Maria Zenith Andrade Brandão

1 - 25 do total de 195 pensamentos de Maria Zenith Andrade Brandão

A segurança encontra-se cume da pirâmide de necessidades sociais. Disso destoa que a insegurança gera desequilíbrios de toda ordem na qualidade de vida dos indivíduos da sociedade atual e das futuras gerações, sobretudo daqueles que habitam os grandes centros urbanos.
Assim, tem-se que as instituições públicas são responsáveis pelas atividades de combate e repressão a violência e devem atuar no sentido de inibir, neutralizar ou reprimir a prática de atos socialmente reprováveis, assegurando a proteção da coletividade, zelando assim para a mantença da ordem pública e do equilíbrio social.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Rogo a Deus, que nos permita enxergar a cada dia que a SAÚDE É UM DIREITO DE TODOS - RICO OU POBRE, e que é um DEVER DO ESTADO E DO MUNICÍPIO mantê-los!

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

A dignidade do trabalho...
E o salário do trabalhador? O salário é um direito.. Não basta ter salário, é importante ter salário justo e só será quando a remuneração possibilitar fundar e manter dignamente uma família e assegurar seu futuro. É bom lembrar que as necessidades de uma família não se limitam à alimentação, devem abranger toda a vida: a educação, a saúde, a moradia e até o lazer. Numa palavra: tudo aquilo que cria um ambiente familiar sereno para a felicidade de todos.
Então... Valorizemos o trabalho e o realizemos com amor, cumprindo nossos deveres. Seja também um alerta para a importância da organização dos trabalhadores na luta pelos seus direitos e por fim, um apelo a quantos detêm o poder, para que saibam que a construção da justiça passa pelo valor ético e humano do trabalho.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Sabe o lado bom de não ser perfeito...? É que você erra e aprende com isso... Você é humano! Você pode ser você...! A perfeição... Ela é como uma incógnita em nossas vidas e embora uma incógnita possa ser encontrada com uma equação, na vida, uma incógnita é um mistério... Enfim, não ser perfeito, mostra que você é alguém real. Vivo...! E estar VIVO é ser perfeito!!!

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Eu tenho um sonho...
Que no brasil (terra rica e maravilhosa), trate seus filhos com dignidade e respeito não por estarem doentes, mas por terem direito a saúde e tratamento como prevê nossa Constituição Federal...
Que o paciente ONCOLÓGICO, não necessite peregrinar e mendigar o tratamento de sua doença diante de um ESTADO que lhe nega e lhe abandona a própria sorte...
Que nossas autoridades dos PODERES EXECUTIVO e LEGISLATIVO, deixem de ver os pacientes de CÂNCER como meros integrantes de uma estatística comum e sejam vistos como cidadãos que vivem em um ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO que tem direito adquirido ao atendimento digno de saúde, a consulta com o especialista, ao tratamento minímo...
Que os pacientes nesta situação não tenha o seu direito marginalizado pela NAÇÃO, cerceado pelo ESTADO e renegado pelo MUNICÍPIO...
O meu sonho, é que não se repita a história de descaso (da qual fui vítima), de perseguição, de exclusão e o preconceito sofrido em função do tratamento (por plena ignorância do assunto)...
Que os amigos entendam a importância da demostração do amor, do companheirismo, do respeito e da necessidade de as vezes estarmos só (avaliação introspectiva) por alterações emocionais do tratamento, sem contudo sermos julgados e mal interpretados por alguns..
Que sejamos solidários sempre e não apenas motivados por uma doença...
Que um dia encontremos a CURA PARA O CÂNCER, para que não tenhamos tantas separações entre as famílias e continuemos a SONHAR por um mundo melhor, sem dor, sem sofrimento, sem separação e sem CÂNCER...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith
1 compartilhamento

Na quarta-feira de cinzas, a Igreja abre o tempo especial chamado Quaresma. São quarenta dias de reflexão, interiorização e conversão para tomar a mais profunda consciência do que é ser cristão. Quaresma não é tempo de tristeza ou solidão, mas sim amadurecimento espiritual. O ser humano precisa de momentos fortes para aprofundar suas opções de vida, necessita avaliar a sua caminhada à luz da Palavra de Deus e da oração.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

A Justiça Social é responsabilidade de TODOS NÓS, a luta por essa conquista deve ser INCANSÁVEL...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

O que eu quero é muito pouco...tão pouco que cabe em um instante, tão simples que faça meu coração vibrar...quero apenas viver e um dia olhar para trás e sentir orgulho do caminho que trilhei, dos passos que dei, das decisões que tomei...dos filhos que tive, das pessoas que amei...quero andar de cabeça erguida com a convicção de que cada SER HUMANO que passou em minha vida me ensinou muito, por mais humilde que seja...que olhei a todos eles com sinceridade e verdade, que pude olhar nos olhos de todos com ternura, compaixão, gratidão, amor...e até raiva e indignação - por que não? - mas jamais com INDIFERENÇA...quero ter orgulho de quem fui, de quem sou...e jamais perder a capacidade de olhar no rosto mais sofrido, na face mais desfigurada, no olhar mais distante a verdadeira face do Cristo que eu creio, o Cristo pobre, sofredor, humilhado, marginalizado, enclausurado, esquecido, dormindo sob marquises, mendigando migalhas de pão e afeto...o Cristo pisoteado todos os dias pela sociedade...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith
1 compartilhamento

Simples assim...
O que eu quero é muito pouco...tão pouco que cabe em um instante, tão simples que faça meu coração vibrar...quero apenas viver e um dia olhar para trás e sentir orgulho do caminho que trilhei, dos passos que dei, das decisões que tomei...dos filhos que tive, das pessoas que amei...quero andar de cabeça erguida com a convicção de que cada SER HUMANO que passou em minha vida me ensinou muito, por mais humilde que seja...que olhei a todos eles com sinceridade e verdade, que pude olhar nos olhos de todos com ternura, compaixão, gratidão, amor...e até raiva e indignação - por que não? - mas jamais com INDIFERENÇA...quero ter orgulho de quem fui, de quem sou...e jamais perder a capacidade de olhar no rosto mais sofrido, na face mais desfigurada, no olhar mais distante a verdadeira face do Cristo que eu creio, o Cristo pobre, sofredor, humilhado, marginalizado, enclausurado, esquecido, dormindo sob marquises, mendigando migalhas de pão e afeto...o Cristo pisoteado todos os dias pela sociedade...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith
1 compartilhamento

Quero ter a certeza que vivi da forma como achava melhor, me preocupando, sobretudo, em não magoar o outro e muitas vezes magoando a mim mesma... Que vivi com cautela, me colocando no lugar do outro, sentindo que a dor do outro dói também em mim, afinal somos um "só corpo", filhos legítimos de um mesmo Pai...
Quero, um dia, ter orgulho em ter passado aos meus filhos, todos os valores de respeito ao SER HUMANO, como máxima criação de Deus, valores de IGUALDADE, de JUSTIÇA SOCIAL, de TOLERÂNCIA, ACEITAÇÃO, HUMANIDADE, e, sobretudo, de AMOR PURO E VERDADEIRO AO PRÓXIMO... Em especial aqueles que comumente são esquecidos pela sociedade...
Quero muito pouco mas ainda assim, quero ser o melhor que posso ser...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

A desigualdade social como um abismo que separa os que ostentam e os que nada tem...sintoma de uma sociedade extremamente doente e egocêntrica, com valores distorcidos.
Falência da dignidade humana.
Isso é violência, isso também é vandalismo!

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Liberdade pela metade é exploração disfarçada com hipocrisia...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Sabe...cometer certos tipos de injustiça ou julgamentos precipitados, é uma atitude tão cruel que os causadores desse tipo de dor chegam a ser dignos de piedade, apenas.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Omissão é um tipo de covardia que se transforma em vício...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

RESPEITO, GENEROSIDADE E BOM SENSO também!!!
Isso sim torna uma pessoa elegante de fato.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Para quem não sabe... Lázaro é considerado o mártir dos pobres, mendigos e injustiçados socialmente. Leproso, apenas os cães de rua o acompanhavam. Sua história é marcada pela extrema pobreza, servidão e humildade, além de sua imensa FÉ inabalável e sua luta pelos mais necessitados e esquecidos pela sociedade.
... E me proteja de todo o mal...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Que a essência do BEM possa falar mais alto dentro de cada um e nos levar a prática da caridade constante em nossas vidas...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Se a alma é o que há de mais significativo e grandioso no Ser Humano, muitas vezes as palavras são as pontes que a ligam ao mundo, assim como o olhar também diz tanto sem, as vezes, ser necessária qualquer palavra ou mais sutil murmurio...infelizes são aqueles que não possuem a faculdade de decifrar uma alma, de traduzir um olhar ou absorver uma palavra em seu sentido mais puro e humano, pobres são aqueles que sequer tentam desenvolver a capacidade de ler nas entrelinhas da sensibilidade humana, pequenos são aqueles que preferem calar ou abafar a chama de humanidade que carregam dentro de si, não sabendo que é essa chama que constitui e encerra o seu maior patrimônio enquanto pessoa.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Não seja gentil apenas por que uma pessoa foi gentil com você, mas sim por que você fez a diferença acontecer. A virtude independente do outro, nasce com a gente...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

Eu já superei coisas insuperáveis. Já vivi momentos marcados em dor sem fim, e somente eu sei que ainda os vivo... Já chorei em prantos inconsoláveis e pensei que jamais voltaria a sorrir... Então, não há em mim a sombra do medo da vida, não o tenho, quando a vida nos obriga a sermos forte, mais que nós mesmo imaginaríamos sermos capaz um dia...aprendemos a extrair forças do fundo da alma e transformar a dor, ou pelo menos parte dela, em algo grandioso, em transformá-la em amor, amor puro, amor pelas coisas, amor pela vida e pelas pessoas... Sigo aprendendo, com gratidão, apesar da ferida que insiste em sangrar, apesar da dor que quase nos torna letárgicos, mas com a certeza que nada é em vão, sigo com a FÉ...sem questionamentos...apenas agradecendo por cada dia vivido... por cada lição aprendida...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

EDUCAÇÃO e RESPEITO não tem nada a ver com classe social, são valores que vem de família.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

O povo brasileiro já não suporta mais conviver com tantos problemas gerados pela inércia governamental. TOTAL Falta de Segurança, Sistema de Saúde Pública PRECÁRIO, Sistema Educacional PÉSSIMO e DESVALORIZADO, CORRUPÇÃO desenfreada,...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

O conhecimento, além de nos livrar da alienação, da exploração de outros, não é passível de roubo...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

A vida já bateu um bocado, não me iludo achando que ela não me dará outras lições de superação em forma de "surras" emocionais...mas de cada dor, levo cicatrizes que só o tempo, talvez, poderá amenizar, porém também levo a convicção que dor ou perda alguma me fará perder a esperança, a fé na vida, o sorriso a quem precisar, e, sobretudo, a gratidão.

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith

O silêncio e o bom senso, a discrição e o cuidado com nossos comportamentos e palavras sempre serão as melhores opções, nos resguardam sempre...

Maria Zenith Andrade Brandão
Inserida por MariaZenith