Coleção pessoal de Elianeteles

Encontrados 12 pensamentos na coleção de Elianeteles

Me pergunto quando é que nos perdemos das pessoas, não tenho uma resposta definitiva . talvez seja por pensar que sempre estarão ao nosso redor ou somos nos que não cuidamos para que sempre estejam , olho para recordações que surgem na tela do meu celular é relembro de sorrisos , abraços e alegria de pessoas que estiveram presente na minha vida , me parecem tão distante é estranho lembrar que já estiveram aqui junto a mim e que são apenas recordações .cada um pro lado cuidando de suas próprias vidas ,são coisas que fogem ao nosso controle é quando percebemos já não é tão possível de se recuperar .

Eliane teles

amizade que se constrói


faz tempo que não te escrevo também já algum tempo do qual me lembro de tomamos um bom vinho juntos e conversamos sobre coisas da vida ,algumas coisas mudaram é há uma certa distancia entre a gente sempre que te encontro sinto aquela energia boa de quando estamos juntos um abraço apertado se constrói a meia duzias de olhares que paira no ar tem gosto de amizade recípocra daquelas que se estabelece sem percebermos , tudo permanece igual mesmo durante meses já se passados .

eliane teles

Uma pessoa que te faça ser melhor , vale apenas de se conhecer .

Eliane teles

vejo tanta gente ostentando felicidade , mais vivendo vazia por dentro.

Eliane teles

Era necessário este tempo que estamos tendo para que nós encontrássemos consigo mesmo e redefinir o que é realmente importante, espero que tenha se encontrado como a mim, e colocado sua vida em ordem. aos poucos o encantamento vai sendo quebrado, e o que houve entre a gente vai permanecendo em um passado recente , seguir em frente e a nossa única opção , não haverá uma despedida ou até mesmo um adeus , é só um preciso ir por tudo que se foi vivido, para que continue intacto cada momento na memória, preservado para que possa ser recordado quando se ouver saudade , estou bem não se preocupe comigo, vai viver estarei feliz em ser uma mera observadora da sua felicidade .

Eliane teles

Sinto que preciso viver de tal forma que ainda não sei explicar , preciso de sorrisos sinceros , abraços,compartilhar coisas como uma piada que possamos gargalhar alto por alguns minutos ou horas e ter aquela boa sensação da barriga doer de tanto rir,
Preciso de qualquer coisa que possa amenizar o vazio que anda me consumindo dia a pós dia.
De quando ao deitar a cabeça no travesseiro é não há nada a que me apegar ,sem ter um rumo certo a se seguir, olho para os lado não vejo ninguém dou um grito é há apenas um eco pela casa não tem ninguém mais além de mim , tento novamente na esperança de pelo menos um sussurro e nada somente paredes é uma tristeza que insiste em tomar conta do meu ser . Uma lágrima brota pelo canto do meu olho insistindo em percorrer o rosto que antes era alegre , tento controlar as minhas emoções naquele momento, mais meu corpo já não me obedece .Quando dou me por conta estou em prantos é uma alma sendo lavada .

Eliane teles

estou sentindo saudades mas tenho que ficar só, sem ninguém, sem forçar nada e respeitar o outro, uma verdadeira oração silenciosa, o que não pode ser realmente nunca será, então sigo o meu destino sempre em não ser, carregando-o em meu coração.

Geraldo Neto

Tarde calorosa de verão, qualquer sentimento que me ocorre é de plenitude. É reconfortante estar em um lugar que me traz tanta paz. O vento corre sem presa e, vagarosamente, o pôr do sol se aproxima. Olho para o céu e agradeço por mais um dia concedido. Eu me sento na areia e observo o mar, há apenas o barulho das ondas, que se formam a poucos metros de mim. Você chega, faz uma breve observação, como se lesse meus pensamentos, e me mantém no seu abraço, ficamos ali até o anoitecer.

Eliane teles

O quanto dói uma despedida ?
Quando se precisa ser forte para tomar a decisão certa, o quanto dói dá um último beijo,só pra que se haja uma boa recordação ,o quanto dói o último abraço, é uma composição de conforto e saudade ao mesmo tempo ,a mão se desencaixando lentamente é tão intenso ao mesmo tempo desesperador , dá um último adeus a tudo que se foi vivido há uma sensação de está experimentando o fel pela primeira vez, é amargo,dói, maltrata é devastador.
Preciso te deixar ir, na verdade é necessário e sabe bem o porquê, já te disse tudo que havia pra ser dito ,não me ligue ,não me mande mensagem , não vá a minha casa ,muito menos ao meu trabalho fui clara.
A cada centímetro que me distâncio as pernas travam o soluço brota, como se estivesse cravando uma faca no meu peito , tudo dói por dentro , não consigo esconder o que sinto, nunca fui boa com essas coisas .
Sinto com uma velocidade tão absurda de intensidade que não dá pra desfaçar é você sentiu o que ?
Não mente , diga-me a verdade , percebeu como estou agora, "Te vê ali sentado naquela mesa que antes parecia ser reservada a nós aonde tudo começou , abraços , sorrisos , gargalhadas ,e infinidades conversas.
Eram apenas minutos, mais o suficiente pra se ficar feliz por uma tarde inteira, lembra quando te pedistes para fechar os olhos e relutastes comigo por alguns segundos, mais que acabou cedendo, te pedir para se imaginar em alto mar sentindo o vento no rosto é com alguém á qual gostasse , bem naquele momento me rendi a teus encantos, quando vi suas expressoēs faciais se formarem em um leve soriso , lembra -se ou será que não? " o sol refletia na vidraçaria a sua frente ,quando ao passar por perto lhe avistei o quanto estava envolvido no celular que não percebeste a minha presença , fui embora.
depois daquele dia , não mais o vi se passaram semanas é até meses ao qual não mais o vejo , cogitei a possibilidade de ter mudado de cidade ou passar algum tempo com a familia, meus pensamentos vagam ali sentada naquela mesma mesa há qual um dia foi nossa, Quando dou me por conta meus olhos estão ávidos á um ser que se aproxima , era você, alto ,corpo meio atlético, cabelo curto e barba feita, com uma camisa de linho vermelha ,não tive dúvidas ,minha feiçoēs mudaram dava espaço até então a mãos geladas o coração saltitante, me sentia como um pássaro preste a dá sinal de vôo, segundos depois estava a minha frente todo sem jeito,me perguntará se estava tudo bem, respondi -lhes que sim e você se foi sem olhar pra trás.
Ainda dói ,não com tanta frequência como antes .
preciso seguir em frente, como á você que parece fazer o mesmo , marcou minha vida de forma tão positiva, agregando me valores, estando ao meu lado em momentos de tristeza e alegria .não vou negar que sentirei sua falta não é da noite pro dia que se esquece alguém ,não é mesmo , Mais quem sabe ,um dia a gente continua.

Eliane teles
Tags: sentimento

Ao pensar em você nessa tarde lembro dos bons momentos da saudade que a gente insiste em sentir , o abraço apertado a cada vez que nós vemos e a sintonia que nos invade como brisa de verão , o olhar que se encontra no outro sem que haja palavras. ainda me lembro do seu riso solto da energia contagiante que sinto quando estou com você , sinto saudade ao te olhar pela janela do carro , daquelas de largar tudo é correr pro seu abraço , os dias vão passando é finjo a mim mesma que somos só bons amigos .

Eliane teles

Tarde calorosa de verão, qualquer sentimento que me ocorre é de plenitude, está em um lugar que me trás tanta paz ,o vento corre sem presa é pessoas se divertem pelos arredores da praia . mais sinto sua falta.

Eliane teles

seja sua própria essência, antes de querer ser essêncial na vida de alguém.

Eliane teles