Coleção pessoal de flooor

1 - 20 do total de 110 pensamentos na coleção de flooor

É engraçado ter você de novo. Engraçado e estranho. Engraçado, estranho e maravilhoso.
Cansa um pouco ouvir das mesmas pessoas a frase: ” Vocês nunca deviam ter se separado.”. Eu discordo. Devíamos sim!
Eu precisava desse intervalo de tempo. Eu precisava ter certeza que o que há entre nós é maior do que tudo aquilo que parece existir por aí.
Eu acho que o meu amor por você fingiu morrer só pra nunca deixar de viver, pra nunca deixar de ser amor, esse amor amor pleno, eterno e perfeito. E principalmente, pra nunca ver o fim do teu amor por mim.
E agora que estamos novamente lado a lado eu consigo enxergar: era o meu destino!
Eu sei, nós temos sorte. Acho que somos as pessoas mais sortudas do mundo e digo isso por que acredito que quando se é a pessoa mais sortuda desse planeta a pesoa que você ama decide te amar em troca. E eu que por tanto tempo lutei contra esse sentimento hoje,mais do que nunca quero vivê-lo.
Faz tempo, mas parece que foi ontem. Você me deu um beijo e mudou toda a minha história. Já não consigo me imaginar com outro alguém sem ser você.

Desconhecido
262 compartilhamentos

É por você me dar tanta certeza que eu fico indecisa
Não sei se é verdade ou mentira
E se eu tento te esquecer você parece fazer questão de se fazer lembrar
Somos tão diferentes e por isso mesmo tão iguais
Compartilhamos palavras e silêncios
Mas tua segurança me deixa insegura
Teu carinho me faz carente
Tua voz me faz rouca
Eu que prefiro preto no branco
Que queria tudo agora e não podia esperar pelo depois
Eu gostava tanto de mim
e ando gostando mais de você…

- Poetriz

Desconhecido
74 compartilhamentos

Segundo Tempo



Vamos admitir: estamos no mesmo time. Nós que tanto erramos, acertamos, suamos durante dias e noites, viramos madrugadas, nós que fazemos falta (Tanta falta!). Haja amor para tanto treino! Nós que comemoramos vitórias, que torcemos pelo outro, você que acelera meu coração em segundos, eu que faço você perder a linha com um só toque, me responda: pra que tanta regra? A vida também tem juiz? Ah, por favor. Me deixa te abraçar na hora em que seu olhar me tirar o fôlego. Pode existir escanteio, mas não existe reserva. Não gosto de jogar na defesa, não quero ninguém em meu lugar, não admito táticas e técnicas, não me venha com bola fora, não me faça perder o juízo (ele que já anda perdido). Meu passe é livre, eu vou pra onde eu quero, mas quero com você. Bola minha? Sorte sua! Já que ganhou uma vez, leva tudo. Mas leva mesmo. Eu não sou troféu, eu não gosto de jogar. Mas se for preciso, viro sua adversária só para trocar a camisa.

Tempo esgotado.

Vai querer ou vai correr?

Desconhecido
8 compartilhamentos

Pensamentos não são lamentos

Maio 31, 2008 at 10:19 pm (amor, minha verdade)

Ela tornara a lembrar daqueles dias em que seus ouvidos cansavam de uma conversa que ela já sabia de cor;
Olhou para o telefone afim de escutar novamente aquela voz segura, uma impertinência no sotaque e um ‘alô’ cheio de malícia.
Quantas e quantas vezes ela ensaiou frases indelicadas e verdades que jamais seriam ditas…
Ela sabia que haveria uma réplica da parte dele, que provavelmente a deixaria sem fala e sem razão, e a partir dali, todos os ensaios das noites insones seriam esquecidos e o máximo que ela poderia fazer era prometer que aquela foi a última vez que ligara, e ele lhe diria um adeus num tom de deboche, sempre orgulhoso.
E então ela só precisava respirar durante alguns segundos, se recompor e buscar em sua mente todas as formas de dizer o quanto era desagradável tê-lo como lembrança, e chegara a ser vergonhoso a maneira como ela havia deixado ele conduzir aquela relação.
São apenas pensamentos fora de hora e de lugar, fora de suas próprias razões, que teimam em não querer achar significado em dias assim. E durante seu pré-sono, ela fica imaginando se ele ainda prefere dormir naquela posição que esconde praticamente todo o seu rosto, ou se ele continua com aquelas manias que a faziam odiá-lo até o próximo beijo.



- Biani

Desconhecido
5 compartilhamentos

Se não era amor, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não se sabe se vai ser antes ou depois de se chocar contra o solo. Eu bati a 200 km por hora e estou voltando a pé pra casa, avariada.
Eu sei, não precisa me dizer outra vez. Era uma diversão, uma paixonite, um jogo entre adultos. Talvez este seja o ponto. Talvez eu não seja adulta o suficiente para brincar tão longe do meu pátio, do meu quarto, das minhas bonecas. Onde é que eu estava com a cabeça, de acreditar em contos de fada, de achar que a gente muda o que sente, e que bastaria apertar um botão que as luzes apagariam e eu voltaria a minha vida satisfatória, sem seqüelas, sem registro de ocorrência? Eu não amei aquele cara. Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada.
Não era amor,era uma sorte. Não era amor, era uma travessura. Não era amor, eram dois travesseiros. Não era amor, eram dois celulares desligados. Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno. Não era amor, era sem medo. Não era amor, era melhor.

Martha Medeiros
284 compartilhamentos

Só por você eu dei até o que eu não tive
Há tantos que vivem sem viver um grande amor
Eu que sonhei por tanto tempo em ser livre
Me prenda em seus braços
É o que eu te peço.

ana carolina
11 compartilhamentos

“Se eu pudesse fazer um pedido, acho que deixaria passar.
Não consigo pensar em nada que eu precise…
Nem cigarros, nem sono, nem luz, nem som,
Nada para comer, nem livros para ler…

Fazer amor com você
Me deixa tranqüilo e aquecido por dentro.
O que mais eu poderia pedir?
Não sobrou nada para ser desejado…
A paz me encontrou e ela me deixa fraco.
Não durma, anjo, não durma…

Às vezes, tudo que preciso é o ar que eu respiro…
E amar você.


- The Air That I breath . Simply Red

Desconhecido

…essa noite em que passamos juntos…
Eu gostaria de ficar assim pra sempre

Não quero
Perder toda a minha vida sem você ao meu lado

Eu te ouvi perguntar
Você vai ficar do meu lado?
Eu não preciso mentir
Apenas uma coisa passou pela minha cabeça

Eu não sei o que vai acontecer amanhã
Mas eu faço qualquer coisa quando vejo seu sorriso
Você pode confiar em mim
Por que eu… eu vou ficar do lado!

Desconhecido
24 compartilhamentos

“Eu te prometo não ir
Eu te prometo cuidar
Eu te prometo ficar assim
Sem chão , sem ar
Quando você em chuva , tempestade ou sol
Vier e me quiser beijar.
Eu te prometo sorrir
Você promete me amar
Tanta promessa pra quê
Se o vento pode mudar
E simplesmente aqui estou
E aqui eu gostaria muito de ficar
Suco de tangerina eu faria
Controle da tv eu te daria
Até filminho de amor assistiria
Naqueles dias te suportaria
Em meus melhores dias
Eu até te mereceria
Eu te prometo suar
Em cada noite servir
O que você me pedir eu vou te dar
E ninguem nessa rua , nesse mundo
Vendo tanto amor vai nos perdoar ”

Desconhecido

‘Olha, antes de o ônibus partir eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente, sabe? Dessas coisas tão difíceis de serem ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se sabe nem como serão ditas nem como serão ouvidas, compreende? (…) Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você, eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e “desamar” era não mais conseguir ver, entende? Dolorido-colorido, estou repetindo devagar para que você possa compreender (…) Fico só querendo te dizer de como eu te esperava quando a gente marcava qualquer coisa, de como eu olhava o relógio e andava de lá pra cá sem pensar definidamente e nada, mas não, não é isso, eu ainda queria chegar mais perto daquilo que está lá no centro e que um dia destes eu descobri existindo, porque eu nem supunha que existisse, acho que foi o fato de você partir que me fez descobrir tantas coisas.’

Desconhecido
7 compartilhamentos

Preciso de Alguém

Meu nome é Caio F.

Moro no segundo andar, mas nunca encontrei você na escada

Preciso de alguém, e é tão urgente o que digo. Perdoem excessivas, obscenas carências, pieguices, subjetivismos, mas preciso tanto e tanto. Perdoem a bandeira desfraldada, mas é assim que as coisas são-estão dentro-fora de mim: secas. Tão só nesta hora tardia - eu, patético detrito pós-moderno com resquícios de Werther e farrapos de versos de Jim Morrison, Abaporu heavy-metal -, só sei falar dessas ausências que ressecam as palmas das mãos de carícias não dadas.

Preciso de alguém que tenha ouvidos para ouvir, porque são tantas histórias a contar. Que tenha boca para, porque são tantas histórias para ouvir, meu amor. E um grande silêncio desnecessário de palavras. Para ficar ao lado, cúmplice, dividindo o astral, o ritmo, a over, a libido, a percepção da terra, do ar, do fogo, da água, nesta saudável vontade insana de viver. Preciso de alguém que eu possa estender a mão devagar sobre a mesa para tocar a mão quente do outro lado e sentir uma resposta como - eu estou aqui, eu te toco também. Sou o bicho humano que habita a concha ao lado da conha que você habita, e da qual te salvo, meu amor, apenas porque te estendo a minha mão. (...)

Tenho urgência de ti, meu amor. Para me salvar da lama movediça de mim mesmo. Para me tocar, para me tocar e no toque me salvar. Preciso ter certeza que inventar nosso encontro sempre foi pura intuição, não mera loucura. Ah, imenso amor desconhecido. Para não morrer de sede, preciso de você agora, antes destas palavras todas cairem no abismo dos jornais não lidos ou jogados sem piedade no lixo. Do sonho, do engano, da possível treva e também da luz, do jogo, do embuste: preciso de você para dizer eu te amo outra e outra vez. Como se fosse possível, como se fosse verdade, como se fosse ontem e amanhã.

(Crônica publicada no “Estadão” Caderno 2 de 29/07/87)

Caio Fernando Abreu
65 compartilhamentos

Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido.

Caio Fernando Abreu
571 compartilhamentos

A razão porque dói tanto separarmo-nos é porque as nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham estado e sempre o fiquem. Talvez tenhamos vivido milhares de vidas antes desta, e em cada uma nos tenhamos reencontrado. E talvez que em cada uma tenhamos sido separados pelos mesmos motivos. Isto significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio ao que virá.
Quando olho para ti vejo a tua beleza e graça, e sei que cresceram mais fortes com cada vida que viveste. E sei que gastei todas as vidas antes desta à tua procura. Não de alguém como tu, mas de ti, porque a tua alma e a minha têm que andar sempre juntas. E assim, por uma razão que nenhum de nós entende, fomos obrigados a dizer-nos adeus.
Adoraria dizer-te que tudo correrá bem para nós, e prometo fazer tudo o que puder para garantir que assim será. Mas se nunca nos voltarmos a encontrar outra vez, e isto for verdadeiramente um adeus, sei que nos veremos ainda noutra vida. Iremos encontrar-nos de novo, e talvez as estrelas tenham mudado, e nós não apenas nos amemos nesse tempo, mas por todos os tempos que tivemos antes.

Noah Calhoun
130 compartilhamentos

Olha amor, vê como eles mergulham fundo e vão mais longe pra te ver. Só trago comigo a certeza de que o tempo sempre muda, os ventos sempre transitam e um dia desses você vai ter que voltar. Vai cair em si e ver que a sua próxima terra firme já é um território meu. Mas até lá o amor já terá me dado tantos caldos que eu estarei te esperando, exausto, com o pé na beirinha d’água, jogando pedrinhas que nem ferem mais o mar.

Desconhecido

Você não enjoa. Você me cansa demais mas não enjoa.
E quando você me cansa eu enfio a minha cabeça no fortinho do seu peito, eu que sempre odiei os malhado...

E eu te anulo o tempo todo dizendo para mim, repetindo para mim, o quanto você falha, o quanto você fraqueja, o quanto você se engana.
E fazendo isso, eu só consigo te amar mais ainda.
E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo.

Tati Bernardi
13 compartilhamentos

Triz

Eu quase consegui abraçar alguém semana passada. Por um milésimo de segundo eu fechei os olhos e senti meu peito esvaziado de você. Foi realmente quase. Acho que estou andando pra frente. Ontem ri tanto no jantar, tanto que quase fui feliz de novo. Ouvi uma história muito engraçada sobre uma diretora de criação maluca que fez os funcionários irem trabalhar de pijama. Mas aí lembrei, no meio da minha gargalhada, como eu queria contar essa história para você. E fiquei triste de novo. Hoje uma pessoa disse que está apaixonada por mim. Quem diria? Alguém gosta de mim. E o mais louco de tudo nem é isso. O mais louco de tudo é que eu também acho que gosto dele. Quase consigo me animar com essa história, mas me animar ou gostar de alguém me lembra você. E fico triste novamente. Eu achei que quando passasse o tempo, eu achei que quando eu finalmente te visse tão livre, tão forte e tão indiferente, eu achei que quando eu sentisse o fim, eu achei que passaria. Não passa nunca, mas quase passa todos os dias. Chorar deixou de ser uma necessidade e virou apenas uma iminência. Sofrer deixou de ser algo maior do que eu e passou a ser um pontinho ali, no mesmo lugar, incomodando a cada segundo, me lembrando o tempo todo que aquele pontinho é um resto, um quase não pontinho. Você, que já foi tudo e mais um pouco, é agora um quase. Um quase que não me deixa ser inteira em nada, plena em nada, tranqüila em nada, feliz em nada. Todos os dias eu quase te ligo, eu quase consigo ser leve e te dizer: “Ei, não quer conhecer minha casa nova?” Eu quase consigo te tratar como nada. Mas aí quase desisto de tudo, quase ignoro tudo, quase consigo, sem nenhuma ansiedade, terminar o dia tendo a certeza de que é só mais um dia com um restinho de quase e que um restinho de quase, uma hora, se Deus quiser, vira nada. Mas não vira nada nunca. Eu quase consegui te amar exatamente como você era, quase. E é justamente por eu nunca ter sido inteira pra você que meu fim de amor também não consegue ser inteiro…

Eu quase não te amo mais, eu quase não te odeio, eu quase não odeio aquela foto com aquelas garotas, eu quase não morro com a sua presença, eu quase não escrevo esse texto. O problema é que todo o resto de mim que sobra, tirando o que quase sou, não sei quem é.

Tati Bernardi
326 compartilhamentos

você pode ter todos os defeitos do mundo, mais ainda é melhor do que o resto do mundo. Eu sempre me apaixono por você. Todas as vezes que te vi, nesses últimos quatro ou cinco anos, eu sempre me apaixonei por você. Eu sempre estive pronta pra começar algo, pra tomar um café de verdade, pra passear de mãos dadas no claro... Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais.

Tati Bernardi
17 compartilhamentos

Aonde está você pelo amor de Deus! Aonde está você? Não vê que estou cansada de pertencer a todos e não ser de ninguém? Não vê que minha devolução me enfraquece cada vez mais em me entregar?
Não vê que na loucura de te encontrar não meço as entregas? E elas nunca são entregas porque eles nunca são você.

Tati Bernardi
26 compartilhamentos

Você está bem onde está, eu estou bem onde estou. Mas, como aconteceu naquele dia na praia, em que eu passei indo com meu novo amor e cruzei você vindo com seu novo amor, não tem como a gente não olhar para trás.

Tati Bernardi
10 compartilhamentos

Eu diria que estou arrependido
Se achasse que isto faria você mudar de idéia
Mais eu sei que desta vez
Eu falei demais
fui indelicado demais
Eu tento rir disso tudo
cobrindo com mentiras
eu tento rir disso tudo
escondendo as lágrimas em meus olhos
Pois garotos não choram
garotos não choram
Eu me desmancharia aos seus pés
mendigaria seu perdão
imploraria a você
mas eu sei que é tarde demais
e agora não há nada que eu possa fazer
por isso eu tento rir disso tudo
cobrindo com mentiras
eu tento rir disso tudo
escondendo as lágrimas em meus olhos
Pois garotos não choram
Eu diria a você
que te amava
Se achasse que você ficaria
mas eu sei que é inútil
e você
foi embora
Julguei mal o seu limite
fiz você ir longe demais
ignorei sua vontade própria
pensei que você precisasse mais de mim
Agora eu faria qualquer coisa
para ter você de volta ao meu lado
mas eu só fico rindo
escondendo as lágrimas em meus olhos
Pois garotos não choram garotos
Garotos não choram
Garotos não choram

the cure
3 compartilhamentos