Coleção pessoal de Fragapanne

1 - 20 do total de 35 pensamentos na coleção de Fragapanne

Sorriso

Lembrei dos dias
em que via você saindo
com os vizinhos
enquanto eu na minha casa
cuidava do meu irmãos

até certo ponto
não me importava tanto
mas você me viu como isca
para me usa nos seus planos

me deu ideias de vida
planejamentos do futuro
iludiu minhas lágrimas
não me fazendo como um brinquedo

me assustei ao sabe
quem era você de verdade
a mulher dos meus sonhos
era apenas uma falsidade

enquanto você se divertia
sobre minhas custas
você roubava me sorriso
sim o meu sorriso
o meu sorriso
o que me custou muito

a covardia contra um cavaleiro
e muito pesado para você viver
carregando a culpa sem amor
não vale a pena chorar por você
sinta muita dor

Nicolas Fragapanne

O meu despertar

O Despertador tocou
acordo mais desporto
mas antes de começa
uma olhada no meu rosto
me olho no espelho
e vejo meu cabelo
mas do que o normal esta preto
minha pele negra
negra reluzente
como também o brilho
branco do meu dente
os olhos com cor de vencedor
forte me sinto ao sabe
que o sol já chego
um bom café para toma
logo no dia de manhã
feliz logo fico ao sabe também
que meu time ganhou no Maracanã
estou de partida ao mundo
do céu azul de nuvens brancas
só pode ser a dona sorte
que está mudando o meu dia
a pedido da senhora esperança

Nicolas Fragapanne

Querido Diário

Querido diário
como te odeio
você me faz lembra
de quando eu era feio
querido diário
quem te deu esse apelido?
de querido você não tem nada
você e mesmo meu inimigo
querido diário
por que guarde segredo
do inicio ao fim
só te li ate o meio
querido diário
conte me mais sobre suas historias
enquanto leio seus verso
minha imaginação vai embora
querido diário
também te agradeço fui eu que te fiz
PS um grande beijo

Nicolas Fragapanne

Momentos de exílio

Estava totalmente arrepiado
só sentia meu sangue esquentar
estava pronto para o beijo
a não tocou o despertador, tenho que acordar

bom dia, sem resposta
como será que o dia em você vai
tenho que me concentra nas coisas lógicas
eu já esqueci o que está lá atrás

sentei perto do local onde ti encontrei
aquele que antes estava eu te esperando
mas você não veio, droga de destino
sempre aprontando

não tem palavra que defina
simplesmente você não apareceu
tenho medo de te encontra
e você me dizer adeus

Nicolas Fragapanne

Manual não registrado

Não vale ser humano
o corpo tem que funciona controlado
não há vontades na carne
o impulso é um mito e a fala
vem de dentro legendado
de que jeito pensar no que gosta
se o seu gosto é influenciado
eu vou pensado junto ao meu senhor
que tudo isso está errado

buscar uma vida melhor
para não continuar no mesmo caos
buscar, porque buscar?
sim, encontra o bem e si livra dos maus
crescer para alguém e viver sozinho
reproduzir pessoas como você
que trabalhem e trabalhem e trabalhem
quando pararem de idolatra
vão percebe que estão a envelhecer

ao fim dos tempos
estarei rindo de minhas desgraças
meus monstros serem lembranças
apenas cantarei as melhores musicas
só depois disso perceberei que sou uma anta
eu espero que o destino atire errado
se for está historia
não brinco mais com os fatos

Nicolas Fragapanne

É Frio

meus dedos estão tremendo
o frio só aumenta
não há blusa de frio
que me esquenta

entre os dedos, o vão gelado
o frio abusa do espaço
que está logo aqui
em todos os lados

mas não é a temperatura que me incomoda
mas é o vão, sem ninguém
do mais puro vaio
perto de mim, as pessoas ficam além

eu não tenho sentido sozinho
mas a minha tristeza não afeta ninguém
mas é melhor ficar feliz sozinho
do que triste do lado de alguém

Nicolas Fragapanne

O que pensar

O que pensar?
O que dizer?
O que fazer?

O que pensar
de alguém que sempre te esperou
e que no meio da noite te apoiou
para que no dia seguinte enxugar
as lágrimas que você tanto derramou?

O que dizer
da pessoa que por você mal dormiu
e que você não desistiu
e que te faz feliz desde abril?

O que fazer
para agradecer por sua companhia
que por você, morre de alegria
e que toda noite faz você
gastar toda a sua bateria?

Beatriz Fragapanne

Somântico

A

MAIS

M

MAIS

O

MAIS

R

É IGUAL

A ROMA

Nicolas Fragapanne

Garoto com Sonhos

Segunda
foi o dia que eu te vi
quem é você

Terça
você esbarrou em mim
quero te conhecer

Quarta
eu te conheci
quero estar com você

Quinta
você saiu comigo
quero ligar para você

sexta
você me ligou quero beija você

Sábado
pedi um beijo de você
quero uma resposta

Domingo
eu ia beija você
ai o despertador tocou
perdi todo o romance
to com raiva tenho prova
e o meu café não está pronto
o vida em

Nicolas Fragapanne

Lágrimas

Posso chama de Beatriz?
Não! Ok então digo lágrimas

Lágrimas são suas marcas
suas cicatrizes, sua historia
lágrimas são as minhas amigas
que me escutam chora por traz da porta

lágrimas são prova de sobrevivência
dos dias, anterior da aquela guerra
lágrimas é a luta é o luto
do cego, do mudo, e surdo

lágrimas se tornou sorriso
Ops! o tempo acabou
lágrimas está numa ligação
A lágrima voltou

lágrimas estava sozinha
encontrou seu pano
para pode te barra
são só uns estante
para lágrimas não voltar

lágrimas é seus inimigos
esperando eles te mata
pois só espere
porque as lágrimas vou enxuga

Nicolas Fragapanne

O corpo e a dança

levantei meus braços
para acompanhar minhas pernas
subiu a grande intenção do acaso
o sentimento se encontrou com a alegria externa

ofereci meu corpo para dança
ela devolveu minha historia
sem os problemas que conheço
a cada passo eu cresço

cheguei ao movimento mais maduro
o que leva a escolher
ser mais bruto e ter razão
o deixar a emoção dizer

curto cada momento
a dança toca em mim e eu sinto
me movimento para dizer a todos
que a dança está me evadindo

acabou o ataque
estou muito destruído
não pedi para dança para
agora me sinto esquecido

deixei meus braços cair
para lembra minhas pernas
o acaso vai embora
o sentimento e o que resta

Nicolas Fragapanne

Sentindo ao contrario

Eu quero ficar perto de você
não vou muda de opinião
com toda experiência que tenho
é amor e não paixão

estou sentindo você ao contrario
espero está errado

diferente o peso
do adoro, para amar
não se preocupe, terá tempo
para você em si mesma acreditar

acreditar que estou aqui
do seu lado

pode fazer calor, frio, ou só neutralizar
você ficará pensando
enquanto eu, serei o homem de só amar

só amar, só amar, só amar

é agora
ficaremos nos olhando, só nos olhando
aqui é o ponto que chegamos?
então eu desço no próximo ponto

Nicolas Fragapanne

Garota dos meus sonhos

Mal te vi hoje
você estava cuidando de sua cabeça
espero está dentro dela
porque você está na minha com certeza

acabei de ganha um abraço
que modesto
agora fiz um novo laço
ainda te sequestro

o que será que vem amanha
me diz você garota
ainda to caminhando
sonhando, sonhando, sonhando, a toa

você já não consegue mais fugir
mas é procurando que acha a saída
talvez eu esteja lá
acordado, para entra na sua vida

já está tarde e você não apareceu
sozinho hoje, vou enfrenta meus monstros
mas você vai dormir na minha cabeça
garota dos meus sonhos

Nicolas Fragapanne

Ainda tem mais

Quando ti encontrei
você estava esperando minhas palavras
eu disse tudo que podia dizer
só não disse que você está sendo amada

alegria estava no seus olhos
rodeado pelo mar que é seu rosto de felicidade
mas eu não disse o que sempre ensaio no espelho
dessa vez fui um covarde

andando nas ruas da sua casa
uma bolha colocou a cobria a gente
agora a rua só tem nós dois
e eu fiz você sorri novamente

já estamos chegando
e eu sabia o que ia acontecer
iríamos nós despedi, e a conversa acabar
ai eu peguei sua mão, beijei sua bochecha
e você tão forte veio me abraçar

naqueles momentos eu fui ao céu
e eu cheguei a notar
que mesmo eu não tenha dito hoje
um eu te amo você sempre ira esperar

Nicolas Fragapanne

Olhar para o futuro

Eu só espero que não
não quero ver você daqui a 10 anos
enquanto você toca bateria e eu canto
espera! Eu troquei, foi um engano

andamos tanto no meio das ruas
esperando alguma coisa acontecer
eu estava esperando do céu as respostas
agora de você...
melhor deixa você dizer

quando disfarcei com os minhas brincadeiras
você notou, mas meu deu moral e seus sorrisos
eu te disse que iria te sequestra
isso você não acreditou
lá estava eu, te esperando escondido

Amanha você vai lembrar do nosso dia
das risadas, dos pensamentos, dos alívios,
dos maus entendidos
do eu te amo, do pensar em fala
espero te mudado seu dia
qualquer coisa sabe onde me encontra

você faz aula, ok
mas hoje eu canto
felicidades

Nicolas Fragapanne

Você é meu sonho

Hoje eu abracei minha mãe
diante a lua
enquanto você gritava com a sua
eu te amo pai
e sai para rua
pai você não me entende não me muda

eu preciso dormir
para pode sonhar

eu vi umas garotas sorrindo
por estarem se vendo de novo
igual você diante a mim
mas você não tem ninguém
está no fundo do poço

para pode sonhar
só consegue dormindo

deixa eles de lado
esquece
me abraça agora
enquanto a tempo
porque não quero ir para aquela casa
não lá de novo
não lá dentro

Só sonha de verdade
quem consegue mesmo dormir

ela vai embora em lágrimas
e eu vejo duas garotas contando o tempo
sem para porque acordadas elas
não tem tempo de sonhar

Nicolas Fragapanne

O livro na mesa

Meus olhos caíram
minha cabeça foi junto
esqueci meu livro na mesa
você me acorda, que susto

após a briga que tive
você me consolou
estou atordoado
parece que alguém me matou

agora estou com o livro na mão
ele não vai cair
você me acordar
para eu não dormir

voltei a estaca zero
caíram meus olhos e a cabeça
estou fora do foco e de forma
volta o livro para a mesa

você me acorda no susto
acariciando a minha cabeça
olha como se eu fosse uma criança
indefesa que está presa
com o livro na mesa

Nicolas Fragapanne

Meu relógio chato

Já são 5:30 da manha
ele vai apronta
não quero sabe
ser é necessário
o problema é acorda

5:40 da manha
ele já esta ansioso para me pega
mas estou esperto
para não vacilar na hora H

5:50 da manha
ele já esta do meu lado
quer fazer barulho
igual a ele só ele mesmo é chato

6:00
Adivinha quem tocou
meu nome é despertador

Nicolas Fragapanne

O lápis colorido

No papel branco listrado
vejo meus sonhos pintados
crio desenhos em retrato
no papel branco listrado

com o lápis vermelho
faço no papel um pássaro no meio
tudo isso crio por inteiro
com o lápis vermelho

no lápis verde
desenho uma árvore com sede
minha imaginação aparece vedete
no lápis verde

gosto do lápis amarelo
com o sol batendo no meu teto
só digo isso do meu castelo
porque gosto do lápis amarelo

surgiu por, fim o lápis azul
me engano pensado que é blue
achei um lápis no meu chuchu
surgiu por fim o lápis azul

Nicolas Fragapanne

Focagem

Ficar
Feliz
Faz o
Futuro
Fraterna
Frente a
Frente a minha
Face

Nicolas Fragapanne