Coleção pessoal de BrenoBotti

1 - 20 do total de 243 pensamentos na coleção de BrenoBotti

Sê paz e luz. Ser de paz e luz!

Breno Botti

Há-braços!

Breno Botti

E que tudo que for amor chegue até nós!

Breno Botti

Quando a gente aprende a amar, a alma liberta a felicidade que estava presa, incompleta e inacabada dentro de nós.

Breno Botti

O amor é o crescimento do ser interior até a nossa completa formação.

Breno Botti

Para experimentar novas roupas é necessário se despir. Dispa-se!

Breno Botti

Reinventar. Recomeçar. Reviver. Redescobrir. E amar de novo. Correto e sobre todas as coisas.

Breno Botti

Encantamento. Perplexidade. Tentação. Fascinação. Magia. Esses sentimentos podem existir num primeiro olhar, num primeiro encontro, efêmero que seja. Mas amor? Não, amor não se cria assim.

Breno Botti

Porque, de uma forma ou de outra, ela tinha certeza daquilo. E lutava.

Breno Botti

A verdade é que ela despertava em mim sentimentos completamente ternos.

Breno Botti

Muitos letrados vivem uma desarmonia imensa. E analfabetos uma felicidade densa.

Breno Botti

É tanta falta de caráter que viver a solidão de estar só eu-e-eu me parece ótimo.

Breno Botti

A rejeição e a oposição é necessária. Só assim vemos a oportunidade de crescer.

Breno Botti

Modificar os roteiros. Trocar as fechaduras. Abrir a janela e deixar o sol entrar. E amar, amar sobre todas as coisas.

Breno Botti

Prefiro me ausentar dessa coisa de destino, o acaso é tão mais bonito, tão mais sincero.

Breno Botti

Ele pode pensar em você. Todos os dias. E ainda sim, preferir o silêncio.

Caio Fernando Abreu
20 compartilhamentos

Eu quero colo. Amor. Carinho. Mesmo quando tudo estiver por um fio.

Breno Botti

Fique tranquila! Volta, e volta mais bonito, mais vistoso, mais maduro, mais real, volta porque, de certa forma, tinha que ser seu.

Breno Botti

Meu erro foi ter colocado muito amor na receita, o bolo passou do ponto e queimou.

Breno Botti

Levam anos e anos para aprendermos a desapegar, entretanto, num piscar de olhos, estamos, somos, um do outro, outra vez.

Breno Botti