Talisson R. Aguiar

Encontrados 9 pensamentos de Talisson R. Aguiar

Essência

O que carrega sua essência não é aquela blusa que alguém disse que combina com você, ou aquele esmalte azul que alguém dissera que combina com seus olhos.
O que carrega sua essência de fato são as pequenas coisa, como aquele chaveiro velho, o qual já faz parte da sua paisagem, pois, você nem se quer se lembre de onde veio, esta velho, sujo, quase destruído, mas esta lá, pendurado.
A sua essência está naquele fio rebelde do seu cabelo que insisti em ficar onde normalmente não deveria estar, mas você gosta, pois é seu cabelo.
Sua essência está no seu jeito de ser, no seu jeito de olhar, nas pequenas coisas que trás contigo, estejam elas penduras na sua mochila ou na sua memoria.
O que faz à beleza é a diferença, sabe, parede bonita não é aquela que se pendura vários quadros, quadros bonitos não fazem uma parede bonita, pessoas fazem uma parede bonita, colocam um pouco de si nelas.
Não é uma joia rara que te fará bonita, é ser um pessoa rara que te fará uma joia bonita.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar
1 compartilhamento

Céu

Hoje eu só quero esse céu estrelado, essa noite linda, amo esses pontos brilhantes como lhe amo, elas de mim estão distantes, como você esta.
E como você elas pairam sobre minha cabeça e encantam meus olhos, você para mim é um desejo distante, um belo desejo distante, como as estrelas no céu nublado de verão.
Ainda lembro de seus cabelos bailado nos sopros do vento, dos seu jeito de pisar como se seus pés tocassem as nuvem.
Da sua voz quando sorria ligeiramente enquanto falava.
Ainda me lembro de você.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Gaveta

De uns tempos pra cá tudo ficou tão diferente, estar só me parece tão aconchegante, esse frio que a solidão trás é de longe mais acolhedor que aquele abraço empoeirado na jaqueta da gaveta.
Não me sentia parte desse lugar, sabia que estar aqui era um erro, um erro que fica cada ver mais evidente.
Me sinto a cada dia mais distante, de mim mesmo, minha vida agora esta sendo escrita na última pagina de um livro de capa suja, que esconde o titulo, e que nem de longe será uma grande obra.
Meu sorriso que já não pode ser mais roubado parece tão frustrado e falso agora, que já me sinto culpado em dar-los, meus olhos agora tão cinzas que assustam ate a mim mesmo, busco neles o que em mim falta e quanto mais encaro mais percebo que eu já não sou mais eu, sou algo que nem mesmo eu posso identificar.
Meus poemas que nem parecem ser meus terminam sem fim, como tudo na minha vida.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Amigos

Há em mim algo incurável, como uma doença, que agora já faz parte de mim.
Solidão, talvez seja a palavra que melhor definiria, mas não é, não agora.
Reside em mim a falta, falta de algo, algo que antes estava aqui, algo que era tão parte de mim quanto eu mesmo.
Mas ainda sim me sinto contente, como quando se esbarra com aquele velho amigo, e se lembra de eternas histórias, que na sua cabeça parecem não ter fim, mas no fim você vai para um lado, ele pra outro, você olha pra trás, e ele logo depois.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Amargo

Existir talvez seja a tarefa mais cruel que há. Mas o que é existir, não passamos de um ponto que se move pela terra, e à terra nada mais é que um ponto que se move pelo universo.
E de onde surgiu tudo isso, de onde viemos, o que é o sentimento, o sentir, é tudo tão estranho.
Pegar aquela xícara, sentir o amargo do café, como isso é possível, como é possível que algo exista.
À existência é um abstrato tão confuso, tão bizarro, que vez ou outra me pego olhando pra mim mesmo e imaginando o que sou, mas isso é tão assustador, angustiante...
A única coisa que sei é que a vida é assi...

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Planeta Anão

Não sou muito de falar, tão pouco de pedir, mas você deveria vir aqui e arrumar aquele canto que a loucura da sua ausência tanto revirou e quem sabe eu te convide pra entrar, tomar aquele cafe, amargo da sua falta.
Seus lábios como uma ampulheta me roubam a cada gole o doce brilho dos seus olhos, trazendo a tona o cinza amargo da sua saudade.
Me lembra as cinzas daquele cigarro que traguei pela noite fria em um ritual arrítmico, imaginando aquele beijo que nunca me deu, deixando em mim um cheiro de tudo, menos de você.
Aquela luz apagada me esconde daqueles assassinos de branco na caixa preta sobre a mesa, os olhos fechados me transportam pra longe, Japão ou quem sabe aquele planeta anão.
Mas tudo bem, agora segure minha mão, vou fugir de você e te levar comigo, pois, por mais que eu não queira, eu penso em você e pensarei onde estiver.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Oração ao Esquecimento

Qual a essência da vida, o objetivo, pela minha vida inteira busquei saber quem sou, infelizmente à resposta nunca me surgiu.
Ainda sobre a minha cabeça paira a essência cinza do esquecimento, mas agora sei que estar sozinho faz parte do homem, e não digo do homem macho e sim do homem ser vivo. Eu sei que no fim, quando minha vida terminar serei esquecido, por tudo, pela família que nunca foi tão família assim, por amigos, que mesmo comigo aqui, vivo, já me esqueceram, mas o que mais incomoda é saber que serei esquecido por mim mesmo, meus sonhos, realizações, vitórias, percas, tudo, o meu próprio eu, por que quando se vai nada fica, a única coisa que te mantém existindo é a sua insistência em acordar a cada manhã pra enfrentar o mundo, alguns fazem por amor a vida outros por não ter outra escolha.
Mas no fim, quando você deixa de existir tudo deixa também.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Eu Temo

E hoje, de fato pude perceber com uma nitidez inimaginável o quão sozinho estou, talvez seja esse o fundo do poço existencial.
Agora mais do que nunca respirar é um fardo, tão pesado que pra mim, nesse estado é impossivel até imaginar a loucura de carregá-lo, talvez agora, mais que nunca estou a ponto de desistir.
Temo não pode viver pra desfrutar de um futuro bom, longe de tudo isso, temo não estar aqui pra ver, mas, temo ainda mais estar e não ter futuro algum, temo só ter uma reprise empoeirada de um passado angustiante.
Agora, mais que nunca, eu temo.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar

Marrom

Como o sol, que a todas as manhas raia no horizonte, com seus límpidos raios amarelos, ela se levanta a cada manhã, com seu belo cabelo loiro.
Sua pele branca e macia como as nuvens, gera nos descrentes a crença no inexistente e seu sorriso imponente faz desabrochar no ocidente uma flor de paz.
Beleza única, exótica, como aquela poesia shakespeariana, que encanta quem lê, pela primeira ou milésima vez.
Seus olhos de belezas infinitas, são como o mar.
Cada piscar de olhos é como uma onde que extremesse a sanidade do mais perfeito poeta, que mesmo acostumado a contemplar a mais pura beleza, ainda se pergunta em seu interior, 'de onde surgiste tão fina beleza?'
Te olhar nos olhos e não se encantar e como na chuva dançar e não se molhar, impossível.

Talisson R. Aguiar
Inserida por TalissonRAguiar