Coleção pessoal de nadyapaz

81 - 100 do total de 261 pensamentos na coleção de nadyapaz

Já que eu estou em paz, não quero guerra com ninguém.

Karinna Arruda

Tem gente que usa determinados tipos de expressões na hora errada.

Karinna Arruda

É horrível perceber que tudo aquilo em que você acredita é mentira.

Desconhecido
13 compartilhamentos

Só não sei se isso vai me fazer bem. Mas agora, tô precisando disso.

Karinna Arruda

Tô precisando ser diferente, cada vez mais descubro que ser eu não tem nada a ver comigo.

Verônica H.
26 compartilhamentos

Estava precisando fazer uma faxina em mim… Jogar alguns pensamentos indesejados fora, lavar alguns tesouros que andavam meio enferrujados. Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais. Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões. Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei; joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que não li. Olhei para meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas e as coloquei num cantinho, bem arrumadinhas, com bastante cuidado. Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão: paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras que nunca queria ter dito, mágoas, lembranças de um dia triste. Mas lá também havia coisas e boas. Aquela lua cor de prata, um pôr do sol, uma música. Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças. Aí, sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas. Joguei direto no saco de lixo os restos daquilo que pensei ser amor; peguei palavras cheias de mágoas que estavam na prateleira de cima, e também joguei fora, no mesmo instante. Outras coisas que ainda me ferem, coloquei num canto para depois ver o que farei com elas, talvez as mande para o lixão. Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta que a gente guarda tudo o que é mais importante: o Amor, a Alegria, os Sorrisos e a Fé. Arrumei com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas, deixei-as à mostra, para não perdê-las de vista. Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância, na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurado bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar e de recomeçar.

Carlos Favaro Fanta
371 compartilhamentos

Então é melhor você parar e reconstruir suas ruínas
Por paz e confiança pode-se ganhar o dia apesar de todas suas perdas

Led Zeppelin

Apesar da saudade que sinto, resisto firmemente em minha decisão de não te querer (pelo menos por enquanto)...

Jmaiara
10 compartilhamentos

Se eu não posso mudar um acontecimento, se não posso mudar a vida, então que ela me modifique.

Padre Fábio de Melo
3.5 mil compartilhamentos

Você pode até dizer que não entendeu o que eu disse. Mas jamais poderá dizer que não entendeu como eu te olhei.

Padre Fábio de Melo
3.5 mil compartilhamentos

O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.

Desconhecido

Quero perder a memória, ou só perder a vontade de voltar no tempo.

Maria Paula Fraga

O tempo vai levando pro passado todo aquele amor, ainda que aqui nada tenha tenha ido embora.

Maria Paula Fraga

Nunca mais faço castelos em cima das pessoas. Apartir de agora eu só construo pontes até elas. Que é pra quando elas forem embora, eu ter pra onde voltar.

Maria Paula Fraga
43 compartilhamentos

Você vai me dizer que a vida é assim mesmo e me provar que eu sou só mais uma apaixonada patética que não se cansa de testar o limite de sofrimento que suporta. As suas respostas eu sei decor e você não se esforça pra me surpreender. Mostrando que não se esforça mais pra nada que seja por mim. A que ponto cheguei.De novo me atirando nesse esgoto pra tentar consertar as coisas que já foram pelo ralo. Me vejo tão boba. E tão corajosa. E tão insistente. É bom ser corajosa, mas preciso aprender a ir embora. Essas tuas partidas doem tanto. E eu continuo aqui, parada e dolorida te escrevendo minhas loucuras. Vou saber lá em que braços você anda se jogando por aí e que promessas você tem feito por aí. E eu aqui guardando meus braços e promessas pro fim do mundo. Que com certeza vai chegar antes de você. Volta pra mim o caramba. Preciso parar com essa mania de te amar, e começar a me amar um pouco mais.

Maria Paula Fraga
17 compartilhamentos

Finalmente, eu consegui dar um final ao meu modo nessa nossa história que começou atrasada e terminou cedo demais. Claro que eu queria ter continuado, mas como você preferiu fugir, eu resolvi te ajudar como um sinal de compreensão. Afinal, a gente cavou essa cova juntos. E agora só vai nos sobrar a dor de não ter conseguido lidar com aquela felicidade simples e magnífica que era estar perto um do outro. Erros imperdoáveis. Palavras fatais. Confissões destrutivas. E eu te mandei pra longe quando tudo que eu queria era te levar comigo. É a história triste de outro amor que vai deixar planos pela metade. Como a saudade das coisas que a gente nunca viveu. Essas saudades são as piores. Inesquecíveis.

Maria Paula Fraga
25 compartilhamentos

Não espere amor. Por si só, não é coisa que se espere de alguém. Muito menos de mim. O máximo que prometo é dar bons motivos pra você me querer por perto.
Não espere ódio. Pra conquistar esse meu sentimento é preciso ter alguma importância na minha vida. E convenhamos, não é pra qualquer um. O máximo que eu posso conceder a pessoas inferiores é indiferença.
Não espere explicações. Seja lá quais forem meus erros, tive meus motivos para cometê-los.
Na verdade, não espere nada de mim, além de agoísta, tenho o costume de ser imprevisível.

Maria Paula Fraga
20 compartilhamentos

Portanto, já desisti de ficar tentando transformar meus defeitos em qualidades pros outros, se eu sou mesmo impulsiva, infantil e egoísta, que assim seja, porque por enquanto eu gosto muito de mim desse jeito, -apesar de alguns tombos de vez em sempre-, e se alguém não gosta... bom, daí já não é problema meu, nunca obriguei ninguém a ficar do meu lado!

Maria Paula Fraga
183 compartilhamentos

Algumas coisas voltam. Outras não. E a única lição que eu tiro do meu passado, é que tudo que está lá, teve seu motivo pra não continuar comigo. A vida é muito curta pra sentir remorso por palavras não ditas ou coisas não feitas. E muito menos arrependimento por ter tido coragem o suficiente pra seguir meus próprios impulsos. Então, por todas as saudades boas que eu sinto, agradeço a quem me deu essas lembranças. Porém, os nostálgicos que me perdoem (ou não),mas a minha memória é tão pequena quanto a vontade de olhar pra trás.

Maria Paula Fraga
25 compartilhamentos

(...)Não sei se agradeço por isso. Ou se te culpo por me tirar a vontade de lutar por alguma coisa. Também não sei se isso é relevante. Talvez seja só uma maneira de me desculpar por ter desistido de nós dois também.

Maria Paula Fraga
15 compartilhamentos