Coleção pessoal de Fragapanne

21 - 40 do total de 35 pensamentos na coleção de Fragapanne

Tenta adivinhar

O que é o que é
que rouba seu dinheiro
sem você ver
que faz você acorda de manhã
para o dia inteiro sofre

O que é o que é
que esquece do professor
como herói da nação
que faz o jovem da escola
não aceita a educação

o que é o que é
que quando a polícia está na rua
vira o vilão das famílias
que quando o repórter
está no jornal
só transmite mentiras

o que é o que é
que quando diz que cuida
o roubo descobriu
pensou demais na pergunta
a resposta é BRASIL

Nicolas Fragapanne

E quando você acha

E quando você acha
que vai da certo
tudo se transforma
e conspira contra

e quando você acha
que o seu chefe vai falta
o supervisor com você apronta

e quando você acha
que o sinal vai toca
o tempo enrola

e quando você acha
que dá para acreditar
em uma verdade
ela vira lorota

e quando você acha
que tem o espaço que precisa
não a opiniões
e vai se revela
a TV está ligada cheia de influência
para te pega

E quando você acha
o despertador toca

Nicolas Fragapanne

P História

10 Patrulheiros
Partilhavam 9 Patrimônios Públicos
Para 8 Pessoas
Que pagaram 7 parcelas
Para presenciar os 6 príncipes
Que propuseram 5 perigosos
Passeios pelas 4 pirâmides
De 3 poderosos políticos egípcios
Que praticavam 2 possíveis
Parcerias com 1 patrulheiro
Para partilhar 2 patrimônios
Públicos que 3 pessoas
Pagaram 4 parcelas
Para presenciar os 5 príncipes
Que propuseram 6 perigosos
Passeios pelas 7 pirâmides
De 8 poderosos políticos egípcios
Que praticavam 9 possíveis
Parcerias com 10 patrulheiros.

Nicolas Fragapanne

Acredite

Acredite sempre
Mesmo que você ache que é impossível

Acredite sempre
Mesmo quando o vento sopra para o norte
E você estiver no sul

Acredite sempre
Mesmo se o amor sentir ódio de você

Acredite sempre
Mesmo se você tiver um único motivo
Para viver ou sorrir

Acredite sempre
E quando você chegar no fim do horizonte
Achar a fronteira e ver que
Não tem o Além do Limite

Acredite sempre

Nicolas Fragapanne

Esquartejado

Sempre vou temer
Andar pelas esquinas
Nunca vou querer ver
Um arma assassina
Lá estava eu
No sofá, assistindo tv
Com o tempo mais do que longo
Foi quando meu pai me tirou do sofá
Abriu a porta de casa
E eu vi a sala do manicômio
Eu vi pessoas se matarem por dinheiro
Eu vi a manipulação passar por Maria
Eu vi o esquartejamento por inteiro
Eu vi a liberdade sendo trocada por mentiras
Perdi a pureza de estar na inocência
Comi o fruto do conhecimento e do perigo
Fiz tudo o que não me deixaram fazer em anos
Agora vou me matar estou de frente e decidido
Com certeza sua doação não muda uma vida
E quando você precisa de ajuda
Quem vem te por para cima
Será que você não foge da luta?
Nada disso altera o clima, cadê a alto estima
Voltei para minha casa
Com aquele encontro, e aquele lance
De que vivo em um pais de mar salgado
mas o banho é de sangue.
O que será do futuro
Se o nosso presente é viver o passado
O destino se aposentou
Não aguentou a pressão do trabalho

Nicolas Fragapanne
1 compartilhamento

Seguir esse caminho

assim

eu
vou

até
quando
para

encontra
minha
verdadeira
historia

para
os
meus
filhos
contar

cria
um
legado
inspirador
aos
que
não
vão
parar

Nicolas Fragapanne

Pontual


tenho que estar as sete na escola
estar pronto para tudo e para todos
tenho que estar a uma hora no curso
e almoçar a tempo
tenho que terminar o pensamento antes do tempo
responder sem pressa
tenho que chegar logo em casa
antes de começar a novela
tenho que tomar banho rápido
nos mínimos detalhes
estar na mesa de jantar
depois do jornal
e antes do jogo
tenho que dormir cedo
para acordar antes da sete
estar na escola para todos e para tudo
uma hora de curso certinho
e no horário de almoço
tenho que terminar o pensamento antes do tempo
e antes de começar a novela
tenho que tomar banho rápido
depois do jogo a noite
e antes do jornal da manha
tenho que dormir cedo
nos mínimos detalhes
para acorda antes da sete
mas sem pressa

Nicolas Fragapanne

Mormoleta


tão rastejante
a ponto de ser sacrificar
por uma folha

tão pequena
o ponto por quais
querem devora-la toda

tão determinada
sabe que sua fortaleza
é forte

tão julgada
precisa se transformar
para não ver a morte

tão linda
no desenhos de suas asas
a imaginação

tão carinhosa
o doce brincar com ela
é o ato de solidão

Nicolas Fragapanne

Escada

Pela aquela escada eu desci
eu desci pela aquela escada
a mesma que serve para subir
é a mesma para descer
pela aquela escada eu subi
eu subi pela aquela escada
aquela escada se transformou em rotina
subi e desci dia após dia
pela aquela escada tem dois degrau
um degrau tem aquela escada
tanto pequena quanto grande
cansei de subi e descer
pela aquela escada ainda subo
e nessa escada vou me manter

Nicolas Fragapanne

Sem Problema

Com o problema da inflação
acabou o dinheiro
com o problema do recesso
a saudade e o que veio

com o problema da mídia
escondeu-se a informação
com o problema histórico
escondeu-se a escravidão

com o problema da critica
calo-se a boca
com o problema da oportunidade
a arte é pouca

com o problema da escola
acabou a educação
com o problema de reprimir
nas margens tem palavrão

com o problema da ganancia
acabou a mata
com o problema do governo
o que basta é água

Nicolas Fragapanne

Referências

Como viver essa vida maluca
se de mentiras eu vivo inventando
o sangue corre pelo rio comprido
até a terra vai cai em pranto

Como come essa comida amarga
se de veneno e que sobrevivo
respeito nasce a ouvido fácil
idade curta de lenda e mito

De que me vale ser o poderoso
se mesmo vale ser o rebaixado
prefiro ser o filho dessa grota
causa a raiva para todos os lados

E aprendo
com quem vejo

Como é difícil aguenta calado
se nem falando eu posso dizer
Na vida bruta a porta bate forte
fica em pé quem aguenta viver

Não sou sua política nem sou sua ordem
o seu olhar nunca nem me viu
na TV presente em frente
aplaudindo que sempre para você mentiu

Nicolas Fragapanne

Calados

É assim, desse jeito padrão?
ninguém pensa em ser manifestar
isso virou perfumaria
quanto mais eu tenho que olhar?
Tem que ser dia após dia ?

Apenas uns já mudaram
quase sempre criticados
se vem opinião externa
não mais interessa
mas não se preocupe
para conversa nenhuma presa

não ligo, não saio, não vejo
beleza pura da cor do pecado
para os iguais e desejo
não sou troféu, não sou dinheiro
não ganho oi, tchau, nem beijo

mas faço questão de você
bem aqui perto
me chamam de abrigo para os urgentes
mas não esqueça de esquecer de mim
e assim desse jeito diferente.

Nicolas Fragapanne

Esqueci meu guarda chuva


Nossa! Esqueci da lei
Esqueci do argumento
Esqueci do dinheiro
Esqueci do investimento

Esqueci da come
minha fome nem me lembro
durante o fórum
Esqueci ate do acusador

Esqueci de prende
Esqueci do código de conduta
Esqueci de lembra de tudo
mas no momento
Esqueci MEU GUARDA CHUVA

Nicolas Fragapanne

Social

Educação
a base da saúde
Educação
a rua me iludi
Educação
me ajuda a ter lazer
Educação
é ler e escrever
Educação
vem comigo vem sonhar
Educação
quero respirar
Educação
também é social
Educação
hoje é desigual
Educação
Educação
Educação

Pela nação

Nicolas Fragapanne

Por Momentos

Não resisti pensei que podia ter o poder de alegra, foi por um momento que pensei que fosse concreto,concreto tudo aquilo que gosto, amo, e admiro, e na cena do casal romântico, onde você troca de lugar com a mocinha(o) só para se senti seguro,amado por alguém...Você acha que a vida terá um final e é nessa hora QUE O DESPERTADOR TOCA Ahhhhhh.
Ela não é sua inimiga muito menos sua amiga, mas a ilusão faz você se senti tão bem com si mesmo,não é?
Mas você já saiu do desperta, os sentimentos de amar e de decepção já acabaram e você passou por outra lição de vida sem se machucar, mas ficou duvidas perguntas a serem respondidas, o que é pior você mesmo é quem responde.
Mas com o pouco que aprendeu terá conteúdo para deixa escrito no seu diário pessoal com o titulo de ''EXPERIÊNCIAS'' .
É verdade e um fato a culpa não sabemos de quem é, mas a versão do projeto vida não estar de acordo com a pratica, o erro pode estar na teoria ou estar no ''livre arbítrio'', e por fala nele

QUAL É O SEU MOMENTO?

Nicolas Fragapanne
1 compartilhamento