Coleção pessoal de ixecassie

1 - 20 do total de 124 pensamentos na coleção de ixecassie

Isto é, provavelmente, mais uma prova de como eu me importo... toda vez que você diz um simples "oi", meu amor, não sou capaz de suportar o teu "adeus", a melhor pessoa que eu pude conhecer apenas com palavras que transcenderam do olhar. Nesse exato momento, eu só queria você perto e te mostrar que pertencemos um ao outro, ninguém mais consegue fazer eu sentir a paz que está no afago do teu amor, ela traz pro meu coração um conforto enorme. Não quero que passe mais um dia sem que você saiba que é você que eu estou pensando toda hora.

Lívia Loback

Hoje de manhã percebi, faz mais ou menos 6 meses que nos conhecemos, finalmente sinto que estamos seguindo um caminho. Há 3 meses atrás não existia o tanto de amor como tem hoje, pelo menos da minha parte. Uma hora todos nós precisamos crescer, pode parecer bobagem, porém o "pouco" que experimentei de estar contigo foi algo muito bom, com absoluta certeza mudei meu jeito de agir com bastantes coisas em minha vida, obviamente não por ti. Chega a ser assustador o jeito como me dei tão bem com você, a forma qual apaixonei-me, pode soar clichê, mas é o jeito que tenho me sentido. Provavelmente, se tivéssemos adiantado isso que estamos vivendo agora não seria igual, nem chegaria perto. Toda vez que nos encontramos tem o mesmo efeito em mim, como se fosse sempre uma novidade, espero de verdade que tu possa tomar minhas palavras como tuas, esquecer teu orgulho e nunca negar teus sentimentos.
Com amor, Lívia.

Lívia Loback

Eu estou sentindo o amor na minha pele, eu vejo o jeito que você me olha agora, nunca senti isso antes. Me estabilizo rapidamente com minhas prioridades, você está nessa lista, não aguento esperar pra te ver de novo, podemos nos encontrar daqui à 5 minutos? Acho desnecessário essa saudade que bate de ti, mesmo quando eu fecho os olhos e você ainda está do meu lado quando os abro. Posso te ter pelo resto da minha vida? Por favor, não seja rude, seja meu. Se algum dia você já ficou nervoso do meu lado, você foi abençoado com o prazer de saber que fico mil vezes mais "em pânico".

Lívia Loback

Eu me lembro de como você parecia insensível, ah, se eles reconhecessem quem realmente você é, tanta coisa boa têm aí, sei que não quer demonstrar, possivelmente ache que suas cicatrizes vão se abrir, mas não é desse jeito, sei que você passou por muita coisa, e procurou-as também, não te culpo. Posso ser bastante tola em achar que todos estão à procura da felicidade, alguns já a tem, mas cá entre nós, você alcança qualquer coisa. Não dá pra negar nada quando você pede, seu potencial. Sinceramente, penso que seu coração foi quebrado em algum momento da vida, uma pena pois meu trabalho pra tu perceber como realmente é meu sentimento por ti fica grandemente complicado, o dobro, sendo você uma pessoa muito manipulável, ironicamente. Quando disse sentimento não quis dizer apenas em relação a te querer e sim, como amigo, talvez nunca tenham falado isso pra ti, mas você ouve e não fica palpitando, no judgements, uma das suas maiores qualidades. Não colocaria minha mão no fogo por ninguém mas eu te defenderia e te daria suporte em quanto pudesse. Tem uma coisa que sei fazer muito bem, lembrar de coisas que me marcaram, não diria marcaram mas que fizeram eu me importar, quando começamos a nos falar logo percebi que você era um problema, mesmo sabendo dizia pra mim mesma "eu quero ele" e muitas vezes também quis dar na sua cara por haver alguns quilômetros de distância, percebo hoje que mesmo a base estando quebrada não consigo tirar você da minha cabeça, tentei me apaixonar, sério, tentei mesmo por quê não queria aceitar a ideia de ficar longe, observar como se fosse a chuva, do lado de fora. Tenho certeza que você é muito mais do que tenta parecer, apesar de não entender o por que disso, só desejo o mundo pra você pois me importo tanto e não quero nada do contrário, só espero que ainda possamos nos entender muito, estando juntos ou não.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Eu não acho que você tenha percebido, não mesmo, que se tornou pra mim alguém muito, não sei que palavra colocar em anexo, talvez, dependente, os dias sem te ter são lástimas de guerra, uma palavra mal dita se tona maldita, é sufocante ficar longe de algo que nem perto está, todavia, não consegui entender mesmo qual era o propósito de toda aquela "brincadeira", provavelmente fantasiei, mesmo que pouco, alguém que não era o que eu pensava, foi apenas uma fantasia, posso ter errado na hora de separar as brincadeiras e os verdadeiros sentimentos, não me arrependo de ter feito tal, precisava realmente sair um pouco da minha mente e expelir todo o conteúdo que lá havia, não me desculpo, além do mais, não fiz nada de errado, porém, lhe digo algo, duas longas e arrastadas semanas passaram enquanto você estava muito ocupado não se importando, me sinto muito fraca em dizer que jamais tinha de havido tal aperto e agonia dentro do meu coração, foi inverno lá fora com uns 20º graus mais aqui dentro a sensação térmica era -20º, por favor, caso algum dia passar na sua cabeça de me deixar, faça o oposto, não é uma ordem mas um pedido pois não há nesse momento alguém que precise tanto de ti quanto eu e dói, saber que mesmo assim eu me sinto congelada e não posso compartilhar tudo que sinto, é muita vergonha.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Não desista do amor,
se quebraram seu coração.
Pense no futuro,
a incerteza é curiosa,
te leva além,
faz perceber o que se esconde
dentro de cada palavra dita.

Renasça como as chamas,
sempre sobra um pouco de fogo,
acenda-o mil vezes se necessário,
até que seu coração
finalmente esteja em paz,
não desista.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Não existe amor pequeno,
nem tão pouco pode acabar,
amor é energia,
nunca termina.
Não sabemos como nasce,
apenas que se transforma.

Não existe amor pequeno,
no meu coração tudo multiplica,
mesmo que não seja importante.

Não existe mais dor
do que a de não ver amor,
em um coração.
É um mundo preto,
sem o branco com a paz

Lívia Loback

O espaço entre nós
Começa a parecer que somos de mundo diferentes
E você diz que está chovendo em seu coração
Você está me dizendo que ninguém está lá
Para tentar secar a inundação
mas isso é loucura
Pois, eu já disse que estou aqui para sempre

Meu amor é como uma estrela,
Você não pode sempre me ver
Mas você sabe que eu estou sempre lá
Quando você vê alguém brilhar
Tome como se fosse meu
E lembre-se que estou sempre por perto
Se você vir um cometa
eu estou nele
Voltando para casa
Apenas siga o brilho, é
Não vai demorar
Apenas saiba que você não está sozinho

Eu tentei construir as paredes
Para mantê-lo seguro quando não estiver por perto
Mas assim que eu estou longe de você
Você diz que o mundo desaba
Mas a questão não é o tempo
Que nós não conseguimos passar juntos
É sobre quão forte é o nosso amor

Veja até onde nós viemos
Você não sabe
Não sabe que é o único?

Without

Eu estava sentada no último andar do prédio, olhando diretamente para as ruas, via os movimentos das pessoas, desesperadas, o trânsito, um enorme som desarmônico de buzina, repetidamente várias vezes, não parava nem por um segundo, pareciam que tinham se esquecido de tirar o braço do volante. Perguntava-me por que aquelas pessoas, independentemente se estavam andando em plena rua ou sentadas num carro, será que elas se questionam o quê vieram fazer nesse mundo? Cada uma daquelas pessoas deveriam saber que são únicas, mesmo não achando, tudo que eles fazem, talvez para uns sem importância alguma, é necessário fazer, aquele alguém foi designado pra exercer aquela função e ninguém pode tirar isso, é a missão desse ser, que embora não faça as coisas que você faz, não deixa de ser capaz de fazer, ele se diferencia. É nesse ponto que queria chegar enquanto pensava nesse assunto lá em cima, algum dia se quer você já se perguntou no que te faz ser diferente, o que te destaca? Pode ser seu cabelo, seu jeito pessoal, modo de tratar o próximo. Nunca desista por achar que você não vai ser notado, é importante tentar. As portas nem sempre estão abertas, mas com a chave certa você consegue.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Hoje fui à praia observar o mar e o pôr-do-sol, enquanto estava lá algumas lembranças vieram em direção a minha memória e acertaram em cheio no meu coração, certas coisas que tenho vontade de esquecer. Não me importei muito por estar tendo uma enorme nostalgia, me concentrei no barulho que as ondas faziam quando quebravam, de repente percebi que a dor que eu estava sentindo em ter pensado naqueles momentos ruins, para mim, se esvaiam de acordo com o barulho que as ondas faziam. Poucas coisas no mundo me fazem realmente feliz, menores ainda são as que me fazem, literalmente, me desligar do universo real e ir para um paralelo, ou até mesmo, o meu universo. A brisa que balançava meus cabelos fazia-me suspirar ofegante, enquanto eu respirava, sentia mil vezes mais o quanto eu sou livre, o como ainda posso mudar tudo, e aquelas lembranças, são apenas lembranças, acontecimentos que me fizeram crescer, e são essas mesmas que esqueci hoje, e de vez, apenas segui o sentido do vento, deixei a minha sanidade por alguns minutos pra fazer o que eu realmente tinha vontade de fazer, arrancar as correntes, me libertar, correr dos problemas e pôr um sorriso no rosto, aquele que vai de orelha à orelha.

Lívia Loback
3 compartilhamentos

Faz um tempo que eu não paro de pensar na gente, faz um tempo que eu não escrevo sobre nós, faz muito tempo que não me sentia assim... há séculos os filósofos vêm tentando achar um significado para o que quer dizer amor, alguns dizem ser uma reação química, outros alma gêmea e eu? No que eu acredito? Ó, não sou muito de explicar demais mas dessa vez eu quero. Amor é tipo flor, você rega ela cresce, para de regar morre. Amor não é pra sempre, ele enfraquece, se o regador estiver furado, infelizmente compramos outro. Amor não acaba, ele se apaga, como chama. Amor não é sinônimo de alegria, pelo contrário, é sofrer e suportar, como banho quente no inverno e aquela gota d'água gelada bate nas suas costas. Ah o amor... tudo suporta, mas o navio naufraga de vez em quando.

Lívia Loback

Eu estava errada, sabe? Disse que não ia me apaixonar dessa vez, que ia ser diferente, mas nada mudou, a sua voz entrou na minha cabeça e agora só consigo pensar qualquer coisa que esteja relacionado à você. Prometi pra mim mesma que não ia ser a primeira a se entregar, mas eu acho que faço isso toda hora, prometo o que não posso cumprir.

Lívia Loback

Eu não sei se você lembra, mas uma vez você disse no seco "te amo", eu não acreditei e continuo não acreditando, não é sua culpa caso ache isso, como tu sabe eu não tenho um histórico muito bom… enfim, quando você disse isso eu contei pra duas amigas, mesmo que para mim isso não passa de uma ilusão sua. Você com certeza se lembra de quando eu me declarei pra ti, morri por dentro mas valeu cada palavra, todas eram reais, cê me perguntou se era amor, sim, era. Antes de tudo, preciso lhe dizer que na minha cabeça pra alguém dizer "eu te amo" primeiro tem que gostar, segundo se apaixonar, terceiro gostar muito (amor) e por fim amar, quando eu tinha dito que sentia amor, eu estava na fase de gostar muito, pois é. É realmente uma pena eu não estar do seu lado agora, seria um ótimo momento pra roubar um ou dois beijos seu e pra finalmente dizer que… eu te amo.

Lívia Loback

Será que você trava o replay só pra ficar ouvindo a minha voz de novo, de novo e de novo? Será que você passa a madrugada pensando em mim? Será que você espera gastar algum dia só comigo? Será que você pensa em nós? Será que você já pensou apenas em mim? Será que você já sonhou comigo? Será que você já fez alguma jura só pra me ter do seu lado? Será que você lembra de mim naquela música? Será que o meu toque te faz ficar inseguro? Será que você já sonhou com alguma coisa mais séria? Será que você pensa em tudo que já passou comigo e ri disso? Será que eu seria louca de achar que você é importante? Será que se eu sonhar contigo vai ser errado? Será que eu vou pecar se quiser mais de você? Será que eu vou estar mentindo se eu disser que não me sinto eletrizada quando falam seu nome? Será que eu estou errada em navegar nos seus mistérios? Será que eu sou inconveniente quando tento apenas me aproximar de você? Será que eu posso ser mais? Será que eu já sou? Será que existe nós? Será que você é a peça do quebra-cabeça?

20 serás de anne.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Cara, desiste disso, não foge, para e pensa, pelo amor de todas as pessoas que você convive, eu sei que você não quer fazer isso de verdade, sei pois também já tentei fazer o que tu tá tentando fazer agora. Esquece a faca, a arma ou os comprimido, guarda a corda na gaveta e toma uma água, pensa em todos os momentos felizes, não pense que só porquê alguém te abandonou, seus pais dizem que não gostam de ti, cê está acima do peso e etc que isso é o fim do mundo, tira isso da sua mente, além do mais se você está viva isso é tudo que precisa pra inverter a situação.

Lívia Loback

“Mas o maior problema é que eu não posso ficar triste, você não é absolutamente NADA meu, mas na minha cabeça você é tudo. Tu tá com outra do lado e eu estou vendo suas fotos, qual o meu problema, sério? Por que eu amo você? Por que hoje faz 1 mês e você não tá nem ligando pra mim. Eu não sou estepe, então para de me ver como uma segunda opção, na moral.”

Lívia Loback

Eu tenho a mania de querer levantar na madruga pra escrever, me desculpa se eu te acordei, realmente não tive a inteção, pelo contrário, gosto de te ver dormindo. Estou escrevendo sobre ti, de novo, nem queira saber como eu ainda tenho tanto a dizer. Já te disse como sou apaixonada pela sua voz? Ela me acalma, ela é meiga e mansa, mas o que eu gosto mesmo são dos seus lábios, eles me lembram o mar, que entro sem medo de me afogar. Gosto do seu carinho, na verdade, eu o admiro, porque na maior parte do tempo você é um completo idiota que é no fundo igual a mim. Isso é algo menos intenso pra se escrever enquanto tem uma xícara de café do meu lado, eu entrei na dança do amor e não sei como parar de dançar. Ainda não me acostumei com o fato de estar me afundando em um monte de pensamentos, como isso veio acontecer comigo? É insano, doloroso e o pior… é bom ao mesmo tempo, que masoquismo! Em algumas das nossas trocas de palavra, você disse que eu precisava de alguém pra crescer comigo, logo insinuei que você estava falando de ti mesmo, e agora, eu não sei se eu preciso crescer ou congelar no tempo, não quero mais desperdiçar nosso tempo com brigas e arrependimentos, não quero perder tempo, honestamente.

Lívia Loback
1 compartilhamento

Devo começar com uma recaída ou com um tombo? Essa vontade de você ou o desejo de te ter? Um abraço ou algo mais ousado? O certo ou quem sabe o errado? Emitir ou omitir? Me declarar ou apenas manter tudo o que eu sinto em segredo? Na verdade, eu deveria fazer algo? Preciso mesmo me esforçar pra conseguir te ganhar? Nem sei mais o que dizer. Você é o fantasma da noite súbita, é o raio e o pôr do Sol, a primeira estrela a formar a constelação, a última folha a cair da árvore no outono, você é a chuva do meu verão, o começo do inverno na Antártica, meu analgésico… não importa quantas vezes eu te compare a alguma coisa, nada vai mudar o fato de você ser o meu extremo e o meu fundo do poço, tu é 8 ou 80.

Lívia Loback

Mas vale lembrar primeiro de tudo que você me dá todo o tipo de sinal pra me sentir insegura, um dia aparece e no outro, caso eu não procure, é como se eu tivesse morrido. Suas ações, que são mais instáveis que felicidade de pobre. Esse teu jeito social demais que atrai qualquer pessoa, a ponte, com certeza absoluta, ela me faz parecer uma garotinha de 5 anos perdida no supermercado. Não me peça pra acreditar quando você diz qualquer coisa que eu queira ouvir, só preciso que você fique quando eu estiver sem chão e pedir pra subir nos seus pés. Ah, mas isso não é tudo, ou será que é? Claro que não. Não ter você no canto da minha cama, me abraçando, isso faz com que eu me sinta totalmente vulnerável, as noites são tão mais longas quando a minha percepção de que estamos longe é ativada pela insônia. Você tem alguma coisa e eu realmente preciso, eu não sei o quê. Eu quero o seu amor, mas não vou implorar, quero que você se toque que meu desejo é você.

Lívia Loback

Era a manhã mais quente que eu já tinha vivido, e com certeza porque nós dois estávamos no mesmo quarto. Você usava apenas um moletom e meias, estava fumando sentado em cima da cama enquanto eu tomava banho. Tinha uma janela naquele quarto, lá fora chovia e a paisagem era a neve por cima de tudo que havia na cidade.
Lembro de quando terminei o banho, peguei qualquer blusa e peguei uma xícara de café, fiquei te observando alguns bons minutos mas depois você notou minha presença, fiquei perplexa quando percebi que era verdade, aquele quarto, nós, a chuva, a neve, o frio, meu café que esfriava mais e mais de acordo com o tempo que eu ficava em pé reparando em tudo, acordei daquele meus pensamentos então ouvi sua voz no fundo, mas não fui capaz de entender o que suas palavras diziam, fui me aproximando até que cheguei aonde você estava, não sabíamos direito o que faríamos, nenhum de nós estava sóbrio, tomamos uma dose de amor na noite anterior, aquele silêncio foi invadido com a minha gargalhada, sinceramente não me recordo porque da risada, na verdade acho que eu estava muito contente perto de ti, você começou a perguntar o que havia acontecido e começou a rir também, era meio óbvio mas balancei a cabeça num sentido de negação, como se não soubesse, mas claro que eu tinha a resposta, estava tão apaixonada por você, sentia cada pedaço do meu corpo pedindo seus braços em volta de mim porém não ia arriscar ficar vulnerável perto de ti. Aquela manhã foi a melhor com a sua companhia.
Suíça, 10 de Abril de 1996.

Lívia Loback
1 compartilhamento