Coleção pessoal de CamiiRodrigues

1 - 20 do total de 62 pensamentos na coleção de CamiiRodrigues

Como você quer que este teu presente fique quando ele virar passado?

unknown

“Sabe quando você ama tanto uma pessoa que é incapaz de imaginar sequer um dia da sua vida sem ela?”

883 km de você.

“Nunca fui fã de despedidas e de uma forma injusta a vida me ajudou um pouco com isso, mas a verdade mesmo é que eu realmente queria ter me despedido, ter dado um último beijo, um último abraço, ter dito alguma coisa legal, mas a vida não me deu esse privilégio. A última vez que te vi você estava feliz, tinha um lindo sorriso no seu rosto, você parecia estar bem, saudável, e essa é a minha melhor lembrança, mesmo com o passar dos anos seu sorriso ainda está na minha memória e quando me lembro de tudo isso fico insatisfeita por não ter me despedido de você. Poderia ser tão diferente, eu realmente seria mais feliz se tivesse ouvido a sua voz uma última vez, eu iria gravar em mim, iria eternizar o momento, iria, mas não pude, nunca poderei. Eu queria ter tido a oportunidade de me despedir, eu realmente não gosto de despedidas, mas por você eu abriria uma exceção.”

26 de fevereiro de 2008.

"Amor é quando você abre a janela da conversa mesmo que a pessoa não esteja online e fica apenas olhando a foto. É não querer fechar a janela da conversa mesmo que a pessoa já tenha saído. É você estar morrendo de sono, mas, fica acordado só pra conversar com ela. É odiar que te acorde cedo mas, fica feliz porque foi ela que te acordou. É quando você olha pro rosto dela e repara em todos os pequenos detalhes. Amor é isso: detalhes."

desconhecido

As vezes temos a chance de escrever as melhores histórias de amor, e nem sempre percebemos que por coisas bobas perdemos nossas histórias... E você segura com toda sua força essa história, mas em vão você assiste esse amor acabando como um por-de-sol. O que fazer quando você tem um desamor? Se as lembranças do passado eram boas e teu sentimento continua? Mas se o presente não é mais como no passado,o que sobra para amar? Se a conclusão for desistir desse amor, terás encontrado um desamor... E tudo que fizeres para esquecer e apagar será em vão, pois o amor sempre estará presente. Por isso para evitar um desamor cuibe bem do seu amor. Porque na vida tudo passa! Histórias de amor começam e terminam todos os dias... Milhares de corações se perdem e desaparecem, tornam-se apenas estrelas no céu.
Então, cuide do seu amor pq nem sempre temos uma segunda chance de fazer o certo.

Carol Mello

Por que as pessoas entram na sua vida?

Pessoas entram na sua vida por uma "Razão", uma "Estação" ou uma "Vida Inteira". Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.

Quando alguém está em sua vida por uma "Razão"... é, geralmente, para suprir uma necessidade que você demonstrou. Elas vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, te fornecer orientação e apoio, ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente. Elas poderão parecer como uma dádiva de Deus, e são! Elas estão lá pela razão que você precisa que eles estejam lá. Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte, ou em uma hora inconveniente, esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim. Ás vezes, essas pessoas morrem. Ás vezes, eles simplesmente se vão. Ás vezes, eles agem e te forçam a tomar uma posição. O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos preenchidos e o trabalho delas, feito. As suas orações foram atendidas. E agora é tempo de ir.

Quando pessoas entram em nossas vidas por uma "Estação", é porque chegou sua vez de dividir, crescer e aprender. Elas trazem para você a experiência da paz, ou fazem você rir. Elas poderão ensiná-lo algo que você nunca fez. Elas, geralmente, te dão uma quantidade enorme de prazer... Acredite! É real! Mas somente por uma "Estação".

Relacionamentos de uma "Vida Inteira" te ensinam lições para a vida inteira: coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida. Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa, e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas de sua vida. É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente. Obrigado por ser parte da minha vida.

Pare aqui e simplesmente SORRIA.

"Trabalhe como se você não precisasse do dinheiro, Ame como se você nunca tivesse sido magoado, e dance como se ninguém estivesse te observando."

"O maior risco da vida é não fazer NADA."

Martha Medeiros
5.6 mil compartilhamentos

" É amor, mais um mês se passou e eu aqui tentando definir tudo o que eu sinto por você e eu sei que por mais que eu tente nenhuma palavra jamais definirá.
Obrigado por tudo, por cada momento ao teu lado, cada risada, cada brincadeira, cada briga, cada ligação ou sms, cada segundo da sua paciência, só foram bons pois eu estava com você, pois era você do outro lado. Dois meses parecem pouco, e realmente são perto do nosso futuro. Eu vejo esses casais por ai fazendo um ano, dois, três e fico imaginando a gente comemorando nossos anos de namoro. Quero mais momentos ao seu lado, quero abraços, beijos, carinho, promessas, quero minha vida com você, e eu vou ter. "

Desconhecido
25 compartilhamentos

“Eu vou te contar uma historia bonita, vou te contar que um dia duas pessoas se conheceram de um jeito inesperado, te contar que eles se falavam todos os dias, vou dizer que a primeira vez que ele a viu lagrimas escorreram sem que ele percebesse e a voz dele faz ela estremecer, vou dizer que eles não combinam em nada mas se encaixam perfeitamente, vou te dizer que o ciume entre eles era irritante, vou te contar tudo sobre ela, posso te falar que ela e uma menina baixinha e mimada que faz charme e consegue o que quiser dele, e sobre ele eu vou dizer que ele parece uma criança, fica todo bobo com o sorriso dela e fica manhoso quando ela ta por perto. Vou te contar que eles viam filmes durante a tarde, desenhos animados, ela que sempre escolhia, e que a noite saiam pra dançar, sempre juntos, vou te dizer que as brigas deles terminavam em beijos e começavam com bobeiras, vou te contar que ela fingia estar dormindo pra que ele a carregasse ate a cama… Posso te contar das datas malucas que eles inventavam, das manias estranhas e dos varios CDs que ouviam juntos. Posso dizer o quanto era estranho ver os dois separados depois de uma briga porque eles só faziam sentido juntos.Vou te contar do primeiro beijo, do primeiro abraço, da primeira noite de amor deles… Vou rir enquanto comento sobre os planos pro casamento e sobre como eles eram bobos quando estavam juntos. Vou dizer sobre a saudade que havia quando não podiam se ver, e que eles sentiam falta um do outro o tempo todo. Vou te contar tudo isso, porque quero que no final você ria de mim enquanto diz que lembra de tudo… quero te contar tudo e ouvir você comentando o quanto nossa historia e linda quando eu conto assim.”

desconhecido
1 compartilhamento

Você diz não tem crise, e ri com sua melhor cara de bobo. Você diz não tem crise, e marca hora no cabeleireiro.Você diz não tem crise, e passa base pra esconder as olheiras. Quando você aceita que a crise existe, está preparado, já pode negar acrise. Você diz não tem crise, e destrói o que tem amor. Você diz não tem crise, e acha graça na loucura.

desconhecido

A pessoa que te ama, que tem que cuidar de você, às vezes é a que mais te machuca. O amor dói. O amor ingrato dói, não é? Esperamos que o amor seja correspondido, não é? Se você ama, se é amado, se não ama, se não é amado, o amor sempre dói. E quando o amor dói, alguns reagem com despeito, outros tentam esconder a dor, outros não aceitam que esse amor seja impossível e insistem sem medir as consequências. Eu sou muito impulsivo, não suporto que o amor me maltrate, não, eu não consigo fingir. Não sei se é bom ou mal, mas quando o amor me dói muito, me sinto obrigado a escondê-lo, e não quero que ninguém saiba que sofro por alguém .
Às vezes você não sabe o que fazer com tanta dor, é melhor silenciar e esperar que passe.

desconhecido

Cuida bem dela, cara. Cuida, porque eu faria tudo para tê-la ao meu lado agora. Cuida, porque eu passei meses e meses pensando naquele sorrisinho tímido que ela dava quando eu a olhava nos olhos. Cuida, porque a cada minuto ao lado dela, eu me sentia uma pessoa melhor. Cuida, porque ela é especial, e repita que a ama todos os dias da sua vida, os olhos dela vão brilhar e ficar bem pequenininhos. E, cara, isso é uma das coisas que eu queria poder ver a minha vida toda. Cuida, porque por mais que ela te chame de idiota, babaca ou coisas do tipo, ela é só uma pequena menina que precisa que você esteja lá, mesmo nas horas ruins. Cuida, porque ela fica linda até com aquela carinha de sono pela manhã. Cuida, porque por mais mais defeitos que você tenha, ela vai te elogiar e te tratar como se você fosse o cara mais incrível do mundo. Cuida, cara. Porque, infelizmente, ela nunca quis que eu cuidasse dela.

desconhecido

Sabe aquele sonho que você teve um dia, de um futuro infinito com a pessoa que você ama? Da casa que iam ter, com os filhos bajulando vocês, das viagens que planejavam fazer. E de repente, por um simples erro, um pequeno espaço que parecia enorme, por aquela discussão boba que parecia ter solução no dia seguinte quando vocês já estivessem mais calmos, sem perceber o sonho se acaba. Um sempre acaba dando um passo a frente, deixando o passado para trás, pelo menos um pouco dele, então você perde o chão. O medo aparece dentro dessa pessoa valente que você pensava que era, e seu estômago parece dar infinitas voltas dentro de você, causando um inconforto nunca antes sentido, fazendo sua coragem voltar, e seu enorme orgulho sumir e ir atrás da pessoa que sempre te confortava. Você fez tudo para trazer ela de volta, pelo menos, te parecia o suficiente, mas não o bastante para juntarem seus pedaços e retomarem seus caminhos juntos. E é ai, que o seu coração foi partido, você fica arrasado, procurando um só motivo entre tantos que houveram. Conforme você pensa, o tempo passa, e junto cria-se um distanciamento irreconhecível para os dois. Sem saber a saída, você espera o tempo resolver tudo… no seu canto, só esperando algo mudar. Mas nada muda além dos dias que acabam a cada hora que você olha no relógio. Já é meia noite, mais um dia se foi. Mas amanhã, é um outro e novo dia, tudo parece acontecer, mesmo sabendo que se nenhuma mudança ocorrer, um outro dia quem sabe, algo vai acontecer. E é alimentando essa esperança por dias, que os dois lados da história, vão se tornando completamente estranhos. A sua barba começa a crescer, e ela fica mais linda a cada dia que passa. Você começa a procurar novos hábitos, e ela, procurando sempre uma distração. Cada um sai pro seu lado, vivendo suas respectivas vidas, conhecendo novas pessoas. Até que um dia, você descobre que a tal pessoa que você queria ter um futuro junto, que era o amor da sua vida, acabou neste tempo conhecendo outra pessoa. E é ai, que o seu coração se parte de novo. O estômgo se embrulha, a raiva se acumula, o sangue ferve, as esperanças se acabam, e você percebe que saudade demais atrapalha. Enquanto foi só saudade, era tempo. Mas saudade demais, não traz ninguém de volta, apenas significa um espaço entre duas pessoas que se amam, e acham que nada mais tem solução, a não ser que pareça que você era bem sem ela, se divertia mais, ria mais, saia mais, vivia mais. No meio de toda essa competição, um levou medalha de bronze, e o outro de prata, porque mesmo estando com a outra pessoa, dando grandes passos em frente, o seu maior inimigo, sempre vai ser a memória, aquela na qual não se apaga nem depois da décima dose de vodka, e nem depois de levantar, sem pensar nela ao levantar da cama. E você vai compreender, que mesmo daqui 50 anos, alguém vai falar o nome dela, e você ainda vai saber quem é. O amor é que nem um elástico, o primeiro a soltar, sempre machuca o outro. E mesmo que essa pessoa faça parte do seu passado, de alguma maneira, você sempre vai sentir falta dela. Agora aprenda a conviver com isso. Ninguém morre de amor, levanta o corpo da cama, enterra a preguiça, esquece a solidão, vai viver a vida. Dias melhores estão por vir, e você ainda precisa conseguir sua medalha de ouro.

desconhecido
2 compartilhamentos

Ela se foi e me disse que eu ficaria bem sem ela, eu acenei com a cabeça e a deixei ir. Dois segundos depois me arrependi completamente, como ficaria bem sem ela? Eu era um tremendo idiota.

desconhecido

O tempo se vai muito lentamente pros que esperam. Mas ele vai pra onde? O que o tempo faz com a gente? O que faz com o nosso futuro? O futuro nos trará amor e felicidade? Ou solidão e tristeza? O futuro nos levará por um caminho? Ou por outro?
Nossa alma irá se salvar? Ou será corrompida? Lutar pelos sonhos, tem sentido? Ou o futuro quebrará nossos sonhos como se fossem um cristal? O futuro cobrará nossos crimes? Ou o futuro nos dará a oportunidade de redenção? Haverá um merecido final feliz? Haverá desolação e tristeza? Triunfará o bem? Triunfará o mal? O tempo se vai, lentamente. Pra onde? Tiramos fotos pra congelar o tempo, pra eternizá-lo. Mas ele se vai, lentamente. Adoramos as fotos. Adoramos o tempo congelado. Quem não gostaria de uma foto do futuro? O futuro que imaginamos, nossos desejos, são ensaios do futuro. Nosso desejos são... Fotos do futuro.

Quase Anjos

E de repente, assim como às vezes um sonho nos ajuda a acordar, a morte no ajuda a renascer. Tudo é muito real, até que acordamos. Aí percebemos que estávamos sonhando. Da mesma forma que compreendemos o acordar depois que estávamos sonhando, compreendemos que estávamos mortos quando renascemos. O amor faz isso, o amor real. nos sacode da morte em vida.
O problema da morte ... é um problema dos vivos. Porque com essa morte, algo deles também tem que morrer. Renascer é como a verdade. Junto a ela, a mentira é uma falsa ridícula. Renascer não é mais que uma nova chance, a possibilidade de uma nova vida. Renascer é um despertar dos sentidos a outra dimensão. Não se percebe nada novo, mas sim o que sempre esteve aí, e não se via.
Na arte, se chamou de Renascimento o resgate da cultura clássica Grega. O novo foi o olhar. E isso... foi um acordar.
O despertar não é para a vida. É na vida.
Há uma diferença entre reviver e renascer. Alguém que morreu, pode reviver. Alguém que se sentiu morrendo com esse que morreu, pode renascer.
Não me surpreende que seres tão paradoxais, muitas vezes, quando estão mais acordados é quando sonham. Não é necessário morrer para renascer. Mas sim perder o medo da morte ! Você nasce chorando, e renasce chorando. O despertar arrasa o amor platônico. É outra maneira de renascer. Desperta não é cômodo, e nem prazeroso. É só real. Então, quando alguém acordou, já não existe mais morte, nem medo, nem deseperação. Não existem mais dualidades, nem enganos, nem ilusões. Só existe amor e vida. Ou melhor, imortalidade.

desconhecido

Uma recaída é uma regressão a esses antigos padrões de conduta e pensamento que se tinham superado. São pequenas decisões erradas que somadas umas às outras, levam a pessoa ao caminho da recaída. Porque é mais forte, é uma compulsão. Alguns confiam mesmo assim, porque como já superaram o vício antes pensam que podem controlar de novo quando quiserem. Quando recaem sentem um grande alívio. Porque no início o sentimento é bom. E quando reagem, já é tarde demais .A compulsão, esse impulso autodestrutivo, sempre está aí. Escondido. Rondando como um corvo. Sentem o cheiro de uma ferida aberta, e sobrevoam sobre você, prontos para atacar. Sentem o cheiro do seu medo, da sua ignorância. A recaída é um medicamento falso para uma doença falsa. É uma tentativa de tampar a todo custo essa dor que nunca foi embora. Do que serve todos os esforços para deixar para trás a dor, se suas pernas são de pedra e não consegue seguir em frente? E a dor sempre te alcança.
A causa das recaídas é a intolerância à dor. A mesma feria de sempre volta a se abrir. E este corre até a solução conhecida.
Ressentir é sentir demais.
Recair não significa ser fraco. Significa que a dor se agravou. Porque isso é o que define oque sentimos e o que fazemos com o que sentimos.
Os vícios são falsos remédios que acalmam por um tempo a dor. Dor que não vai sarar até que você faça algo com ela. Porque isso é o que você é, embaixo de tudo que você faz para tampar sua dor, e no meio da confusão, isso que você sente, esse é você!
O medo , os temores excessivos antecipam todas as dores que você poderia chegar a sentir. Temer é pressentir. É sentir antes do tempo. Somos o que sentimos. Se sentimos ódio e ressentimentos, somos ódio e ressentimento. É difícil colocar em palavras a dor profunda. Mas, por incrível que pareça, essa dor pode ser aliviada com palavras. Todo trauma é filho de outro trauma. E às vezes é preciso curar as dores de muito tempo atrás. Para chegar até elas. Tem que atravessar a anestesia emocional, as feridas profundas, isso que não se pode dizer. É a única coisa que "o tempo cura tudo", não pode curar. Essas dores atávicas, herdadas e legadas, continuam com o tempo, e se tornam cada vez mais intensas. As dores traumáticas não conhecem anestésicos. Elas só podem ser aliviadas quando você começa a entender o que é isso que você está sentindo. São sentimentos muito humanos, que atravessam pela metade as vítimas e agressores. Nos alivia pensar que existe um lugar em nossa alma que podemos guardar as dores que nos acompanham. Um lugar onde isso que sentimos já não doerá tanto. Mas não existe um lugar para se guardar as dores, nem um falso remédio para acalmá-las. Só há boca, braços, mãos e olhos para expressar tudo o que sinto. A dor é um coração em carne viva, que só poderá ser curada, quando puder ser dita.

desconhecido

Para expressar o que pensamos, há palavras. Para comunicar o que queremos, há palavras. Há palavras para tudo, menos para expressar o que sentimos. Às vezes você não quer sentir o que está sentindo. E a única maneira de abafar um sentimento, é com outro mais forte. Você fica atordoado, se enche de ruídos para não escutar isso que sente e que não pode pronunciar. Só você mesmo conhece a natureza do que sente e o que seria capaz de mascará-lo. Nada fala mais do que você sente, do que o que você não pode falar. Mas isso que sentimos continuará aí, quando abaixar a espuma da evasão.

desconhecido

Eu não mudei, eu segui minha vida, oras. Eu aprendi a deixar, pra não ser deixada pra trás, eu aprendi a ser fria, para não me tratarem com frieza. Eu moldei em mim, tudo que eu recebi de todos os amigos que eu tive, no geral, homens, mulheres, todos me decepcionaram de uma forma que eu não sei explicar. Então, eu simplesmente parei de me importar e de cobrar. Eu não faço mais questão de nada, ninguém, porque quem me ama, está do meu lado. Quem me ama ficou. E à quem eu pertenço, nunca foi embora. Desculpe se sou dura agora, se realmente me conheceu, sabe que eu não era assim.

desconhecido

Temos medo do inesperado, das mudanças . Disso que de repente muda a sua vida. Mas na verdade, a pior tragédia da nossa vida, é isso que se repete sem parar. Quando alguém se expõe ao perigo uma e outra vez, dizemos que é um inconsciente. Mas inconsciente do que ?
Gostamos de voltar a escutar a música que amamos , ou comer a mesma comida favorita. Repetimos o que gostamos. Mas por alguma razão, também repetimos o que nos faz mal . A consciência é uma forma de responsabilidade. Essa é a diferença entre crianças e adultos . A inconsciência do perigo. Quando você é adulto, é o único responsável por cair uma e outra vez na mesma armadilha. O inconsciente não é o que não podemos ver, mas sim o que não queremos ver. Há algo que todos os seres humanos têm em comum. Todos temos algo que não queremos ver. Estar acordado é esgotante. É por isso que todo o tempo nos refugiamos na cálida e cômoda inconsciência. Às vezes estamos tão sonolentos, que se vier alguém para nos dizer: "Ei, você está cometendo outra vez o mesmo erro", acharíamos que estava louco. O segredo da inconsciência, é não ver o óbvio. O que aconteceria se você acordasse? O que aconteceria?
Essa força que nos leva sempre a repetir o que nos machuca, não é lunática. Algo ela quer. Mas o que?
Nosso inconsciente é como uma caverna escura iluminada de vez em quando por uma faísca. E está feita de nossos medos, de tudo o que não queremos enfrentar. Acordar é abrir os olhos ao abismo que costuma ser a vida! É por isso que todos nós preferimos guardar essa verdade na mais profunda inconsciência. Mas apesar do grande esforço que fazemos para não despertar, às vezes a vida não nos deixa escapatória. Às vezes a vida nos prende em um labirinto sem saída. E não nos dá outra opção se não abrir os olhos. Pronto! A vida acordou você com um golpe. Isso acontece... Ás vezes acontece. Mas fica a pergunta: E agora? O que você vai fazer?
Sabemos como aliviar a frivolidade da mentira. Mas quase ninguém está disposta à enfrentar a crueldade da verdade. É por isso que, quase sempre, a primeira reação é correr, fugir , se afastar da verdade. Talvez tenhamos medo de acordar, porque esse acordar poderia ser violento. Talvez o medo seja de liberar esse ser oprimido e pisoteado durante tanto tempo. Talvez o que queremos manter dormido é esse outro que sofre em silêncio, a qualquer preço. E de repente, você se encontra outra vez na mesma cena, fazendo o mesmo de sempre, sofrendo o mesmo de sempre. E você se pergunta: "Como cheguei aqui?" Como? Tratando de não acordar. A vida vai te dar oportunidades para acordar ou para continuar inconsciente. É sua responsabilidade escolher uma ou outra. Ser consciente não é algo simples. E ninguém te garante que você pode lidar com isso. Acordar é cruel, duro e caótico. O verdadeiro acordar é como acordar depois de um pesadelo, como um grito, agitado e com a firme decisão de sair desse mundo tortuoso. Não é fácil. É duro, angustiante e aterrorizante. E está cheio de falsas soluções. E diante dessa decisão, você está sozinho. Apenas uma coisa é certa depois que se acorda: Não há volta atrás.

desconhecido

" Para não te doer a falta de um amor , o melhor é não se apaixonar".

desconhecido