Coleção pessoal de P45

1 - 20 do total de 42 pensamentos na coleção de P45

Naceu nas terras do Norte,
das chuvas no chão rachado.
O homem de rosto molhado,
em busca da própria sorte.

Viveu para ser lutador
nos campos verdes do sertão.
Sempre pregando a paz
que trazia no coração.

Seu rosto sempre cansado
pela luta do cotiano.
Na busca do pão para os seus
nas colheitas de todo ano.

Na sua casinha no pé da serra
ouvia o cantar da passarada,
ouvia os sapos do brejo
no inicio das invernadas.

Aquele lugar foi seu reino
onde sempre plantou amor,
onde plantou a esperança
sem nunca falar de dor.

Os anos se passarão
em tamanha lentidão,
mas chegou o dia afinal
de deixar o velho sertão.

partiu para uma outra vida
para um reino desconhecido,
deixou em nós a saudade
o nosso amigo preferido.

O seu casebre abandonado
é hoje sua única lembrança,
suas palavras ainda soam
como nossa esperança.

Seu ideal se espalhou
como sementes no ar,
vivemos semeando o amor
melhor semente não há.

Para Raimundo Avelino Alves (Meu avô, in memorian).

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Alguns barcos abandonados no cais do porto,
marcas do estampadas nas velhas embarcações,
lembraças de tempos passados no silêncio morto,
o vento sibilante corta o vazio como uma canção.

Expostos aos ventos do sul e ao calor do norte,
as tempestades de verão e até a morte.
Recordações de viagens maravilhosas,
noites de angustia em tempestades tenebrosas.

Hoje procuro teus comandantes e capitães!
onde estão os marinheiros do teu convés?
perderam se nas neblinas das manhãs,
ou fugiram com hienas infiéis,
perderam-se nos caminhos e nas miragens,
ou descançam humilde debaixo dos nossos pés?

O homem tem a mesma trajetória das velhas embarcações,
escreve o presente na história e é abandonado pelo tempo.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Como é possível acreditar em sonhos quando não nos dão a possibilidade de viver com dignidade no presente.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Saudade é um sentimento que dilacera os corações, renova as paixões e nos faz voar, faz do homem um menino, do sorisso uma lágrima, do caminho a distância, da alegria uma tristeza e a incerteza de um novo encontro.
Saudade que nos faz se perder nos camihos, mergulhar nos espinhos, perder o rumo e imigrar rumo ao desconhecido, saudade é dor que ninguém vê e sentimento que nos faz sofrer.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
6 compartilhamentos

Muda-se o pensamento quando muda a realidade ou muda-se a realidade quando muda-se o pensamento?

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Nascer é um privilégio de quase todos; viver é uma aventura para poucos; morrer é a unica certeza.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
3 compartilhamentos

Deus pintou o planeta de verde, mas o homem na sua insensatez, está mudando a grande obra para a cor vermelha.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
3 compartilhamentos

Tantos, e quantos sonhos morrem, quando são apenas sonhos!

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Na ânsia louca de conquistar o mundo, o homem abate o seu próprio destino.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Recomeçar, ás vezes é um sinal de virtude e de humildade.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
2 compartilhamentos

O homem quando persegue o poder, perde a visão de humanismo.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
2 compartilhamentos

O primeiro passo é o ponto de partida para uma longa caminhada.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
2 compartilhamentos

A vida de cada um é um filme, há telespectadores para todas as projeções.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

O homem não tem noção de seus limites, mas a vida tem a noção exata dos limites do homem.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
2 compartilhamentos

Aqueles que destroem as árvores e com elas, a natureza, não têm consciência do que é o tempo na vida de cada um.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira

O menino sonha, o adulto realiza, o idoso vive do que já realizou.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

A dor às vezes nos ensina que viver sem ela é o sonho de todos.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

O Brasil poderia ser o país dos sonhos se nós nos permitissimos acordar pra realidade.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
2 compartilhamentos

Nem sempre aquele que vê o nascer do sol, vai ter o prazer de contemplar o seu crepúsculo.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento

Os olhos são o espelho da alma e a porta de entrada para todos os pecados do homem.

Paulo Roberto Avelino de Oliveira
1 compartilhamento