Coleção pessoal de marydenyse

81 - 100 do total de 298 pensamentos na coleção de marydenyse

Ano novo!
Mas "Novo " por que? Existem tantas maneiras da gente encarar este ciclo que se fará presente em nossas vidas e com ele tantas esperanças.
Mas, por que não ter esperança todos os dias? Por que não renovarmos nossos sonhos cada semana que começa? Por que precisamos que o ano novo chegue pra repensarmos?
Mas, somos todos assim e não deveríamos ser. O mudar de ano apenas uma troca de números, de data, de tempo. Mas, a gente corre pra o ano virar por que o que passou não foi do nosso jeito.
Então...Será que fizemos certo? Será que exercitamos o nosso melhor lado? Será que fomos a luta ou simplismente nos acomodamos esperando que o destino mudasse nossa vida, nossa sorte, nosso sucesso?
Acredito que cada ano que recomeça é o continuar do que passou.Nós precisamos pensar nisso. Mas, existe uma chama de Fé em cada um de nós que parece que é pra remendarmos os retalhos daquilo que ficou por fazer, de um projeto que empurramos pra frente ou que não deu certo neste ano e a gente espera com fervor que aconteça no que está chegando.
É verdade!!! Ano novo é uma espécie de "vida nova" ou então "vamos viver de outro jeito".
Precisamos jogar as sementes boas para o que chega e olhar pra o que passou pra ver se as sementes plantadas eram de boa qualidade.
O futuro é o novo ano, mas não deixará nunca de ser presente.
Então, nos permitamos a sonhar mais, a colorir mais aquilo que está cinza, a observar as coisas mais simples, a sermos mais parceiros, do que solitários. E esta parceria está na nossa forma de olhar quem está em nossa volta. Será que aquela pessoa precisa de um ombro, de uma mão estendida, de um sorriso apenas, de um pedaço de pão?
Esqueçamos o egoísmo de que "Se estamos bem, o resto que se dane". Porque se pensa assim, e não são poucos os que pensam.
Vamos amar muito, amar sem pedir nada, mas apenas sabendo que o fato de voce amar alguém não lhe tira do direito de exigir pelo menos respeito pelo sentimento doado. Doação! Que resgate bonito dos afetos.
Comecemos o ano com palavras positivas, com pensamentos otimistas, com vontade de viver mais 365 dias de forma diferente, mas sem esquecer que o que muda apenas é o calendário. O ano nunca mudará, mas depende de como seguiremos. Da nossa vontade, anseios, desejos.
Não perder o foco, não deixar que a luz se apague antes da gente rabiscar num papel aquilo que precisamos realmente "tirar deste papel".
Sejamos sábios em não esperar que governos salvem o mundo. Não existe isso e jamais existirá. Nós somos grandes pra mudarmos o que queremos, e fortes pra resistir ao que não possa ser mudado.
Não seja escravo da mesmice.Viva intensamente, não tenha vergonha de SER o que voce é, mesmo que te digam ao contrário.Se aceite, se permita, mergulha no que te faz de verdade feliz esquecendo dogmas e dedos apontados.
Construa uma ponte entre voce e as pessoas. Se aproxime mais, se achegue a quem te abre as portas e não exite em dar meia volta quando encontrar alguém com as fechaduras trancadas.Lembre-se: Voce merece o melhor e voce sabe o que é o melhor.
Acredite que aquele cursinho que voce acha não ter mais idade pra fazer, na verdade o preconceito é seu, pois voce é que vai precisar adentrar sala de aula e marcar sua presença. Sem se importar se a sua hora já está muito atrás dos outros.
Comece o ano admitindo erros e prometendo acêrtos. Sorrindo mais e deixando a cara franzida pra uma ocasião em que voce esteja sozinho contigo no espelho.Afinal, ninguém é obrigado a aceitar seu mal humor. Pense no que voce não quer pra voce, então não queira aos outros.
Trabalhe como se o seu patrão fosse a melhor pessoa do mundo e pense que o que voce escuta durante o dia, é sempre recompensado quando chega a noite e lhe tem sorrisos , e no final do mês seu salário.Todo mundo tem um patrão que um dia comeu pimenta.
Ao mais, repito. O ano novo nada mais é que o continuar do ano passado. cheio de novas pretenções.
Não esqueça dos que partiram e deixaram saudades, mas lembre-se que a saudade é o sentimento que prova que alguém foi importante na sua vida.
Seja mais generoso. Conte menos dinheiro e mais estrelas.
Reclame menos do calor, e observe a beleza do sol.
Que este ano, assim como os outros em que depositamos tantas esperanças, nos faça perder a cabeça de tantas alegrias e um alívio dentro de nós, por descobrirmos que evoluimos como seres humanos. Olhe pelos animais jogados à sorte.; Voce tambem é responsável por isso.
Tente pensar um pouco nos que vivem nas ruas, não por que querem, mas porquê suas histórias os levou a isso. Dê sua mão, escute, ofereça o que puder.Todo mundo pode dar o mínimo.
senão não tem o máximo, mas pelo menos prova assim que o seu coração não bate à toa, existe nele muito mais.
A gente precisa compartilhar mais emoção e viver menos o material. Por que o material acaba, a emoção permanece.
Que nossas oferendas à beira mar sejam acompanhadas de uma prece por todos nós e pela humanidade que está tão desgastada e infeliz.
Quando colocamos à frente bons pensamentos e fixamos nosso ollhar não apenas nos fogos, mas na clareza que eles oferecem, nossa vida com certeza será muito mais gratificante.
Por que não existe estouro de champagne que se compare a um coração batendo descompassado, cheio de vontades e abraços e beijos, de desejos e anseios, de borbulhas de sedução, de dividir e somar....de amar.
E quando falo em amar, falo no amar rasgado, exacerbado,exagerado, contagiante, extasiante.
Amar até não poder mais. E existe "não poder"? Amar não tem freio, não tem compostura, exige mais loucura que razão , mais "quereres"....mais "dizeres" que silêncio.
A gente pode ter certeza que o encanta o ano novo que chega é a coragem e a Fé.
E eu te pergunto: Quem pode com a FÉ quando ela está pulsando em nós? (Denise Lessa)
Feliz ano novo meus amigos....Recomeçar e continuar....Vivendo diferente, mas cada um com alguma coisa em comum.

"Amor, pode ser um planêta, pode ser violão...Pode ser a lua em eclípse total. Ou quem sabe canção?
Amor é incógnita,insolação em pleno inverno.
Quem escreve de amor, pensa nele eterno.
E seja como for.
Se amor fosse definido.
De certo, não seria amor".

"Verdades ditas ao pé do ouvido. Paixões confessas no escuro do canto, eu te amo que sai assim tão de repente. Tem coisa melhor que ser surpreendido, por algo que a gente espera nunca nos ser dito"

E que eu seja feliz exatamente como quero, como espero "agora".
Cansei de fantasiar momentos...quero agora vivê-los.
Cansei de balbuciar palavrinhas sem nexo sentada na varanda...Hoje eu quero toda a extensão do mar....

"A paixão, talvez seja a parte mais tranquila do amor, por que ela chega, arrebata depois, sai de fininho...não bate a porta e nem deixa endereço....Mas deixa o perfume....Talvez um aprêço.
Ela simplismente vai...e vai.
E sabe que se não fosse só paixão, a porta bateria, ficaria o endereço, e muito mais que isso, a interminante certeza de que a presença não seria ausência. De que a ausência não seria infinda e que a volta , com todos os aderêços do amor, seria bem vinda." (Denise Lessa)

"Siga seus instintos, ouça sua intuição, procure seus caminhos...Mas jamais deixe de ouvir seu coração. Ele é a estrada mais curta entre a razão e a emoção. Só ele pode te dizer o que ainda deve permanecer na sua vida .
A intuição nunca falha, o instinto é um faro real. Mas,o coração...Ah, o coração! Deste,é o que a gente espera pelas respostas. E elas vem!!!! Elas vem sim".
(Denise Lessa)

"Na verdade, chego a temível conclusão de que voce nunca simpatizou comigo, por que eu nunca fui irreal.
Eu conquistei as pessoas com minhas verdades e não as meias -confissões. Eu me joguei em amizades que no final nada restaram, por que o que estava do outro lado não soube me conquistar.
Eu nunca fui desleal ou quiz ser. Jamais desmotivei sua vontade de ir em frente.Sempre fui uma pessoa aberta, livre de mentiras.E meu coração é mais do que exacerbado.
Ás vezes me contam coisas e eu finjo não acreditar, por que se eu crer, vai doer demais. E eu não quero.
Então, fiquemos assim:
Eu na minha doce fantasia de esperar sempre muito.
E voce, na sua certeza de que sabe o que quer,
sempre oferecendo de menos.
E nesse seu "desquerer"...
Eu moro "distante"...
de voce!
Pra o que der e vier". (Denise Lessa)

"Ando feliz da maneira que tenho levado a vida. Tenho encontrado pessoas novas, mas conservado os antigos. Tenho entrado no mar, muito mais que entrava antes, tenho sentido a brisa com muito mais força, e o melhor tenho notado que meu coração deslanchou pra outras coisas, outros signos, outras baladas, outros afins e "outros".
Tenho descoberto que os "outros" são os outros e só.
Não digo que ando decepcionada.Não!!!Ando mais cuidada de mim, evitando que surja em meu coração dúvidas e ausências. Tenho estado bem acompanhada.
E feliz!
Descobrí que bater na mesma tecla, digitar as mesmas letras, colocar os mesmos pontos e discutir pelas mesmas insanidades virou banalidade.

Tenho andado feliz!!!!
E digo, me custou um tanto isso, por que eu sempre fui de viver o "Outro", mas passou...passou...

E que eu seja feliz exatamente como quero, como espero "agora".
Cansei de fantasiar momentos...quero agora vivê-los.
Cansei de balbuciar palavrinhas sem nexo sentada na varanda...Hoje eu quero toda a extensão do mar....

A gente só não é feliz no amor quando não quer, creia nisso.
Se te fecharam as portas esperadas. Não vacile. Escancare as abertas com verdades, com apêgo, com desejo, com exatidão.
Não existe nada mais inacessível do que portas fechadas .
E se assim foi pra voce, mude as suas tambem.
Lá na esquina tem um bom chaveiro. Não existe desculpa.
Troque a fechadura.
Pra que as velhas rachaduras não sejam emendadas....
E não aflore a "culpa"...
De ninguém!" (Denise Lessa)

"Glorifica o amor que há em tí. Cante graças, faça valer a certeza de que o amor tambem peca.
E pra amores mal correspondidos, não existe perdão."
(Denise Lessa)

"Hoje eu vou dançar...E vou me esbaldar ...Juro que vou procurar apenas a ligeireza do instinto e do cheiro que acompanha o que vem do amor.
Juro que vou me estabanar e abusar de tudo aquilo que eu acho ser a mais pura e casta (in) certeza daquilo que eu um dia pensei SER do tamanho que eu queria que fosse. Mas, não foi! Ficou na fantasia.Não aquela de carnaval.Mas, na mais estúpida sensação de que o que foi feito, foi inútil.
Inútil pensar em amor "desse jeito", sem achar que tudo pode ir pra o deserto, onde a água não existe, onde as sensações são quentes, mas a gente só sente é frio". (Denise Lessa)

"Eu já me joguei em tantos precipícios. Ora! Como fiz isso!
Me encurralei tantas vezes e achei que podia ser daquele jeito.
Hoje eu sou tão temerosa em matéria de amor, que não desperdiço mais um segundo com quem eu acho que não desocupa o espaço e nem fica.
Hoje eu tô tão alerta e entregue, que só absorvo o que acho ser de verdade. Já cansei das mentiras que antes me interessavam, hoje não!
Hoje eu acho que mentira nenhuma interessa a nenhum de nós.
Vamos viver um amor de dor de cotovêlo, mas amor "visto"..
Vamos viver aquela sensação plena de que o que se dá, tem que se receber.
E não é cobrança!!! É utilidade!
Do amor recíproco.
Ninguém é obrigado a nos amar.
Mas , pera lá!!!
Então não nos use, não nos abdusa, não nos trague, não tente nos convencer.
Há tempos eu já me dissipei dos amores de vagão de trem, aquela paquera vazia que não dá em nada.
Há muitos me desocupei dos espaços que nada preencheriam.
Há muito, eu só espero do amor, aquilo que me convém...E me convence.
Por que quem consegue te convencer...Consegue fazer voce convencer a sí mesmo.
E isso basta!
Isso basta sim?!!!!!?". (Denise Lessa)

"...Organizam palavras bonitas. Fazem discursos ecléticos.Desmoralizam sentimentos exacerbados, se incomodam com a felicidade alheia, vão atrás do imaginário, se desculpam por não saberem usar as palavras, são fáceis de serem encontrados.Essas , são as pessoas que perderam a coragem de amar.
Quem ama não mata o amor que existe em sí...Quem ama procura sempre ressuscitá-lo, mesmo que uma via Cruxis esteja presente, mesmo que por amar tanto sofre de verdade.
Quem ama absorve o que há de mais lindo na sua vida: A louca capacidade de amar.
Isso já basta. Isso já é tudo.
O amor, mesmo que seja um amor "mudo", difícel de se declarar. Já valeu a pena, por que não se teve a mais oportunistas das reações: O recuo, a dúvida, o medo do amor.
Amar além de qualquer coisa.Amar além do que a pessoa o é.Amar entre quatro ou oito parêdes, mas amar!
E que seja santo ou pecador, que seja a rede ou o pescador.
Tanto a caça quanto o caçador são capazes de amar".

"E foi tão de repente que peguei seus braços e segurei.Nada mais importava. Eu tinha te "apanhado" feito um pescador que joga a rede bem cedo e ela vem com o melhor peixe.
Mas, depois eu ví....Não era o melhor peixe. Tinha mais espinhas do que eu imaginava.
É a tal da embalagem de fita de seda, que dentro trás apenas uma caixa vazia".

"O dia tão azul, azul que chegava a doer os olhos da cor de safira brilhante que partia do céu.
Olhei o mar,passou uma garça...voando baixinho, até que se espreguiçou , desceu e catou pedrinhas. Pescoço de garça é tão elegante, misterioso.A natureza sabe fazer bem feito.
E neste dia tão azul, que perfumava o ar com maresia, um golfinho se esbaldava no meio das ondas e parecia que dizia: Por tão pouco, eu sou tão feliz!
E pulava, e dava rodopios no ar.Até que sua companheira apareceu.E parecia que os olhinhos dele ficaram mais brilhantes.
Vi aquela cena bonita e olhei pra dentro de mim:Será que algum dia seremos "golfinhos" em que basta um olhar simplório, faz festa no ar?
Será que algum dia, chegaremos a ter o pescoço elegante da garça que não precisa de colares de brilhantes pra exalar um estilo que nem nas passarelas existe?
Fica uma pergunta sem resposta. Mas, talvez a resposta esteja dentro de cada um de nós.
Nestas coisas "de verdade", a natureza ganha de nós."

"Pra falar a verdade....tudo renasce, tudo refloresce, tudo recomeça e tudo pode continuar..Depende de voce!"

"Tem momentos que a gente não precisa dizer nada, por que é entendido apenas com o olhar".

"Nunca perca seu caminho, seu objetivo, seu sonho por nada e por ninguém. Jamais deixe de ter o que é mais importante pra gente ser cada dia melhor e mais feliz: Amor próprio!"

Amar é um desafio louco,
que mesmo sendo aos poucos.
Nos faz entender:
Que quem ama flutua,
Troca o sol pela lua.
E se satisfaz....
O amor é uma dose de Gin, um sôco no estômago
Uma ressaca boba e às vezes "impassável".
Direi eu, que pouco sei do amor,
Mas, muito de amar.
E nesta dança de ser e de "ser"...
De tanto querer, eu digo às vezes não.
E não me arrependo, se o que fiz foi um desatento
Mas não cobro de mim, nem uma nota de jazz.
O amor é muito mais, por que é rock,
Blues, Heavy, pop...
É desafinado e perfeito.
O superlativo e o sujeito.
É um verbo.
Eu amei, eu amarei...
E tu, me amarás?" (Denise Lessa)

"E quantas vezes for preciso eu direi que amo, que amarei e que buscarei sempre o amor.
Quem tem vergonha de assumir sentimentos, corre o risco de entrar na fila dos descontentes desta vida, que não se arriscam e nem tão pouco desocupam o caminho.Passam a vida toda brincando de viver".(Denise Lessa)

"Mas se todos os amores fossem iguais, talvez a trama da conquista,
se perderia de vista ou não?"