Rogério Martins

1 - 25 do total de 51 pensamentos de Rogério Martins

passeio pelos campos
cerejas no outono?
bagas de espinheiro

Rogério Martins

não tenho país
nem casa nem riqueza
e como me sinto bem!

Rogério Martins

horizonte esmeralda
uma vela voga
em direcção ao céu

Rogério Martins

o rio pesado
corre sob a ponte
lua de chumbo

Rogério Martins

piar de lugre
nos soutos crepusculares
insondável mansidão

Rogério Martins

a sombra da nespereira
mergulha
na frescura do poço

Rogério Martins

sobre um ramo seco
uma folha se pousa
e trina ao vento

Rogério Martins

uma faúlha
ao sabor do vento?
um vaga-lume

Rogério Martins

a chuva põe-me grades na janela
um voo de andorinha
restitui-me o espaço

Rogério Martins

passeio de madrugada
os meus sapatos
empapados de orvalho

Rogério Martins

ventania lá fora
uma mosca no rosto
lívido da vidraça

Rogério Martins

dos ramos altos no rio
caem suavemente
farrapos do sol poente

Rogério Martins
2 compartilhamentos

a mó do poente
mói fogo
sobre os campos

Rogério Martins

no poço da quinta
o balde traz-me
estilhaços da lua

Rogério Martins

princípio de outono
sol pálido
no céu branco

Rogério Martins

as rosas em botão
as raparigas
perdem o sono

Rogério Martins

tordos em bando
nuvens viúvas
acima dos montes

Rogério Martins

ribeira seca
nem um sopro
as cigarras crepitam

Rogério Martins

neve tão branca
à minha porta
onde pôr os pés?

Rogério Martins

um tufo de algodão
flutuando na água
uma nuvem

Rogério Martins
2 compartilhamentos

ao lusco-fusco
uma lufada faz tremer
o olho azul do charco

Rogério Martins

relâmpago de verão
grito de um mocho
nas oliveiras

Rogério Martins

figos pretos
em farrapos nas figueiras
chuva de outono

Rogério Martins

o vento a correr
leva a lua
na ponta de uma cana

Rogério Martins

nas ramagens embaciadas
o sol
abre frestas

Rogério Martins