Citações de Monteiro Lobato

Cerca de 39 citacoes Citações de Monteiro Lobato

Quem escreve um livro cria um castelo, quem o lê mora nele.

Monteiro Lobato
2 compartilhamentos

A assembleia dos ratos

Um gato de nome Faro-Fino deu de fazer tal destroço na rataria duma casa velha que os sobreviventes, sem ânimo de sair das tocas, estavam a ponto de morrer de fome.
Tornando-se muito sério o caso, resolveram reunir-se em assembleia para o estudo da questão. Aguardaram para isso certa noite em que Faro-Fino andava aos mios pelo telhado, fazendo sonetos à lua.
– Acho — disse um deles — que o meio de nos defendermos de Faro-Fino é lhe atarmos um guizo ao pescoço. Assim que ele se aproxime, o guizo o denuncia e pomo-nos ao fresco a tempo.
Palmas e bravos saudaram a luminosa ideia. O projeto foi aprovado com delírio. Só votou contra, um rato casmurro, que pediu a palavra e disse — Está tudo muito direito. Mas quem vai amarrar o guizo no pescoço de Faro-Fino?
Silêncio geral. Um desculpou-se por não saber dar nó. Outro, porque não era tolo. Todos, porque não tinham coragem. E a assembleia dissolveu-se no meio de geral consternação.
Moral da estória: falar é fácil; fazer é que são elas.

Monteiro Lobato
2 compartilhamentos

Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar.

Monteiro Lobato
2 compartilhamentos

A Rã e o Boi

Tomavam sol à beira de um brejo uma rã e uma saracura. Nisto chegou um boi, que vinha para o bebedouro:
- Quer ver-disse a rã-como fico do tamanho deste animal?
- Impossível rãzinha. Cada qual como Deus o fez.
- Pois olhe lá!-retorquiu a rã estufando-se toda-Não estou "quase" igual a ele?
- Capaz! Falta muito amiga.
A rã estufou-se mais um bocado.
- E agora?
- Longe ainda...
A rã fez um novo esforço.
- E agora?
- Que esperança...
A rã, concentrando todas as forças, engoliu mais ar e foi-se estufando, estufando, até que, PLAF!, rebentou como um balãozinho de plástico.
O boi, que tinha acabado de beber, lançou um olhar de filósofo sobre a rã moribunda e disse:
(Moral) - Quem nasce para 10 réis não chega a vintém.

Monteiro Lobato
Inserida por mariaclotilde123

"Um país se faz com homens e livros”.

( em América, 1929.)

Monteiro Lobato
Inserida por portalraizes
1 compartilhamento

Um governo deve sair do povo como a fumaça de uma fogueira.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

Um só campo existe aberto, hoje, para as obras esculturais de algum vulto: o cemitério.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

Nunca no mundo uma bala matou uma idéia.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

O livro é uma mercadoria como outra qualquer; não há diferença entre o livro e um artigo de alimentação. Se o livro não vende é porque ele não presta.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

De escrever para marmanjos já me enjoei. Bichos sem graça. Mas para crianças um livro é todo um mundo.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

No Brasil subtrai-se; somar, ninguém soma.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

Para querer ter bons amigos, é preciso saber se você tem um.

Monteiro Lobato
Inserida por pedro16zita

Foi pelas ruas da vida que andei descalço e esfolei meus pés de amores vãos.

Monteiro Lobato
Inserida por melanmagrippan

Coleiras...meus netos...o mal do mundo é simplesmente este: coleiras!

Monteiro Lobato
Inserida por RITAMENINAFLOR

No fundo não sou literato, sou pintor. Nasci pintor, mas como nunca peguei nos pincéis a sério (pois sinto uma nostalgia profunda ao vê-los — sinto uma saudade do que eu poderia ser se me casasse com a pintura) arranjei, sem nenhuma premeditação, este derivativo da literatura, e nada mais tenho feito senão pintar com palavras.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador
1 compartilhamento

Há dois modos de escrever. Um, é escrever com a idéia de não desagradar ou chocar ninguém (...) Outro modo é dizer desassombradamente o que pensa, dê onde der, haja o que houver - cadeia, forca, exílio.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador
1 compartilhamento

A coisa que menos me mete medo é o futuro.

Monteiro Lobato
Inserida por pensador

O major trazia sobre si o peso de 60 janeiros”.

Monteiro Lobato
Inserida por Filigranas

Erro Tipográfico

A luta contra o erro tipográfico tem algo de homérico. Durante a revisão os erros se escondem, fazem-se positivamente invisíveis. Mas, assim que o livro sai, tornam-se visibilíssimos, verdadeiros sacis a nos botar a língua em todas as páginas. Trata-se de um mistério que a ciência ainda não conseguiu decifrar.

Monteiro Lobato
Inserida por NANDAKIEDIS
1 compartilhamento