Valéria Almeida

Encontrados 3 pensamentos de Valéria Almeida

Amor- Afeição profunda, pessoa amada, cuidado.

Palavras de dicionário nada expressam.
AMOR:
Sentimento que todo ser é capaz de sentir.
Amor pela, caneta, esposa, cachorro, padre, pai, cabelo, marido, tartaruga, carro, namorado,
enfim... Amor por TUDO. Sentimento que nos envolve trazendo cuidado, carinho, felicidade e também tristeza.
Amor que se diminui, aumenta, multiplica, que se divide, amor que sobra ou que falta.
Mais o melhor, o mais profundo dos amores é o que se estabelece na alma, o que homens sentem por mulheres e mulheres por homens.
Há esse amor!
Esse sim!
Transforma pensamentos, atitudes, palavras e até mesmo personalidades.
Amor que forma sonhos, planos e tragédias.
Felizes aqueles que se encontraram, um complementando a vida do outro.
Infelizes são aqueles que passam a vida procurando e sonhando com o complemento de suas vidas.
Oh! pena, dos homens e das mulheres que não acordam de seus sonhos!

Valéria Almeida

Angústia, medo, impaciência.

SILÊNCIO, tempo que não se passa.
Situação que não muda.
Carência, saudade que permanece.

Vivo assim, simplesmente contando o tempo. Segundos, minutos, e dias.
Converso comigo mesma, me conto os meus problemas,
sonho em UM DIA ser feliz.

Um dia...
Há esse dia...

Que se apronte o mais breve possível, pois essa angústia, e esse medo
estão me tomando conta.
Lágrimas escorrem como água escorre de riacho.
Tempos que um sorriso de alegria não se forma.

Há esse dia...

Viveria cada segundo como se fosse o último de minha vida, afinal estaria feliz!
SORRIR, SORRIR E SORRIR!
Hoje vivo em um silêncio.
O que ouço é o canto dos PASSÁROS!
Esses sim, que tem a felicidade, são donos da liberdade!

Não desisto, viverei até quando agüentarei,
e agüentarei até quando viverei!

Valéria Almeida
20 compartilhamentos

Levamos a vida em um estádio de batalhas!
Por que estádio?
Porque em “campos de batalhas” como seria o correto pronunciar, não temos platéias, como temos nos estádios. E é assim, que enfrentamos a vida, batalhando na frente de uma enorme platéia, tal essa contra e a favor.
Se acertarmos na pontaria, ouvimos alegria da torcida, mas se erramos ouvimos mais alegria ainda, daqueles que torcem para nos darmos muito mal, e sem dúvidas sempre essa torcida é a maior.
A cada dia um grupo de adversário diferente enfrentamos, mais a torcida está lá, com um elemento a mais ou a menos, em um dos lados, mas permanecem no mesmo lugar, TORCENDO.
Vivemos assim, BATALHANDO. Mas como toda batalha tem um perdedor, a da vida não é diferente, perdemos? sim. Mas não desistimos, por que desistir é para os fracos, sendo assim os fracos não vão para batalhas, pois são fracos, ou seja, se já estamos no meio de um conflito é por que somos fortes, e temos capacidades de vencer. Quem desiste nunca CHEGA até uma batalha.
E a platéia se resume nos fracos. Não tem o que fazer, só resta assistir os outros ganhar ou perder. A platéia maior sempre é a do contra, lógico, os fracos gostam de ver se formarem outros fracos, mais apenas esquecem, que quem batalha é extremamente forte.
Saia da platéia, LUTE!

Valéria Almeida
2 compartilhamentos