Coleção pessoal de lollaz

181 - 200 do total de 297 pensamentos na coleção de lollaz

Sou chato e sem graça. Mesmo assim, às vezes, dá pra se sair melhor que muito palhaço por aí. Talvez seja porque os comediantes felizes não tem a menor graça. Os bons mesmo são os descontentes e atormentados, para quem a comédia é um meio de reorganizar a insignificância, a crueldade e a tolice desse mundo.

Não vou mentir pra você. Sou pobre, não faço academia e até o momento fracassei. Nesse mundo de aparências sou Politicamente Incorreto.

Não fumo, não bebo e não uso drogas. Nesse mundo de inversões de valores sou considerado Politicamente Incorreto.

Não omito o que penso ou o que acho. Nesse mundo de médias e mentiras sou Politicamente Incorreto.

Tudo que tenho é o meu pensamento. Nesse mundo, onde uma bunda vale mais do que mil cérebros, sou Politicamente Incorreto.

Dificilmente farei algo para que você pense que sou quem você gostaria que eu fosse. Nesse mundo, onde cada um quer ser Politicamente Correto dentro de sua tribo, sou Politicamente Incorreto, pois nem tribo eu tenho.

Danilo Gentili
79 compartilhamentos

Meu pai não bebia, não fumava e morreu cedo. Não roubava e morreu pobre. Tirava o que tinha para dar para os outros e teve poucas pessoas pra carregar seu caixão. Depois que ele morreu, nenhum parente perguntou se seu filho precisava ou não de algo. Ou seja, em vida meu pai me ensinou a ser a melhor pessoa que eu conseguir. Em morte, me ensinou a não esperar nada em troca por isso.

Danilo Gentili
286 compartilhamentos

É um erro que muitas vezes cometemos em pensar que qualquer amiga é uma melhor amiga. A melhor amiga é tão diferente em tantas maneiras … Às vezes uma só das duas é uma melhor amiga. Outras vezes, nenhuma das duas são melhores amigas e, em algumas raras vezes, as duas são melhores amigas e inseparáveis! Não importa o quão longe elas estão uma da outra, nada abala o seu elo de amizade.

A melhor amiga faz tempo para você. A amiga só vê você quando ela tem tempo.
A melhor amiga está feliz quando você está feliz e triste quando você está triste. A amiga é indiferente ao que você sente.
A melhor amiga se abre para você. A amiga tem suas reservas.
A melhor amiga não guarda segredos de você. A amiga não tem assunto.
A melhor amiga junta dinheiro para te dar um presente que nem ela tem no seu aniversário. A amiga às vezes compra um presente que não lhe custa muito.
A melhor amiga nunca esquece de você. A amiga se lembra dificilmente de você.
A melhor amiga te ama do jeito que você é. A amiga tem algumas reservas sobre você.
A melhor amiga pensa que você é a sua melhor amiga. A amiga pensa que você é simplesmente uma outra amiga.
A melhor amiga repreende você quando você está errada. A amiga lhe julga.
A melhor amiga ama ver você se dando bem e tendo outras amigas. A amiga te inveja.

Pra você ter uma melhor amiga, você tem que ser uma primeiro.

Cristiane Cardoso
89 compartilhamentos

Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.

Nada sabemos da alma
Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo.

Fernando Pessoa
9.1 mil compartilhamentos

Amizade de verdade não tem nada a ver com se ver todo dia, conversar toda hora, ser da mesma família ou morar na mesma cidade. Amizade verdadeira é ficar muito tempo sem se ver e quando se encontrar, ter a mesma cumplicidade de sempre. É se ver todos os dias e o assunto nunca acabar. É gostar de usar seu tempo com a pessoa. É perceber quando o outro precisa de você. Amigos de verdade se conhecem tão bem, que ás vezes nada precisa ser dito, um simples olhar fala tudo. É rir, chorar, desabafar, compartilhar.

Amizade de verdade é quem levanta sua auto estima quando parece que o mundo virou as costas. É quem te liga pra saber de você, pra saber como você está, se você precisa de alguma coisa. Amizade verdadeira é muito mais do que sentar numa mesa, beber e dar boas risadas. Amizade é companheirismo, mas não é apenas companheirismo. Amizades de verdade se baseiam em afeto, carinho, sinceridade e respeito. Principalmente respeito. Saber respeitar o outro, suas decisões, seus medos, seu tempo. Existem amigos que não tem absolutamente nada a ver com o outro, que se tivessem que dividir a mesma casa provavelmente um jogaria o outro pela janela, mas que possuem uma relação de afeto e respeito tão verdadeiro, que ser diferente um do outro acaba sendo vantagem.

Amizade de verdade é saber ouvir e principalmente, saber falar o que precisa ser dito. É reconhecer os méritos, parabenizar pelas vitórias e apoiar nas derrotas. Amigos de verdade não sentem inveja (nem que seja a tal inveja boa), não querem ter o que é do outro. Eles querem compartilhar as coisas boas, viver os bons momentos, aproveitar coisas boas juntos. Quem é amigo de verdade está junto, mesmo morando a 800 km de distância. E quem não é amigo, prova todo dia que pode morar no apartamento da frente, te ver todos os dias, ligar cinco vezes por hora e mesmo assim não merecer compartilhar da sua vida. Tenho amigos de verdade, bem poucos mas tenho. Espero estar sendo uma amiga de verdade para eles e espero não perdê-los. Amigos de verdade não vem e vão, eles chegam e permanecem.

Cheyane R. Costa
502 compartilhamentos
Tags: amigo verdade

Nunca me senti só. Gosto de estar comigo mesmo. Sou a melhor forma de entretenimento que posso encontrar.

Charles Bukowski
2.8 mil compartilhamentos

Frequentemente tenho longas conversas comigo mesmo, e sou tão inteligente que algumas vezes não entendo uma palavra do que estou dizendo.

Oscar Wilde
639 compartilhamentos

Não vim a este mundo competir com ninguém. Quem quer competir comigo perde seu tempo. Estou neste mundo para competir somente comigo: Ultrapassar meus limites, vencer meus medos, lutar contra meus defeitos, superar dificuldades correr em busca dos meus objetivos, já me ocupam muito tempo.

desconhecido
381 compartilhamentos

Às vezes nem me preocupo tanto comigo... Mas há pessoas que amo e não quero vê-las sofrer.

Renato Russo
6.3 mil compartilhamentos

Eu me conheço bem, mas sei que posso me surpreender comigo mesmo, a qualquer minuto.

Martha Medeiros
1.3 mil compartilhamentos

Que haja transformação, e que comece comigo.

Marilyn Ferguson
435 compartilhamentos

Quando olho para o meu passado, encontro uma mulher bem parecida comigo - por acaso, eu mesma - porém essa mulher sabia menos, conhecia menos lugares, menos emoções.

Martha Medeiros
2.1 mil compartilhamentos

Eu creio em mim mesmo. Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e creio na minha família. Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos. Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito. Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos ou de meu chefe. Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei meu trabalho por ver que os outros o fazem. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz. Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

Napoleon Hill
4.9 mil compartilhamentos

Vencer não é competir com o outro. É derrotar seus inimigos interiores.

Roberto Shinyashiki
8.6 mil compartilhamentos

Não se conta tudo porque o tudo é um oco nada.

Clarice Lispector
631 compartilhamentos

E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior do que eu mesma, e não me alcanço.

Clarice Lispector
1.7 mil compartilhamentos

E se me achar esquisita,
respeite também.
até eu fui obrigada a me respeitar.

Clarice Lispector
14 mil compartilhamentos

Pertencer

Um amigo meu, médico, assegurou-me que desde o berço a criança sente o ambiente, a criança quer: nela o ser humano, no berço mesmo, já começou.
Tenho certeza de que no berço a minha primeira vontade foi a de pertencer. Por motivos que aqui não importam, eu de algum modo devia estar sentindo que não pertencia a nada e a ninguém. Nasci de graça.
Se no berço experimentei esta fome humana, ela continua a me acompanhar pela vida afora, como se fosse um destino. A ponto de meu coração se contrair de inveja e desejo quando vejo uma freira: ela pertence a Deus.
Exatamente porque é tão forte em mim a fome de me dar a algo ou a alguém, é que me tornei bastante arisca: tenho medo de revelar de quanto preciso e de como sou pobre. Sou, sim. Muito pobre. Só tenho um corpo e uma alma. E preciso de mais do que isso.
Com o tempo, sobretudo os últimos anos, perdi o jeito de ser gente. Não sei mais como se é. E uma espécie toda nova de "solidão de não pertencer" começou a me invadir como heras num muro.
Se meu desejo mais antigo é o de pertencer, por que então nunca fiz parte de clubes ou de associações? Porque não é isso que eu chamo de pertencer. O que eu queria, e não posso, é por exemplo que tudo o que me viesse de bom de dentro de mim eu pudesse dar àquilo que eu pertenço. Mesmo minhas alegrias, como são solitárias às vezes. E uma alegria solitária pode se tornar patética. É como ficar com um presente todo embrulhado em papel enfeitado de presente nas mãos - e não ter a quem dizer: tome, é seu, abra-o! Não querendo me ver em situações patéticas e, por uma espécie de contenção, evitando o tom de tragédia, raramente embrulho com papel de presente os meus sentimentos.
Pertencer não vem apenas de ser fraca e precisar unir-se a algo ou a alguém mais forte. Muitas vezes a vontade intensa de pertencer vem em mim de minha própria força - eu quero pertencer para que minha força não seja inútil e fortifique uma pessoa ou uma coisa.
Quase consigo me visualizar no berço, quase consigo reproduzir em mim a vaga e no entanto premente sensação de precisar pertencer. Por motivos que nem minha mãe nem meu pai podiam controlar, eu nasci e fiquei apenas: nascida.
No entanto fui preparada para ser dada à luz de um modo tão bonito. Minha mãe já estava doente, e, por uma superstição bastante espalhada, acreditava-se que ter um filho curava uma mulher de uma doença. Então fui deliberadamente criada: com amor e esperança. Só que não curei minha mãe. E sinto até hoje essa carga de culpa: fizeram-me para uma missão determinada e eu falhei. Como se contassem comigo nas trincheiras de uma guerra e eu tivesse desertado. Sei que meus pais me perdoaram por eu ter nascido em vão e tê-los traído na grande esperança.
Mas eu, eu não me perdoo. Quereria que simplesmente se tivesse feito um milagre: eu nascer e curar minha mãe. Então, sim: eu teria pertencido a meu pai e a minha mãe. Eu nem podia confiar a alguém essa espécie de solidão de não pertencer porque, como desertor, eu tinha o segredo da fuga que por vergonha não podia ser conhecido.
A vida me fez de vez em quando pertencer, como se fosse para me dar a medida do que eu perco não pertencendo. E então eu soube: pertencer é viver. Experimentei-o com a sede de quem está no deserto e bebe sôfrego os últimos goles de água de um cantil. E depois a sede volta e é no deserto mesmo que caminho.

Clarice Lispector
1.1 mil compartilhamentos
Tags: pertencer deus

Como se ela não tivesse suportado sentir o que sentira, desviou subitamente o rosto e olhou uma árvore. Seu coração não bateu no peito, o coração batia oco entre o estômago e os intestinos.

Clarice Lispector
1.2 mil compartilhamentos

Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.

Clarice Lispector
4.1 mil compartilhamentos