Coleção pessoal de BernardoD

1 - 20 do total de 36 pensamentos na coleção de BernardoD

Um dia me perguntaram, como faço para não sofrer mais?
Sofrimento é uma opção. Problemas sempre vão existir, então é aprender a lidar. É só mudar seu olhar e perspectiva. Quem decidi como as coisas te afetam, é apenas você mesmo. Parar de criar expectativas ou esperar algo dos outros ou da vida, e só esperar algo de si, ser sempre melhor. Eu diria que no geral é, ter/desenvolver amor próprio.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: amor sofrimento

A paciência é a principal virtude do sábio, com ela conquista tudo que espera.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: paciência virtude

Rei d5-d6. Movimento para frente. É assim que eu jogo, o adversário fica apreensivo. É tudo ou nada, o Rei não é aquele que deve se esconder, é aquele que deve agir, que deve estar na frente para ser seguido. Se para vencer estou disposto a fazer sacrifícios, primeiramente devo estar disposto a me sacrificar, vida ou morte. Mas eu não sou o Rei, sou aquele que está por detrás dele, por detrás de todas as peças. O Rei é minha determinação, a Rainha é minha intuição, o Bispo é minha fé, o Cavalo é minha força, a Torre é minha resistência, o Peão é minha astucia. Meu adversário, não é outra pessoa, meu adversário é meu objetivo, se tenho ele em vista, se sei o que eu quero, movimento meu Rei, minha determinação e assim eu sei que eu vou vencer, é assim que eu jogo. Você precisa se mover primeiro para algo acontecer, decido o que eu quero e raciocínio três jogadas a frente, imagino as possibilidades e probabilidades. As pessoas recriminam este pensamento, pois trás ansiedade, pensar no que pode acontecer é sinal de decepção, isso seria criar expectativas ou ser estrategista? Eu vivo o momento, faço meu movimento, sinto ele, mas já me preparo para o futuro. Sinto o sabor da fruta que como hoje e já penso no que comerei amanhã. Perco uma peça e fico cabisbaixo, não posso deixar o desanimo tomar o controle. No dia-a-dia temos vitorias e derrotas, ás vezes não alcançamos nossos objetivos, só que isso não significa que você perdeu, a única forma de perder é desistir de jogar, decidir não mover mais suas peças, ficar estagnado. E escrevendo isso eu digo, eu não pretendo perder, estou preparado para me sacrificar, para resistir e viver intensamente. Rei d6-d7, e assim continuo avançando...

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: xadrez determinação

Olhe para fora de si, veja a Lua, ela é o destino da noite.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

O amor é uma torta de limão. Você me pergunta, como assim? E eu digo, calma, a explicação é mais simples do que parece. Quando você prova uma torta, ela tem um sabor, correto? E existem várias tortas de limão com sabores diferenciados. Quando você se envolve com alguém, você cria um tipo de situação, uma vivência. Com o tempo, você e seu parceiro criam sua rotina, suas manias, seus dia-a-dia, constroem tudo isso juntos. As vezes você se envolve com uma pessoa mais carinhosa, outras vezes com uma pessoa mais quieta. As vezes você prova uma torta mais doce, as vezes prova uma mais azeda. Uma hora você encontra sua torta de limão favorita e é isto que chama de amor. O sabor se encaixa na sua língua, assim como o amor se encaixa na sua vida, de forma perfeita, como se fossem peças de um quebra cabeça. Eu diria até que é uma questão de momento, o que te convém, uma hora talvez você precise de mais atenção, outra hora de ficar mais na sua, mas isso não signifique que você precise de outra pessoa para viver momentos diferentes, para o amor acontecer verdadeiramente, ele se adapta aos tempos, as suas fases, como diriam, nas alegrias e nas tristezas, sempre juntos. A receita da torta de limão, você descobre acertando e errando.
Eis que aqui pode surgir um problema que é comum caso o relacionamento acabe. Você começa a procurar aquela torta, aquele sabor especifico e acaba se perdendo. Você encontra tortas com sabores diferentes que não te satisfazem e fica pensando naquela torta favorita, ai entra a saudade, a dor, o sofrimento. Talvez você encontre uma torta parecida ou quem sabe, um dia, ache uma torta melhor. Não existe formula para a vida feliz, assim como não existe formula para o amor perfeito. Uns amam mais calorosamente, outros amam mais despreocupadamente, então o que nos cabe é procurar o amor que nós queremos. O amor é um conceito e tudo na vida é uma questão de decisão, comece a pensar, como é o sabor da torta de limão que você gosta, como é o amor que você quer. Por que você gosta daquilo? Como você se sente em relação aquilo? Em questão de passado, você sente falta daquela pessoa ou daquela situação? Torne consciente aquilo que é inconsciente. Você não gosta daquela pessoa porque gosta, você gosta por algum motivo, procure este motivo. Não perca tempo com o que te faz mal, não perca tempo com aquela torta que te deixa doente, a não ser que isso seja o que você gosta. O importante é achar a torta que faça você se sentir bem, que te faça sorrir espontaneamente. Uma explosão de sabores na sua boca e sensações no seu corpo.
Bom, eu não tenho muito mais a dizer, além de que eu gosto de tortas de limão.
E o amor... é o amor.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: amor saudade

Superação de Relacionamento.

Não. Não era para ser, não mesmo. Hoje percebo isso e posso dizer me sentindo aliviado. O termino de um relacionamento é sempre complicado, geralmente um lado não está nem ai porque já estava decidido e geralmente o outro sofre, e quando digo que sofre, sofre mesmo, continua vivendo com uma dor insuportável, diria até mesmo que não vive, apenas sobrevive, aguenta dia após dia sendo forte, lutando contra a saudade, maldita seja está saudade, aquela vontade de ligar, de ouvir aquela voz, de ganhar um abraço, mas resistimos, pois sabemos que a outra pessoa já não se importa, já seguiu em frente e mesmo que não tenha seguido, foi ela que tomou a decisão e o que podemos fazer é aceitar, respeitar, por mais que não queiramos que tivesse acabado daquele jeito. Pensamos que não queremos mais gostar de ninguém, que aquela pessoa era a última, nos engamos relevando todos os defeitos daquela pessoa, todas as brigas, todo o sofrimento causado, só para acreditar nisso, que aquela era a pessoa da sua vida... E é ai que sofremos, a saudade de quem aquela pessoa era contigo e se esquecemos que agora ela se tornou outra pessoa. Nisso vivemos semanas, meses, nos arrastando entre a vida, sentindo-se perdidos, tentando preencher um vazio, curar aquele ferimento que ficou e que deixará uma cicatriz. Respeitamos a decisão, mas no fundo não aceitamos, não assim de cara, por que devia ser desse jeito? Por que? Era tudo bom. E se prendendo a estes pensamentos, se prendemos a esta pessoa. Quando saímos, ficamos ansiosos em talvez encontrar a pessoa, o que vou sentir se esbarrar com ela por ai? Você treme, sente o frio na barriga e se diz, eu ainda gosto dela, até planeja reconquista-lá, faz mil planos, tudo para se magoar mais. Já é tarde de mais amigo, ela seguiu em frente, e você? Está na hora de não se prender mais.

E chega um dia, que sua visão desembaça, assim, de uma hora para outra, até parece mágica, você acorda e algo dentro de você diz: "Siga em frente."
Você aceita a situação, percebe que realmente não era para ser, aceita suas diferenças e pensa que um dia vai encontrar alguém que seja parecido com você e que te trate do jeito que você gosta. Até um dia atrás se a pessoa te pedisse para voltar, você aceitaria na hora, mas hoje meu amigo, você pensa, será que eu realmente gostaria disso? Depois de tudo que aconteceu, depois do jeito que ela me deixou. Agora você também está diferente, você mudou, está calejado e deseja correr atrás de seus projetos, de recuperar sua vida, de seguir em frente, você sente isso dentro de você querendo te impulsionar.
Ela já esteve com outros nesse tempo que você se lamentava e o que garante que não vai se repetir? Os tempos não voltarão, nunca será a mesma coisa, já passou.
Se fosse um sentimento mais profundo inicialmente, não teria sido desse jeito, pelo menos teria sido mais sútil. Se você correu atras e foi ignorado, mais um motivo para deixar para lá. Você tentou, sinta orgulho disso e parta. Até porque neste ponto, provavelmente você estará sentindo mais nada, talvez apenas uma fagulha de sentimento do passado, uma nostalgia, pensando na pessoa que ela foi, mesmo sendo visível que ela não é mais aquela pessoa. Vá atrás de um felicidade verdadeira e não de uma paixão que fracassou. Sempre fui adepto de tentar, mas chega uma hora que não dá mais, tudo tem limite.

Criamos uma imagem de ex parceiros, até parece que precisamos disso, como um conforto, um prêmio de consolação, pode até ser como penitência, só para ainda sentirmos um pouquinho daquela pessoa ao nosso lado, e essa é uma imagem fixa no tempo, não muda, é uma ilusão que se apegamos. São resquícios da pessoa que ficam na gente, dependendo do tempo de convivência, aquela pessoa se torna parte de você. As vezes damos risadas do nada por lembrarmos de um bom momento, outras vezes, que são a maioria, abraçamos um travesseiro e choramos. É como se eles virassem fantasmas, daqueles que assombram nosso presente. Hoje decidi que não preciso desses resquícios, não os negativos, decidi caminhar sozinho novamente e lhe digo: "Aprendi o que pude com as situações e com nossos erros, agora vá em paz. Deixe-me voltar a plenitude comigo mesmo."

Depois da tragédia, chega até ser cômico, quem diria que depois de toda aquela dor, você acordaria com este sentimento de indiferença. Tanto faz, agora vou viver minha vida. E não digo isso por estar gostando de alguém ou estar apaixonado, talvez eu apenas tenha acordado me amando, me valorizando, sabendo que um dia vou encontrar alguém que me ame verdadeiramente, que possa me oferecer companhia.
Mas até lá, vou caminhando, sem presa, dando um passo de cada vez, vivendo o dia-a-dia, admirando a beleza a minha volta, se tornando mais forte, mais sábio, mais maduro, se tornando quem eu desejo ser. Você cansa de apenas sobreviver e decidi viver de novo, é hora de tomar as rédeas da situação.

Foi bom enquanto durou, mas talvez a pessoa tenha percebido antes que não daria certo e por isso terminou. Gosto de acreditar nisso, porque se foi por outro motivo, só a pessoa sabe e se está oculto, não cabe a outra pessoa adivinhar então tento pensar no melhor. E importante é não guardar rancor, não cultivar nenhum sentimento negativo...

Deixe ir e siga em frente.

Bernardo D. Oliveira
2 compartilhamentos
Tags: superação relacionamento

Sou aquele que caminha, vê, pensa, sente, aprende, ensina, aquele que vive.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

Quanto mais me isolo me sinto mais humano, vivendo em sociedade me sinto perdido vendo o que as pessoas fazem, desistem da sua humanidade e vivem como animais satisfazendo apenas um instinto em uma selva de pedra.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

Abrace a escuridão! Mas nunca deixe de brilhar, por mais que decidimos viver na noite, o fazemos para contraria-lá, para tornar cada noite mais cheia de luz do que o próprio Sol.
A noite nos torna mais sensíveis, cheios de emoção, a paixão não está no dia, está em uma noite fria, onde procuramos companhia.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: escuridão brilhar

A mudança só pode vir de você mesmo. A mudança está ligada inteiramente com o desapego, mas não pense que o desapego é esquecer o passado, pelo contrário, é aceita-ló, se possível tirar um aprendizado das situações ocorridas e tornar qualquer sentimento negativo em indiferença. A mudança não é um estado de desespero, é um estado de crescimento. Em minha vida, vivo muitas vidas, logo, presencio muitas mortes. Em quantos enterros meus eu fui? Já perdi as contas, pois cada mudança trás consigo a beleza da renovação, onde é necessário deixar de ser o que se era, para se tornar o que se é. Nunca abandonando sua essência, apenas caminhando ao seu encontro, até a hora que alcança-lá e descobrir que aquilo, é o inicio de uma nova jornada, onde você se torna sua essência e sua essência se torna o universo.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: mudança desapego

Escutar o silêncio é entender que no vazio existe muito mais do que pode-se imaginar.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: escutar silêncio

O dia 31 de Dezembro é só mais uma data...
O que torna este dia especial?
Provavelmente me responderiam a passagem para um ano novo.
...
Eu discordo, as pessoas que decidiram que esse dia seria especial
Se você perceber isso, cada dia se torna especial, só basta você querer.
...
As pessoas veem a virada de ano como uma oportunidade de mudar.
Também discordo disso, todo dia te dá essa oportunidade.
A mudança vem de você, não de uma data.
...
Dia de refletir, celebrar e agradecer?
Para mim todo dia então é ano novo, pois faço isso todos os dias.
...
Então eu desejo para todos vocês, um feliz dia novo!
Cada dia que passa, é uma nova hora, uma nova vida.
Não é o final de ano que te define, é o dia-a-dia, é cada hora da sua vida.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

O luto existe, pois a morte merece ser ouvida através do silêncio.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

- Minha vida -

Ao andar por aquele caminho escuro, acabei me lembrando.
< Lembrar? >
Sim, através de memorias...
Não existe apenas um caminho, mas existe apenas uma pessoa.
< Uma pessoa... sozinha? >
Sim, caminhando entre cidades, não querendo se arriscar a parar.
< E ele é uma pessoa triste? >
Ele não se considera uma pessoa triste, mas lágrimas sempre
escorrem de sua face sem ele saber o porque.
< Lembranças... isso que faz ele chorar... >
Talvez, ele sabe a resposta, mas quer ignora-lá, mesmo não conseguindo.
< E não é apenas suas próprias lembranças, mas também, a lembrança dos outros, não é? >
Ele não caminha apenas a noite, ele também anda de dia.
E ele entende e não entende, como as pessoas negam seus sentimentos...
< Negam por medo? >
Sim, o mais puro amor, trás a mais dura dor.
Ele conhece, todos os caminhos, ele sabe, ele entende, ele sofre.
< Ele enxerga os dois lados? >
Isso que o deixa confuso, sempre observando, querendo criar outros Mundos.
< Ele gostaria de mudar o Mundo, destruir os falsos valores. >
Só que ele é confuso, ele conhece os dois lados, e não consegue achar
o caminho do meio, sempre esta caindo.
< Mas ele pode mudar... >
Ele pode mudar, como ele quiser, apenas escolhendo um lado, se arriscando,
mudando, cada decisão faz uma parte nossa morrer, mas isso não é triste,
esta morte é bela, pois trás uma nova vida, a verdadeira força vem de mudanças.
< Uma nova vida sem dor? >
A dor sempre estará conosco, ninguém sabe dizer o futuro, é isso que o torna
magnifico e doloroso, a incerteza.
< Vivemos com a incerteza do amanha, isto que faz os outros se moverem. >
Se moverem a um Mundo falso, corrupto, onde quase não existe amor, onde a magia foi esquecida, com medo de parar e ver como estamos errados, preferimos se apegar
a falsos desejos e seguir em frente, magoando nosso amigos, nossa família, sem olhar para trás.
< Mas... você também faz isso... >
Sim, eu conheço a verdade, mas não a nego, sigo meu caminho de erros sem medo
de se arriscar, olhando para trás, para frente, para todos os lados.
< Isso não te faz o pior? diz conhecer os verdadeiros valores, mas mesmo assim... erra. >
Não tenho medo de ser o pior, eu machuco, sou machucado, sei que estou errado... isso me torna uma pessoa triste, não gosto de machucar os outros, e não quero ser machucado.
< Você aceita quem você é. >
O pior.
< O pior >
Trevas e Luz? Dia e Noite? Amor e Dor?
< Eu e você não somos dois >
Sou um.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento

Não existe evolução sem revolução! Até mesmo para transcender sua vida, você precisa se revoltar contra sua mente.

Bernardo D. Oliveira
1 compartilhamento
Tags: evolução revolução

Cada vez que alguém trata a verdade com descaso, um pingo de esperança seca.
Cada vez que alguém se contenta com uma mentira, o poço da ignorância cresce.

Aceitamos conviver com a falsidade,
em vez de lutar em nome da sinceridade.

Bernardo D Oliveira
1 compartilhamento
Tags: verdade mentira

Desejo a todas as pessoas integridade, pois vocês são os resultados das suas próprias ações.

Bernardo D Oliveira
1 compartilhamento
Tags: integridade resultados

Tinha um monstro de baixo da minha cama.
Por não saber como ele era, eu o temia.
Um dia, o encarei, vi como ele era, admiti sua existência.
Desde então aprendi a controlá-lo.
Mas antes, tive que conhecê-lo.

Bernardo D Oliveira
1 compartilhamento

"Eu não leio livros, devoro conhecimento."

Bernardo D Oliveira
2 compartilhamentos
Tags: livros conhecimento

Quando duas pessoas solitárias se encontram e se gostam, é quando existe um real preenchimento do vazio. Por conhecer e apreciar a solidão, também se aprende a importância da companhia, da verdadeira admiração.

Bernardo D Oliveira
1 compartilhamento