Colar

Cerca de 273 frases e pensamentos: Colar

Não importa quantas vezes seu coração foi quebrado, um dia aparece alguém para colar todos os pedaços, da melhor forma possível.

Relicário

É uma índia com um colar
A tarde linda que não quer se pôr
Dançam as ilhas sobre o mar
Sua cartilha tem o a de que cor
O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou

E são dois cílios em pleno ar
Atrás do filho vem o pai e o avô
Com o gatilho sem disparar
Você invade mais um lugar
Onde eu não vou
O que você está fazendo?
Milhões de vasos sem nenhuma flor
O que você está fazendo?
Um relicário imenso desse amor

Sobe a lua, por que longe vai?
Corre o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite
Por que está amanhecendo?
Peço o contrário, ver o sol se pôr
Por que está amanhecendo?
Se eu não vou beijar seus lábios quando você se for

Quem nesse mundo faz o que há durar
Dura a semente dura o futuro amor
Eu sou a chuva pra você secar
Pelo zunido das suas asas você me falou
O que você está dizendo?
Milhões de frases sem nenhuma cor
O que você está dizendo?
Um relicário imenso desse amor

O que você está dizendo?
O que você está fazendo?
Por que que está fazendo assim?

Talvez não existam sinais. Talvez um colar é apenas um colar, e um puff é apenas um puff, talvez a gente não precise dar sentido a tudo. Talvez a gente não precise que o universo nos diga o que queremos, talvez já saibamos, bem lá no fundo.

E quando o coração dela começa a se colar aos poucos, aparece você para desmontá-lo todo de novo.

A miçanga, todos as vêem. Ninguém nota o fio que, em colar vistoso, vai compondo as miçangas. Também assim é a voz do poeta: um fio de silêncio costurando o tempo.

Eu acho incrível colar essa pregação de fazer o bem por interesse pelo prêmio e evitar o mal por medo do castigo. Eu acho que não é por ai: Acho que a modificação tem que ser interna e sincera

Talvez não existam sinais, e o colar seja apenas um colar, e um pufe seja apenas um pufe. Talvez não precisemos dar sentido a tudo. Talvez não precisemos... que o Universo nos diga o que queremos. Talvez nós já saibamos, lá no fundo.

How I Met Your Mother
8.ª Temporada - Ep. 23

Nota: Ted

...Mais

Lindo mesmo é ver o sol caindo sobre o mar, bonito mesmo é a lua com seu colar de estrelas, bonito é ver o mar iluminado! Lindo é o abraço e o afago de um amigo, a boniteza da vida está nas coisas simples quando acontece sem a interferência do artificial.

Eu quero...
Abraçar você
sentir teu cheiro
tocar teus lábios
colar meu corpo no seu
aquecer-me nos seus braços
perder-me nos seus sonhos
realizar seus desejos
viver com você
para sempre te ter

Tentar dar ordens a alguem é por o colar de trouxa, pois, no fim, só você vai ficar rouco e enrrugado.

Vênus é a deusa do amor, mas, nem mesmo ela consegue consegue "colar" os fragmentos de um coração em ruínas.

Você esquece a sua vida após um tempo. Coisas que lhe são queridas são como um colar de pérolas. Corte-o e elas se espalham pelo chão, indo para cantos escuros, não sendo mais encontradas. Então você segue em frente. E um dia acaba esquecendo como as pérolas eram.

Um velho cruza a soleira
De botas longas
De barbas longas,
De ouro
O brilho do seu colar
Na laje fria
Onde quarava sua camisa
E seu alforje de caçador.

Oh! meu velho e invisível Avôhai!
Oh! meu velho e indizível, Avôhai!

Neblina turva e brilhante
Em meu cérebro coágulos de sol
A manita matutina
E que transparente
cortina ao meu redor
Se eu disser
Que é meio sabido
Você diz que é meio pior
E pior do que planeta
Quando perde o girassol.

É o terço de brilhantes
Nos dedos de minha vó
E nunca mais
Eu tive medo da porteira
Nem também da companheira
Que nunca dormia só.

Uh! Uh!... Avôhai!
Uh! Uh!... Avôhai!

Um brejo cruza a poeira
De fato existe
Num tom mais leve
Na palidez desse pessoal.

Pares de olhos tão profundos
Que amargam as pessoas
Que fitar
Mas que bebem sua vida
Sua alma, na altura
Que mandar
São os olhos,
são as asas,
cabelos de Avôhai.

Na pedra de turmalina
E no terreiro da usina
Eu me criei
Voava de madrugada
e na cratera condenado
Eu me calei
E se eu calei
Foi de tristeza
Você cala por calar
E calado vai ficando
Só fala quando eu mandar.

Rebuscando a consciência
com medo de viajar
Até o meio
Da cabeça do cometa
Girando na carrapeta
Num jogo de improvisar.

Entrecortando
Eu sigo
Sempre a linha reta
Eu tenho a palavra certa
pra doutor não reclamar.

Uh! Uh!... Avôhai!
Uh! Uh!... Avôhai!

"(…) Porque se a gente se quebrou, também pode se colar."

Copiar e colar é fácil, difícil é entender

Laila a vê colar pedaços de lã na cabeça da boneca. Em poucos anos, essa menina vai ser uma mulher que pede muito pouco da vida, que nunca incomoda ninguém, nunca deixa transparecer que ela também tem tristezas, desapontamentos, sonhos que foram menosprezados. Uma mulher que vai ser como uma rocha no leito de um rio, suportando tudo sem se queixar. Uma mulher cuja generosidade, longe de ser contaminada, foi forjada pelas turbulências que se abateram sobre ela. Laila já consegue ver algo nos olhos daquela menina, algo tão arraigado que nem Rashid nem os talibãs conseguiram destruir. Algo tão rijo e inabalável quanto um bloco de calcário. Algo que, afinal, acabou sendo a sua ruína e a salvação de Laila.
(A Cidade do Sol)

Khaled Hosseini
A Cidade do Sol

Zoraide: Eu tenho muito medo do amor. O Amor é uma serpente que se transforma em colar. A gente coloca ele no pescoço, fica alegre com ele e ele morde a gente. Ele envenena.
Jade: E se eu te disser que mesmo assim vale a pena?!?

De você não me escondo nunca mas: a decisão é sua, desistir ou continuar. Eu vou colar em você, te perturbar, te enlouquecer...a decisão é tua. Minha escolha já fiz...você em mim de qualquer jeito, em qualquer lugar, a qualquer hora...tatuado, marcado !

Vou te agarrar assim mesmo sem tua permissão: vou colar no teu ouvido falar loucuras, cantar teu corpo sem frescuras, senti teu cheiro em minha boca, dançar com os teus olhos...chamegar, forrozar, rodopiar até que se embriague nos meus braços e me permita ter você de qualquer jeito.
Se vou !

A moderação é o cordão de seda que passa pelo colar de pérolas de todas as virtudes.