Nada de novo no front - Simy - Vandalismo Poético

Encontrados 2 pensamentos de Nada de novo no front - Simy - Vandalismo Poético

Os anos passaram rápido demais
E agora os dias são todos iguais,
Como roupas velhas
Numa gaveta empoeirada,
Preservo a inocência
Intestinada na minha alma.

Nada de novo no front - Simy - Vandalismo Poético

Um novo anjo torto se afoga em distúrbio
Enquanto autoridades estão em cima do muro,
Lugares confortáveis
São revisitados,
Luzes da cidade iluminam os desajustados.

Nada de novo no front - Simy - Vandalismo Poético
Inserida por VandalismoPoetico