Milene Isabele

Encontrados 5 pensamentos de Milene Isabele

Seu sorriso

Sabe, hoje olhando de longe para você,
Parece que seu sorriso é mais bonito,
Seu olhar mais firme, seu sorriso mais cativante
Eu olho para você e em seu olhar de repente
Você me olha e sorri;
Eu fico sonhando com o seu sorriso
Por isso em cada decepção, simplesmente
Sorria para as dificuldades
Sorria para a vida
Sorria para o amor...
Viver hoje agora
Viver o nosso mundo
Viver cada minuto
Como se fosse o ultimo
Cada dia como se fosse o primeiro
Viver cada pequena coisa,
Cada sopro de vento, cada raio de sol
Cada onda do mar;
Cada desabrochar de uma flor
Viver o sentimento, o sorriso
A lagrima, o amor
‘no passado te amei
No presente te amo
Se o futuro permitir
Te amarei eternamente’

Milene Isabele

Escute aqui uma coisa:

-você é linda!
É tudo para mim!
Você é esta terra morena
E quente, que eu não sei ainda
Que tamanho que tem, nem o que encerra
Nem o que vale. Você é este ar
.cheiroso que eu respiro
Com medo que se acabe
Você é este sol bonzinho e preguiçoso
Que faz tudo bonito e que não cabe
Na terra, mas que cabe até no fundo
Dos meus olhos... Você é está vida boa
Que eu levo sem sentir...
Você é este mundo ...
Mas eu estou falando á toa
Porque eu sei que você não acredita...
Você não sabe que você é bonita,
Não sabe como eu gosto de você...
Nem eu sei, imagine!
Mas por que,
Mas porque você é tão bonita?
Porque é que eu gosto tanto de você?

Milene Isabele
13 compartilhamentos

Poema de um amor eterno

Quando eu não existir,
Busque uma praia solitária
Estarei no vento que vem do mar

Quando eu não mais existir
Ouve nas solidões de tuas noites
Melodia triste e profunda
Estarei na música


Quando eu não mais existir
Procure na casa do crepúsculo
Nas tardes vestidas em véus
Serei a brisa que te beija a boca

Estarei no perfume das flores
Que tuas mãos tocarem
Nas estrelas que teus olhos buscam
Serei o frio do luar que te afaga

Quando eu não mais existir
Irá sentir-me nas noites de felicidade
Serei o sorriso a ternura o teu pranto.

Deixarei nas lagrimas de teus olhos,
Artificiais lembranças da noite
Em que me entreguei a seu coração
No gostoso fruto proibido
Estarei nos beijos que te derem

Quando eu já não existir
Existirá o meu amor ardente nas estrelas
Suspirando na serragem da madrugada

Quando eu não mais existir
Haverá um barco
Onde verás o semelhante sorriso
E a pequena boca dizer
Eu te amo
Quando eu já não existir
Procure-me dentro de si mesmo
Nas tuas lembranças
E então saberás que sempre fui
E sempre serei teu...

Milene Isabele
120 compartilhamentos

Voô perdido

Um anjo sem asas passou voando
Sobre minha cabeça e quase
Derrubou-me...
Mandou-me voar,
Entrou em meu mundo

Enloqueceu-me, conquistou-me...
Foi até o infinito, rodopiou, cresceu
Com as estrelas
E o sol veio e ele chorou
Chorou de medo que tudo acabasse,
Quando as pessoas notassem quanto
Eram frágeis suas asas.
E como um mistério, cessou o colorido
Disseram-me que não sonhasse...
E o anjo sem asas sobre minha cabeça
Passou.
Voou tão alto... E nunca mais
Voltou...

Milene Isabele

Ontem:

Sorrindo eu quis brincar contigo
E por brincadeira eu disse que te amava
E tu, sorrindo para o meu castigo disse:
Não, pensando que eu brincava.
Hoje:
Tento saber mais não consigo
Será apanas brincadeira o que eu falo?
Só sei que te procuro e digo que
Tu és o único bem que eu desejava
Amanhã:
Se eu morrer por ti de amor
Conta a todos que me desprezaste
Mnade escrever na minha cruz de
Flores:
“por um brinquedo um grande amor nasceu,
Por um capricho u mgrande amor morreu”.

Estar com você é um sonho
Do qual nunca quero acordar.


Foi quando senti odio de você
Que fui descubrir o quanto te amo...

Dizem que o beijo na boca
É um pecado horroroso
Ó meu deus
Porque fizeste um pecado tão gostoso?

Ame a quem te ama
E não a quem te sorri
Pois quem te sorri muitas vezes
Te engana e quem te ama
Sofre por ti.

Devo querer-te menos
Para que me queiras mais
Sei que me queres tão pouco
Porque te quero demais...

Se a distancia falasse
Só ela,
Saberia o quanto doi uma saudade...

Milene Isabele
21 compartilhamentos