu preciso da compreenção, de quem sabe me compreender, e é neste momento, que medimos o grau do amor, quando menos merecermos, e quando mais precisarmos

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

"Para fazer um poema com beleza, é preciso de um pouco de tristeza, se não, não haverá o toque um coração."

Patricia De Oliveira Lima
1 compartilhamento

O único amor que não dói é o amor que não acontece.

Patricia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Com o tempo você vai percebendo, que não desaprendeu, mas aprendeu. descobre que aprendeu a perdoar, mas aprendeu também quando não se deve perdoar. Aprendeu que as lágrimas muitas vezes vão fazer parte , e vão sim resolver parte dos seu problemas. Vai descobrir que a frase chorar não adianta, é mentira, adianta, alivia, e lhe faz ver por ângulos que antes não via. Com o tempo, você vai descobrir, que o tempo não é seu inimigo, mas um aliado.

Paty Lima
1 compartilhamento
Tags: tempo lágrimas

A duvida que promove, é a mesma que mata o sentimento.
Às vezes é preciso abrir mão do que se quer, para que possamos alcançar a felicidade.
E embora o coração deseje demais que seja diferente, algumas coisas simplesmente são como elas são, e ninguém, e nenhum sentimento vai fazer isto mudar.
Saber sentir, está a palavra ordem do momento.
E por mais que eu tente segurar, as lágrimas não deixam de rolar, pensando em tudo que sonhei ao teu lado, musicas que sonhei escutar em nossa cerimônia, os filhos que desejei ter, os passeios que planejamos um ao lado do outro.
Coisas que você nunca vai sentir, nunca vai saber como é....
Hoje tenho vontade de seguir sem você, de deixar a dor enquanto ela tiver que permanecer , e depois ela ir embora, devagar, cicatrizando e me preparando pra o novo, até o dia que eu olhe para o passado e veja que você me ajudou sim, que você me fez crescer, de uma maneira dolorosa, mas me ensinou a dar valor somente em quem merece ser valorizado.
Ah seu jeito de amar, às vezes tenho saudade, do toque , do beijo.....mas às vezes não tenho mais....

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Empresta-me algumas palavras, podem ser sem sentido, soltas, sem frases montadas , não as quero para tocar, quero cada uma delas, para esquecer. Empresta- me algumas frases de verão, coisas de areia de praia, , sem memória,sem futuro. Empresta-me algumas idas e vindas. Empresta-me retorno ao quarto ,onde os pensamentos e sentimentos repousam para o regresso . Empresta- me a saudade que não veio me visitar, e eu lhe em presto meus versos , meus meios risos, meus muitos ruídos.

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento
Tags: frases montadas

A respeito da Cura: ninguém se cura de uma doença sem passar por ela. A gripe, por exemplo, permanece no seu corpo por 7 dias, até que você se livra dela. Muitas vezes, para nos livrarmos de um sentimento,é necessário tê-lo por perto,é necessário ter a certeza de que ele existiu em sua vida, mas ali não poderá permanecer. Fechar portas, fazer novas escolhas é necessário, por mais que seja doloroso, injeções também doem, mas servem para curar."

Paty Lima
1 compartilhamento

A poesia é digna da pessoa que a recebe.... ela não me pertence, e se lhe toca, é porque você é digno dela. Assim como o amor que consigo transmitir, cada um tem a parte que lhe cabe....se te amo, é porque você é digno deste amor, se lhe dou minha indiferença, você também a mereceu....agora, se és digno de minhas horas de sono, se meu repouso me faz lembrar você..... sinta- se lisonjeado , ou perdido. .. rsrs... tudo que é transferido pelas minhas letras, para meus papéis, é sentido em minha alma!!!! Desconheço palavras que tocaram um coração alheio,sem antes ter feito meus olhos se encherem de lágrimas!

Paty Lima
1 compartilhamento

Foi difícil dormir ao seu lado pela última vez, poemas perambulavam pela minha cabeça, como borboletas que acabaram de sair de um casulo, e desesperadas sobrevoam, o que elas chamariam, de o mais lindo jardim. Palavras de amor, gratidão, paz e sofrimento, misturadas, como um café sem açucar, bom mas amargo para engolir. E foi pensando em tudo, que cheguei à conclusão nenhuma, não entendendo direito se esta liberdade que queremos nos afasta, nos liberta ou nos une. Frases como sonhos não conclusos se desfazem, como nuvens que não fazem chuva, me fez chorar ao teu lado, e sem você perceber, fui embora....indo assim, devagar, dia a dia, deixando um pedaço de mim, e levando um tanto de você. O problema não é quanto deixo, o problema é quanto levo que me sobrecarrega, me pesa, e me faz cansar.
Levo um tanto que nem queria....

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento
Tags: liberdade união

O tempo é inimigo das horas....quando você deseja que ela passe, ela te afronta, te desassossega, roga praga nas travessias.

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Uma desilusão, nasce de uma ilusão...

Ouvi por ai
1 compartilhamento

O que machuca é o poeta....ele vêm todo em silêncio, tímido, mora dentro da gente, sem pagar nada por isto....quando quer aparece, escreve tudo que não deve, faz os olhos se encharcarem para que o coração se esvazie, e de mansinho, tímido, se recolhe...como se a casa fosse dele.Ah poeta, se tuas palavras dissessem menos que o necessário, mas não, vem rasgando todas as cartas, todas as fotos da estante, desesperado por palavras que representem o que ele veio dizer. Poeta não sabe falar pouco, e não sabe dizer o que escreve. Escreve para ser lido, para que as palavras tenham poder de corpos suados, mãos quentes, lábios perdidos, cabelos bagunçados...rosas murchas o encantam, porque nelas ele vê a possibilidade da restauração. O poeta, ele finge, mas ele é sincero."

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento

Não gosto de números para me definir, números não conseguem me medir.

Patrícia de Oliveira Lima
1 compartilhamento
Tags: gostar números