Coleção pessoal de OswaldoWendell

1 - 20 do total de 497 pensamentos na coleção de OswaldoWendell

Efeito Paulo de Tarso - Os meios de comunicação no Brasil antes da eleição de Lula, eram anticomunistas. Às vésperas da eleição a principal emissora de TV veiculou o filme Dr.Jivago para mostrar como foi a implantação do comunismo na Rússia e que estávamos fadados a viver o mesmo drama ao eleger Lula como presidente. Uma atriz em evidência na época deu entrevista onde dizia "Eu tenho medo!". Lula foi eleito e o comunismo vivido pela Rússia não chegou ao Brasil, mas durante seu governo e de sua sucessora o que se viu foi um festival de corrupção como jamais o país assistira antes. E os meios de comunicação embarcaram na corrupção também. Paulo de Tarso, judeu conservador, também perseguia o Cristianismo e seus seguidores até que o próprio Cristo lhe apareceu e ele se converteu ao Cristianismo vindo a ser talvez seu maior líder. Hoje, os meios de comunicação no Brasil, vivem o efeito Paulo de Tarso, estão tão acostumados à corrupção que desejam fazer presidente justamente aquele presidente que eles rejeitaram com tanta resistência no passado. Paulo deixou o Judaísmo para se juntar a Jesus, os meios de comunicação mudaram de opinião para continuarem na corrupção que os governos da esquerda lhes proporcionaram e é muito confortável, pouco importando que a moral e os bons costumes do povo estejam sendo jogados fora, pelo comunismo que tanto temiam e se instala sorrateiramente no país.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: conversão comunismo

O STF atual é um fardo maligno herdado pelos brasileiros dos presidentes corruptos do passado e do presente que governaram o Brasil nos últimos tempos. Abaixo, STF corrupto e incompetente! Liberdade, Liberdade, abre as asas sobre nós! como diz o hino da república.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento

Vivemos um paradoxo e continuamos nele: elegemos um Presidente para a República que, via de regra, não decide os destinos da nação; enquanto Onze ministros, não escolhidos pelos cidadãos e com mandato vitalício, decidem tudo sobre a vida dos cidadãos. E chamamos a isso de democracia.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: paradoxo presidente

Quem desarmou as Forças Armadas?

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: desarmar força

As Forças Armadas estão desarmadas. Precisamos armar essas forças desarmadas, se quisermos ter de novo as nossas antigas, patrióticas e amadas Forças Armadas a nosso favor.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: desarmadas antiga

Por acaso alguém tem ética no PT?

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento

Mentir ou trapacear é típico de quem não tem ética.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: mentira trapaça

Todo mentiroso é ladrão e todo ladrão é mentiroso. Sem mentira, expressa ou encenada, não se pode ludibriar a vítima para roubá-la.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: mentiroso ladrão

O comunismo é uma doença incurável. Tal e qual uma doença crônica, o comunismo por enquanto, apenas pode ser controlado, mas não eliminado.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: comunismo doença

Quando o esporte não é praticado como esporte, com obrigação de vencer, como é o caso da Seleção brasileira, uma flagrante derrota frente ao adversário, provoca o fato psicológico da disfunção esportiva que, como fantasma, perturba o desempenho durante a competição, com receio de fracassar novamente.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: esporte flagrante

Há mais de dois mil anos, o apóstolo Paulo já alertava os leitores contra o uso do politicamente correto ao lerem as Escrituras, dizendo "a letra mata, o espírito vivifica". É preciso ter espírito crítico para ver o que está por trás das palavras. Isso vale para qualquer palavra falada também: é preciso questionarmos sobre o que o outro quis dizer com tal palavra, pois as palavras têm sentidos diferentes para diferentes pessoas.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: sentido diferente

Enquanto o Técnico da Seleção escolhe cada jogador com habilidade e conhecimento, os Presidentes da República que temos tido, fazem as suas seleções de Ministros não baseado no critério do conhecimento e habilidade, mas por indicação de partidos aliados, acontecendo de não terem afinidade alguma com o cargo para o qual foram nomeados. O que podemos esperar de uma seleção dessa?

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: jogador técnico

Na próxima eleição estaremos escolhendo um Técnico que vai escalar uma seleção para governar o Brasil. Esse técnico tem que demonstrar muito mais habilidade que o técnico da Seleção brasileira, e os nomes que se nos apresentam estão longe de terem esta habilidade. Muitos deles sequer têm conhecimento das regras do jogo.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: técnico seleção

Os brasileiros cobram desempenho dos jogadores da Seleção quando não o deviam fazer, pois em esporte a vitória é desejável, mas não é o principal. Enquanto isso, dão pouca importância para o desempenho daqueles que os governam, permitindo que os roube e sequer trabalhem em favor do povo.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: desempenho jogador

Se os brasileiros ficassem de marcação em seus políticos como o fazem com os jogadores da Seleção, e cobrassem deles desempenho como o fazem com os jogadores, o governo seria melhor e os brasileiros mais felizes.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: marcação político

Se os brasileiros escolhessem seus políticos com o cuidado como escolhem os jogadores da Seleção, o Brasil seria melhor governado.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: brasileiro escolha

Diferentemente dos políticos, o funcionário público é empregado do povo e deve procurar satisfazê-lo da melhor maneira possível, não esquecendo jamais que ele é o seu patrão. Infelizmente os funcionários públicos não têm consciência disso e tratam o cliente como se lhe fizesse favor. E o cliente, por sua, também inconsciente de que é o patrão fica agradecido quando alguém lhe presta um pequeno serviço que lhe é de direito.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: funcionário patrão

Todo político deveria estar a serviço dos demais cidadãos do quais recebeu não um emprego, mas uma representação. Pena que a maioria deles vêem a sua representação como emprego e esquecem do povo e agem em seu próprio interesse.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: político serviço

O político ao ser eleito não deve esquecer que ele também é povo. Na sociedade o povo não é patrão do político nem o político, seu empregado. O político é um cidadão que se dispôs a servir outros cidadãos e por eles foi eleito entre outros, para representá-los. Não recebeu deles um emprego para explorar em benefício próprio, mas uma representação para agir em nome de seus representados.

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento

Tanto na política como no trabalho os incompetentes não renunciam nem pedem demissão, quando se sentem contrariados ou o ambiente lhes parece desconfortável. Só os fortes e competentes são capazes de renúncia e demissão voluntária

Oswaldo Wendell
1 compartilhamento
Tags: política trabalho