Coleção pessoal de iann_zorkot

1 - 20 do total de 33 pensamentos na coleção de iann_zorkot

O corpo é a cruz. Jesus, o filho do homem, é o ego ou a ideia “eu sou o corpo”. Quando o filho do homem é crucificado, o ego desaparece e o que sobrevive é o Ser Absoluto. É a ressurreição do glorioso Ser, do Cristo – o filho de Deus.

Tags: advaita vedanta

Você pensa que só pode obter felicidade quando há contato com algo separado de você. Mas isso não é a verdade.
Ananda [Beatitude] é a própria natureza do Ser. A felicidade que você obtém de outras coisas é parte da felicidade do Ātman, mas não é a felicidade completa. Enquanto um objeto externo for necessário [para a felicidade], a incompletude é sentida.
Quando se sente que só o Ātman está lá, a felicidade permanente permanece…

Tags: advaita vedanta

⁠Os governos querem técnicos eficientes, não seres humanos, porque os seres humanos se tornam perigosos para os governos - e também para as religiões organizadas. É por isso que governos e organizações religiosas procuram controlar a educação.

Tags: krishnamurti anarquismo

⁠O nacionalismo é um processo de isolamento que provoca guerras, miséria e destruição.

Tags: krishnamurti guerra

"A verdadeira revolução não é revolução violenta, mas a que se realiza pelo cultivo da integração e da inteligência de entes humanos, os quais, pela influência de suas vidas, promoverão gradualmente radicais transformações na sociedade"

Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente.

⁠O culto da autoridade é a negação da compreensão. O desejo de não sofrer gera exploração. Portanto esta busca de autoridade destrói a plenitude de ação, e a orientação origina irresponsabilidade, porque há um forte desejo de navegar através da vida sem conflito, sem sofrimento. É por esta razão se têm crenças, ideais, sistemas, na esperança de que a luta e o sofrimento possam ser evitados. Mas estas crenças, ideais, que se tornaram fugas, são a própria causa do conflito, gerando ilusões maiores, sofrimento maior. Enquanto a mente procurar conforto através da orientação, através da autoridade, a causa do sofrimento, da ignorância, não pode ser nunca dissolvida.

As pessoas querem ser divinas, querem ser felizes, querem ter muito amor e confundem o amor com ilusão, com emoção, com paixão e vão para os extremos. Elas querem ter virtudes divinas. Mas por que querem ter aquilo que já são? Não se pode querer ter ou ser aquilo que já se é. O que é necessário é acalmar a mente pensante, porque ela é um aglomerado de pensamentos e não nos deixa sentir o que realmente somos. Somos um ser puro, divino, eterno e presente. Certamente não somos o corpo, porque ele nasce e morre. Que verdade há em nascer e morrer? É um ritual funesto e a esse ritual os homens estão apegados. Praticam esse ritual de apego ao sofrimento, apego ao nascimento e à morte. Tudo isso é ilusório. Só existe a Verdade Suprema, só existe o Ser e este Ser somos nós mesmos.

Tags: maha yoga

⁠Quem não conheceu a si mesmo não conhece nada, mas quem se conheceu veio a conhecer simultaneamente a profundidade de todas as coisas.

Tags: evangelho

"⁠A milenar opressão das massas por um número pequeno de privilegiados tem sempre sido o resultado da incapacidade, da maioria dos indivíduos, em chegar a um acordo e se organizar com base na comunidade de interesses e de sentimentos com os outros trabalhadores, para produzir, para consumir e, eventualmente, defender-se contra aqueles que procuram explorá-los e oprimi-los. O anarquismo quer resolver esse estado de coisas com seu principio básico de organização livre, fundada e gerada mediante o livre acordo de seus membros, sem qualquer espécie de autoridade; ou seja, sem que ninguém tenha o direito de impor sua vontade. É, pois, óbvio que os anarquistas procurem aplicar em sua vida privada e sua vida política esse mesmo princípio sobre o qual acreditam que toda a sociedade humana deveria se basear"

Tags: malatesta anarquismo

⁠⁠⁠Os conquistadores que se empenham em serem senhores do mundo pela força e pelas armas jamais herdam outra coisa além de ansiedades, aborrecimentos e dores de cabeça. Os avarentos, que acumulam riquezas enormes, não fazem mais do que acorrentar-se ao ouro – jamais o possuem realmente. Mas o homem que abandona o sentimento de apego prova as vantagens que os bens proporcionam, sem a angústia que a posse acarreta.

O Vedanta chega ao Ocidente, não para suplantar qualquer religião, e sim para trazer uma espiritualidade mais tangível aos que o buscam. Ele não visa ao proselitismo, mas a ajudar o homem a perceber a divindade dentro de si.

Como uma única e mesma substância, o ouro, por exemplo, se podem fazer ornamentos de diferentes nomes e formas, assim, o único e mesmo Deus é adorado em diferentes países e épocas, sob distintas formas e nomes. Mas embora Ele seja adorado de diversos modos, de acordo com os vários conceitos das pessoas – alguns considerando-O como pai, outros como mãe, outros como amigo e outros como bem-amado, outros, também, como seu terno e doce filho e outros como o mais íntimo tesouro de seu coração – é o mesmo e único Deus, que é adorado em todas essas diferentes relações.

(...)

Um homem comum, por ignorância, considera a sua própria religião como a melhor e faz muito alvoroço. Mas quando sua mente é iluminada pelo verdadeiro Conhecimento, todas as suas disputas sectárias desaparecem.

Tags: ramakrishna advaita

⁠De um país para outro, de uma província para outra e até mesmo de um lugar para outro, sempre existirá certa desigualdade de condições de vida, que poderá ser reduzida a um mínimo, mas nunca completamente eliminada. Os habitantes dos Alpes terão sempre condições de vida diferentes das dos povos das planícies. A representação da sociedade socialista como o reino da igualdade é uma representação unilateral francesa, baseada na velha "liberdade, igualdade, fraternidade", uma representação que teve sua razão de ser como fase de desenvolvimento, em seu tempo e em seu lugar, mas que agora, como todas as unilateralidades das primeiras escolas socialistas, deveria ser superada, uma vez que serve apenas para provocar confusão nos cérebros e porque, além disso, descobriram-se formas mais precisas de tratar a questão.

Tags: socialismo igualdade

⁠Se eu tivesse que responder à seguinte pergunta: O que é a escravatura? e respondesse sem hesitar: É o assassinato, o meu pensamento ficaria perfeitamente expresso. Não precisarei de fazer um grande discurso para mostrar que o poder de privar o homem do pensamento, da vontade e da personalidade, é um poder de vida e morte e que fazer de um homem escravo equivale a assassiná-lo. Por que, então, a essa outra pergunta: O que é a propriedade? não posso responder simplesmente: É o roubo, ficando com a certeza de que me entendem, embora esta segunda proposição não seja mais que a primeira, transformada?

⁠"A propriedade intelectual não é apenas roubo. É terrorismo."

Tags: propriedade intelectual

⁠A liberdade, então, é a soberania do indivíduo, e nunca o homem conhecerá a liberdade até que todo e cada indivíduo seja reconhecido como o único soberano legítimo de sua pessoa, tempo e propriedade, cada um vivendo e agindo às suas próprias custas.

Tags: liberdade anarquismo

⁠"Os defensores 'libertários' do capitalismo vulgar usam o termo livre mercado em um sentido equívoco: eles parecem ter dificuldade em lembrar, de um momento para o outro, se estão defendendo o capitalismo atual ou princípios do livre mercado. Admitirão com má vontade que o sistema atual não é um mercado livre e que inclui muita intervenção estatal em favor dos ricos. Mas assim que pensam que podem se safar, voltam a defender a riqueza das corporações existentes."

Tags: anarcocapitalismo libertarianismo

"⁠Complicado como possa parecer à primeira vista, o libertarismo é baseado numa simples premissa inicial: um comprometimento total à liberdade individual! (...)

A complexidade do libertarismo advém da aplicabilidade desse princípio a quase todas as facetas da ação humana; a efetividade do libertarismo advém dessa regra única, primordial e facilmente inteligível; e a beleza ética do libertarismo está naquilo sobre o que ele nada diz: a conduta pessoal de sua própria vida e a disposição de sua propriedade. (...)

Aqueles que desejam viver comunalmente ou em associação com trabalhadores (ou com quem quer que seja) são livres para fazer isso numa sociedade libertária. (...)"

Tags: agorismo libertarianismo

O estado é uma relação de homens dominando homens, relação mantida por meio da violência legítima (isto é, considerada como legítima). Ele é uma comunidade humana que pretende, com êxito, o monopólio do uso legítimo da força física dentro de um determinado território.